NA SELVA DAS CIDADES – EM OBRAS

A sétima encenação da mundana companhia chega ao Sesc Pompeia em 19 de março para temporada de nove semanas, permanecendo em cartaz até 15 de maio. As apresentações de “Na Selva das Cidades – Em Obras” marcam o terceiro movimento da companhia em compartilhar com o público seu mais recente trabalho, fruto do processo de investigação de treze meses, realizado entre outubro de 2014 e outubro de 2015, em torno dos temas propostos no texto ‘Na Selva das Cidades’, do dramaturgo alemão Bertolt Brecht. A Ocupação #1 foi em São José do Rio Preto, em outubro de 2015 e a Ocupação #2, no mesmo mês, no Instituto Cultural Capobianco.

A Ocupação #3 será a mais extensa temporada da encenação em São Paulo. Diferentemente das Ocupações #1 e #2 em que os onze quadros que compõem o texto de Brecht foram apresentados uma única vez e em dias distintos, a Ocupação #3 trará, a cada sessão, a sequência completa dos quadros. Desta vez, interferências sonoras e visuais entrarão em cena por meio de um canal de comunicação de ”intranet”, idealizado pelo artista plástico e videomaker Éder Santos Júnior, permitindo a interação do público por meio de seus próprios celulares, que receberão conteúdos desenvolvidos especialmente para a ocasião.

imersão1

Seguindo o princípio adotado pela mundana companhia de realizar um trabalho teatral declaradamente móvel e inacabado – em contínuo processo de revisão em todos os seus aspectos artísticos – cada Ocupação é singular e leva em conta o espaço onde será apresentada, a fluidez e os riscos inerentes a este trabalho em permanente construção-destruição-construção-destruição. 

Embora siga uma linha estética que nos foi apontada pela pesquisa que fizemos na cidade de São Paulo entre outubro de 2014 e junho de 2015 e os ensaios realizados entre julho e outubro de 2015, durante o processo entendemos que não podemos dar uma única resposta às questões levantadas no texto. Estamos realizando um trabalho ‘aberto’ para que o tempo, os artistas envolvidos nele, o público e a própria dinâmica do trabalho possam nos dar respostas que, inclusive, podem ser negadas no decorrer da sua existência. Este é o caráter do EM OBRAS”, explica Aury Porto, ator, produtor e um dos fundadores da Mundana Companhia.

O texto foi traduzido por Christine Rohrig e cotejado com a tradução usada peloTeatro Oficina em sua montagem de 1969. Porém, ele traz atualizações da história, cortes em algumas cenas e alterações de outras cenas dentro dos quadros originais.

Durante a nossa pesquisa, investigamos o contexto de diferentes espaços e tempos históricos: Chicago 1912 (onde se passa a história) – Berlim 1923 (época da primeira encenação do texto) – Teatro Oficina 1969 (montagem histórica do Teatro Oficina dirigida por Zé Celso Martinez Corrêa com cenografia de Lina Bo Bardi) e a São Paulo de 2014/2015.Estamos no tempo das conexões e de uma possível visão abrangente da história da humanidade”, conclui Aury Porto.

O texto “Na Selva das Cidades” foi encenado pela primeira vez em 1923 na cidade de Munique e faz parte da primeira fase do dramaturgo alemão designada como “o Jovem Brecht”. Esta fase, que coincide com a última fase do movimento expressionista da Europa, tem por principal característica uma variedade de influências e de experiências de linguagem em suas criações.

Inspirada nas inquietações e nos conflitos geopolíticos de grande atualidade apresentadas pelo Jovem Brecht, a montagem da mundana companhia pretende ressignificar o texto original usando como referência a encenação realizada pelo Teatro Oficina, em 1969, numa relação direta com a cidade de São Paulo. 

site

SINOPSE

Na Selva das Cidades – Em Obras narra a luta entre dois homens numa metrópole americana. No enredo, não ficam claros os motivos que levam os dois homens ao embate, porém, tudo e todos em torno deles vão sendo envolvidos ao longo da narrativa (família, amores, parceiros, amigos, justiça, polícia, negócios…) até englobar toda a cidade. Nas extremidades desta luta, encontramos dois tipos opostos: um rico comerciante de madeiras malaio versus um pobre balconista que migrou com sua família do campo para a cidade grande.

Conheça uma das imersões realizadas na cidade de São Paulo:

Na Selva das Cidades – Em Obras (ocupação #3)
Com Aury Porto, Carol Badra, Guilherme Calzavara, João Bresser, Lee Taylor, Luah Guimarãez, Luiza Lemmertz, Mariano Mattos Martins, Vinícius Meloni
Sesc Pompéia
Duração 180 minutos
19/03 a 15/05
Sexta e Sábado – 20h; Domingo – 18h
Recomendação 16 anos
$12 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$ 20,00 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$40,00 (inteira).
Observação: Recomendação do porte do celular durante o espetáculo e chegada com antecedência de quinze minutos ao local. O público deverá levar os aparelhos celulares individuais carregados para serem conectados ao sistema de “intranet” do espetáculo.
Texto Bertold Brecht
Tradução Christine Röhrig
Direção Cibele Forjaz
Assistente de Direção Gabriel Máximo
Treinamento Corporal Lu Favoreto
Treinamento Vocal Lucia Gayotto
Direção de Cena Renato Banti
Direção Musical Guilherme Calzavara
Músico em Cena Marcelo Castilha
Desenho de Som Ivan Garro
Direção de Arte/Cenografia Laura Vinci
Assistente de Direção de Arte/Cenografia Marília Teixeira, Flora Belotti e Tati Tatit
Figurinos Joana Porto e Diogo Costa
Assistente de Figurino/Camareiro Rogério Pinto
Iluminação Alessandra Domingues
Assistente de Iluminação/Operação de Luz Laiza Menegassi
Vídeos Éder Santos Júnior
Assistente de Vídeo Yghor Boy
Fotos Renato Mangolin e Yghor Boy
Programação Visual Mariano Mattos Martins
Assessoria de Imprensa Adriana Monteiro
Idealização e Direção de Produção Aury Porto
Produção Executiva Bia Fonseca
Assistente de Produção Mariana Oliveira
Concepção Artística e Realização do Projeto mundana companhia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s