“Glory” e Lux”

Com trilhas clássicas que vão do barroco ao romântico, dois espetáculos do renomado Ballet du Grand Théâtre de Genève serão apresentados em apenas duas sessões no Teatro Alfa antes de prosseguir com temporada brasileira no Rio de Janeiro.
Depois dos franceses do Cirque Plume e dos mineiros do Grupo Corpo, a 12ª Temporada de Dança do Teatro Alfa prossegue com a companhia suíça Ballet du Grand Théâtre de Genève.
Com direção geral de Tobias Richter desde 2009, a companhia se destaca no cenário da dança contemporânea ao mesclar elementos próprios desse estilo a fundamentos e movimentos clássicos.
Os espetáculos “Glory” e “Lux” são grandes representantes dessas características. Cada um composto por elenco de 22 bailarinos, são inéditos no Brasil e tiveram ótima receptividade da crítica especializada e do público em geral pelos países em que passaram.

Glory. Foto - Gregory Batardon (2) (Copy)
Em “Glory”, coreografado por Andonis Foniadakis, o palco em declive, rodeado de projetores oblíquos, oferece dramaticidade à cena, uma marca do estilo de Handel (1685 – 1759), compositor germânico barroco, cuja música é utilizada na trilha do espetáculo.
Os movimentos dos bailarinos se alternam entre gestos minimalistas e explosivos. A composição coreográfica apresenta duetos, levantamentos, trios, quartetos e conjuntos que reforçam o lirismo suave da música e a presença sempre dramática dos bailarinos no palco. O recurso objetiva uma linguagem precisa de gestos que evitam os exageros e se aproximam do estilo barroco.

Lux (3) (Copy)
“Lux”, de Ken Ossola, tem como trilha sonora Requiém, do compositor clássico Gabriel Faure (1845 – 1924), músico conhecido por transitar entre o estilo romântico e moderno.
A peça começa com 20 bailarinos posicionados de costas para a plateia. De uma vez, 18 deles caem no chão. Um casal permanece em pé para iniciar uma jornada coreográfica lenta e ascendente. A iluminação de Kees Tjebbes cria névoas, sombras e luzes que fazem os corpos dos bailarinos parecerem memórias vacilantes, vestígios de morte.
#Teatro #Dança #Ballet #BalletDuGrandThéâtreDeGenève #TeatroAlfa #CenasCulturais #ArtePluralComunicação

Glory. Foto - Gregory Batardon (1) (Copy)
“Glory” e “Lux”
Com Ballet du Grand Théâtre de Genève
Teatro Alfa (Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro, São Paulo)
Duração 120 minutos
12 e 13/09
Sábado – 20h; Domingo – 18h
$50 / $170

Mais informações sobre o espetáculo e a companhia estão disponíveis no site http://www.teatroalfa.com.br/espetaculos/BALLET-DU-GRAND-THEATRE-DE-GENEVE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s