O DEFUNTO

A ciadasatrizes estreia o espetáculo ‘O Defunto’ na Oficina Cultural Oswald Andrade dia 11 de fevereiro, às 20h30. Espetáculo foi concebido a partir da obra de René de Obaldia, com provocação cênica e dramatúrgica de Marina Tranjan e Carlos Canhameiro e trilha sonora de Arrigo Barnabé. No elenco, as intérpretes criadoras Talitha Pereira, Tetembua Dandara e Marilene Grama.
“O Defunto” surge a partir da releitura da obra de René de Obaldia, 50 anos após a sua concepção. Nessa montagem, as atrizes optaram pela verticalização das características formais da dramaturgia do Absurdo, ou seja, da fragmentação e desconstrução do drama, criando fissuras pelas quais perspectivas diversas e discordantes podem trespassar.
No texto original de René de Obaldia isso se dá por meio da quebra da lógica linear e do desencontro entre falas/personagens, o que reflete a fissura entre a mentira e a poesia nas histórias contadas pelas personagens. Nessa encenação, esses recursos são radicalizados numa perspectiva pós-dramática, em que a unidade totalizante da forma do drama é substituída por uma composição polifônica em todos os seus níveis de construção.
Duas atrizes e dois músicos dividem o palco, promovendo uma multiplicação de perspectivas poéticas a respeito do material dramatúrgico. Desta forma, cria-se um quadro complexo referente à premissa que o constrói: “Duas mulheres que se encontram para evocar a memória de Vitor, defunto marido de uma delas.”
Para provocar e compor nesse universo de polifonias, foram convidados três artistas contemporâneos que contemplam em seus trabalhos o transpassar das barreiras das linguagens: Arrigo Barnabé, músico, compositor e ator; Marina Tranjan, atriz, dramaturga e diretora; e Carlos Canhameiro ator, dramaturgo e diretor.
O_defunto_-Marlise_Carvalho3-910x755
 
O Defunto
Com Talitha Pereira, Tetembua Dandara e Marilene Grama; e os músicos Daniel Muller e Rui Barossi
Oficina Cultural Oswald Andrade (Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo)
Duração 55 minutos
11 a 27/02
Quinta, Sexta e Sábado – 20h30
Recomendação 16 anos
Entrada gratuita (Ingressos são distribuídos 30 minutos antes de cada espetáculo)
Concepção: CiadasAtrizes
Provocação Cênica e Dramatúrgica: Marina Tranjan e Carlos Canhameiro
Trilha : Arrigo Barnabé
Fotografia: Marlise Carvalho
Iluminação : Daniel Gonzalez
Cenografia : José Valdir
Produção: Tetembua Dandara e Thais Rossi
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s