WICKED NA PRÉ ESTREIA VIP

12791117_540689032775155_1538507897365414073_n

É isso mesmo pessoal! A Bruxa Má do Oeste irá presentar um par de convites para a pré-estreia VIP de WICKED, que acontece na próxima quinta-feira (03), no Teatro Renault!

Para participar é bem simples:

– Curta a página da atriz Myra Ruiz;
– Compartilhe esta imagem em modo público no seu perfil;
– Envie uma foto criativa, SUA, e VERDE! (Por inbox na PÁGINA da Myra)

Myra Ruiz irá escolher a foto mais criativa, e o vencedor ganha um par de ingressos para assistir a grande pré-estreia VIP do musical!

ATENÇÃO:
* Para a foto, valem edições (montagens), ou maquiagem, mas tem que ter VOCÊ na foto;
* Promoção válida somente para o estado de SP;
* Não arcamos com custo de deslocação ou hospedagem;
* Serão aceitas as fotos enviadas até as 20hs de quarta-feira (02);
* Resultado, na manhã de quinta-feira (03).

MATÉRIA: O PALHAÇO E A BAILARINA

A peça para toda a família ” O Palhaço e a Bailarina ” estreou neste final de semana no Teatro Porto Seguro. É a primeira produção dos atores Kiara Sasso e Lázaro Menezes, que também atuam junto com Marcelo Goes.
A história procura mostrar como foi que surgiu a bailarina que existe dentro das caixinhas de música de corda. É uma história de amor, mas com aventura e comédia também, de um palhaço que vai procurar a sua bailarina, que foi raptada pelo domador do circo, onde todos trabalhavam. O domador a prende dentro de uma caixa, que só é aberto quando ele dá corda, e ao abrir, a bailarina está no seu palco, onde ela canta e dança. E durante a história, o Palhaço tenta encontrá-la até que ele encontra a caixa de música.
Kiara e Lázaro usaram de dois arquétipos das nossas infâncias – o Palhaço e a Bailarina – e com isso conseguiram abarcar tanto o público infantil masculino e feminino. As canções são todas originais.
É uma peça que com certeza alegrará, e encantará, todos da família. E não se preocupe se não tiver criança para levar, vá sozinho mesmo. Você vai se divertir como criança.
Aproveitamos a oportunidade e conversamos com Lázaro e Kiara sobre a peça, como foi produzir e atuar, o processo de crowdfunding e o que é ser um palhaço. No final do vídeo, Kiara faz um convite especial para você.
Agradecemos a gentileza e a conversa que tivemos com vocês. Desejamos mais sucesso com o espetáculo e que possam levá-lo para outras cidades do país.

Veja também algumas fotos feitas no domingo, 28 de fevereiro.

O Palhaço e a Bailarina
Com Kiara Sasso, Lázaro Menezes e Marcelo Goes
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo)
Duração 65 minutos
27/02 até 15/05
Sábado e Domingo – 15h
Recomendação Livre
$30 / $50

Concepção: Lázaro Menezes
Texto: Lázaro Menezes
Direção : Lázaro Menezes e Kiara Sasso

SONATA FANTASMA BANDEIRANTE

As ‘Entradas e Bandeiras’ (expedições do Brasil Colônia entre os séculos XVII e XVIII de desbravamento territorial em busca de indígenas para serem convertidos à condição de escravos e de possíveis localidades de minas de ouro) serviram de mote para “Sonata Fantasma Bandeirante“, experimentação dramatúrgica do amazonense Francisco Carlos, elogiado autor e diretor de mais de 40 peças (como “Jaguar Cibernético”, composto por quatro peças autônomas), que estreia em 11/03 no Sesc Ipiranga.

Sonata Fantasma Bandeirante” discute fatos da História do Brasil decorrentes das incursões custeadas pela Coroa Portuguesa, sob o ponto de vista dos dominados-colonizados-conquistados-escravizados (indígenas, no caso especifico os Guaranis) e coloca em debate as visões históricas tradicionais apontando novos entendimentos da história nacional e de seus personagens-oficiais-heroicizados.

Fundamentada na criação contem­porânea – híbrida, fragmentária, in­tertextual -, a dramaturgia de Francisco Carlos traz à tona o conflito (fricção inter-étnica) entre culturas das subjetividades indígenas e culturas das sociedades complexas.

Alessandra Negrini, que retorna aos palcos, depois de três anos, após participar de ‘A propósito de Senhorita Júlia’ no CCBB, em 2013, como a “mulher branca”, matriarca da família paulista que comanda a casa e os escravos enquanto os homens se ocupam das expedições; diz sobre sua personagem: “Eu represento todas essas mulheres, são arquétipos do feminino, contados a partir de um olhar crítico, contemporâneo, em tempos misturados.

E embora a Sonata retrate um lado da história paulista bastante controverso que vai na contramão da ideia de que os bandeirantes foram heróis, a peça não tem um olhar maniqueísta nem moral, mas mostra como o processo civilizatório é violento e que nenhuma nação é fundada sem opressão e violência. Vamos mostrar isso, falar do índio, da mulher, da família e do homem, como agentes e vítimas do processo histórico. É  fascinante ver retratada ali a origem da família tradicional paulista, sua força, suas dores e dilemas”, completa a atriz. 

image004

Sonata Fantasma Bandeirante
Com Alessandra Negrini, Daniel Faleiros, Daniel Morozetti e Begê Muniz
SESC Ipiranga (Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga, São Paulo)
Duração 90 minutos
11/03 até 24/04 (com exceção dia 25/03)
Sexta e Sábado – 21h; Domingo – 18h
Recomendação 16 anos
$9 (credencial plena SESC) / $30
 
Dramaturgia, Encenação e Direção Geral – Francisco Carlos.
Direção de Arte – Clíssia Morais.
Direção de Movimento – Cris Karnas.
Cenografia – Miguel Aflalo, Júlia Armentano e Maíra Benedetto.
Desenho de Luz – Aline Santini.
Desenho de Som – Kleber Nigro.
Direção de Produção – Carla Estefan – Metropolitana Gestão Cultural.
Assistentes de Produção – Erika Fortunato e Antônio Franco.
Treinamento de Técnica Buranku – Claudemir Santana.
Confecção de Boneco – Virgílio Zuco.
Camareira – Nazaré Brasil.
Design Gráfico – Sato – Casadalapa.
Fotos e vídeo – Cacá Bernardes e Bruna Lessa.
Assessoria de Imprensa – Adriana Monteiro – Ofício das Letras

 

VAMP – O MUSICAL

A novela de Antônio Calmon (1991) ocupou o horário das 19 horas da Rede Globo. Fez bastante sucesso na época e contava com Cláudia Ohana, Reginaldo Faria, Ney Latorraca, Joana Fomm, Fábio Assunção e Nuno Leal Maia nos papéis principais.
No início do ano passado, a Aventura Entretenimento planejou fazer um musical sobre a novela. Fizeram audições no primeiro semestre e estava com estreia prevista para outubro. Mas a produtora resolveu adiar o lançamento para este ano de 2016.
Por enquanto, não se tem maiores informações sobre o espetáculo. Mas pudemos assistir a performance da atriz Cláudia Ohana no programa Amor e Sexo deste sábado (27/02), quando ela interpretou a música dos The Rolling Stones – “Sympathy for the Devil“, que era a canção tema da sua personagem, a vampira Natasha.

 

DISNEYLAND 60 (Final)

A Disney, além dos seus filmes, parques temáticos, programas de televisão, entre outros, estendeu suas atividades para o Teatro Musical.
A Walt Disney Theatrical é uma produtora teatral, que iniciou as atividades com a adaptação do longa animado “A Bela e a Fera” (1994). Depois vieram “O Rei Leão”, “O Corcunda de Notre Dame” (produção alemã em parceria), “Tarzan”, “A Pequena Sereia” e “Alladin”. Os próximos títulos são “Mogli, o Menino Lobo” e “Frozen”.
Na área de Live-Action, teve “Mary Poppins”, “Aida”, “Newsies”, entre outros. As próximas adaptações são “Os Muppets” e “A Princesa Prometida”.
Neste bloco “Disney on Broadway“, Kelsea Ballerini interpreta “Part of Your World” (“A Pequena Sereia”); Ne-Yo interpreta “Friend Like Me” (“Alladin”) e Derek Hough, com participação de Dick Van Dyke, dançam “Step in Time” (“Mary Poppins”).

O ator Harrison Ford, que interpreta Hans Solo nos filmes da série “Star Wars“, apresentou as novidades que vem pelos parques temáticos Disney – uma área exclusiva para “Star Wars”. Toda ambientada de acordo com os filmes, com atrações, restaurantes, lanchonetes e lojas. A Star Wars Orchestra apresentou trechos de canções clássicas da série, com a plateia empunhando seus sabres de luz.

Para terminar este especial em comemoração aos 60 anos da Disneyland, não podemos nos esquecer que tudo começou por causa de um rato. Mais especificamente, o Mickey Mouse, que podemos vê-lo em “O Aprendiz de Feiticeiro“, do filme revolucionário “Fantasia” (1940). A apresentação é na sala de concertos Walt Disney Hall, localizada em Los Angeles, California (EUA), sede da Orquestra Filarmônica de Los Angeles, conduzida pelo maestro venezuelano, Gustavo Dudamel.

waltquote.png

DISNEYLAND 60 (1a Parte)

Neste ano, o primeiro parque temático de Walt Disney Disneyland – completa 60 anos. O lar de seus personagens, onde todos pudessem sonhar, afinal “Se você pode sonhar, você pode fazer!” (“If you can dream it, you can do it!)
Para abrir as comemorações, a rede de televisão ABC Television Network fez um especial em comemoração a data. Foi ao ar, no dia 21 de fevereiro, o especial de duas horas “ O Maravilhoso Mundo de Disney: Disneyland 60“.
O programa contou com as participações de Idina Menzel, Harrison Ford, Helen Mirren, Elton John, Pentatonix, entre outros. As performances aconteceram no Hollywood’s Dolby Theatre, na Walt Disney Concert Hall e, lógico, na Disneyland.
Como Walt Disney influenciou várias gerações de crianças e adultos no mundo inteiro, e também no teatro musical, nós escolhemos algumas cenas do especial – Disneyland 60 – que serão apresentadas entre hoje e amanhã.
Nesta primeira parte, o ator Josh Gad (que fez a voz de Olaf em “Frozen”, apresenta um dos segredos sobre o parque.
Feliz 60 anos Disneyland!!!

O grupo de pop punk, Fall Out Boy, interpretou a canção “I Wanna Be Like You” do desenho “Mogli, o Menino Lobo“, que estreia este ano nos cinemas.

Hora de relembrar o primeiro longa animado a concorrer ao Oscar de Melhor Filme – “A Bela e a Fera” (1991), e que também veio a ser o primeiro desenho da Disney a ir para os palcos da Broadway. O grupo vocal Pentatonix interpreta “Be Our Guest“.

Interpretando um dos clássicos que compôs para a Disney, sir Elton John interpreta a frente do Castelo da Disneyland, a canção de abertura de The Lion King – “Circle of Life“. E pensar que o musical foi interpretado no Brasil, produção T4F Musicais, com a estreia de Tiago Barbosa no mundo dos musicais, Phindile Mkhize, Cesar Melo, Josi Lopes, Juliana Peppi, Felippe Morais, entre outros.

Para encerrar a primeira parte da matéria, não poderíamos esquecer de Idina Menzel cantando o já clássico “Let It Go“, de “Frozen” , na frente do outro parque que faz parte da Disneyland, Disney California Adventure.
E já comentamos aqui no Opinião de Peso, que Frozen chegará aos palcos em 2017 e na Broadway, para se juntar a Alladin e The Lion King, a partir de 2018.

 

if-you-can-dream-it-walt-disney-quotes.jpg

HAIRSPRAY NA TV

A rede norte americana NBC já escolheu o próximo musical a ser apresentado, ao vivo, no seu canal. Depois de “The Sound of Music” (2013), “Peter Pan” (2014) e “The Wiz” (2015), este ano, em 7 de dezembro, é a vez de “Hairspray” (2016).
Apesar de alguns sites publicarem o dreamcast (elenco dos sonhos), ainda não foi divulgado o elenco oficial.
O roteiro será escrito por Harvey Fierstein, que venceu o Tony (2003) interpretando Edna Turnblad (“Hairspray”), que também escreveu “The Wiz Live!”.
O programa também conta com os letristas Marc Shaiman e Scott Wittman, que fizeram as músicas para a Broadway.
No Brasil, o musical (2009) teve como protagonistas Página – Simone Gutierrez, Jonatas Faro, Edson Celulari, Daniele Winits e Arlete Salles.