GILBERTO GIL – AQUELE ABRAÇO, O MUSICAL

Um espetáculo em comemoração aos 50 anos de carreira do artista Gilberto Gil. Mas segundo pedido do homenageado, não é um musical biográfico, mas sim um olhar contemporâneo sobre as suas canções, que refletem sobre seu tempo, a história da música nacional e a do próprio país.

Gustavo Gasparani escreveu e dirigiu a peça. Ouviu toda a discografia de Gil, depois leu todas as letras das músicas e os livros publicados sobre o cantor. E percebeu que não precisaria conversar com Gil para escrever o musical a fim de não se influenciar.

Dividiu o espetáculo em onze blocos temáticos. Eles conduzem o fio da dramaturgia que une as canções de Gil sobre sua origem musical, o sincretismo religioso, o Tropicalismo, a negritude, o amor, a tecnologia, o futuro, entre outros tantos.

07-20160314_114058_1.JPG

Jonas Hammar, Pedro Lima, Alan Rocha, Gabriel Manita, o diretor Gustavo Gasparani, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Rodrigo Lima e Luiz Nicolau

Gasparani juntou novamente o elenco do seu último trabalho – “Samba Futebol Clube” – para contar e cantar Gilberto Gil. Voltam a campo os atores Alan Rocha, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, Luiz Nicolau, Pedro Lima e Rodrigo Lima.

Os oito atores são responsáveis por tocar, cantar, dançar e interpretar as mais de 100 músicas presentes no espetáculo – 55 delas são cantadas e tocadas total ou parcialmente, e 39 são faladas em forma de texto.

Eles também tiveram uma tarefa do diretor – que ficou tão boa que foi adicionada ao corpo do espetáculo – escrever relatos sobre a identificação pessoal com a obra de Gilberto Gil. Rodrigo Lima disse que esse é um dos privilégios de estar no musical.

“Eu falo em cena que meu pai ouvia muito o ‘Refazenda’, minha mãe me levou a muitos shows e, como violinista, sempre observei o modo como o Gil transformava o violão em um berimbau, com um swing que é só dele”. 

A cenografia do espetáculo é de Helio Eichbauer (responsável também por cenários dos shows de Gil). Foi feito um cenário multimídia, com projeções em vídeo, que remetem a brasilidade.

Gilberto Gil – Aquele Abraço, o Musical
Com Alan Rocha, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, Luiz Nicolau, Pedro Lima, Rodrigo Lima
Teatro Procópio Ferreira (Rua Augusta, 2823 – Jardins, São Paulo)
Duração 105 minutos
18/03 até 29/05
Quinta e Sexta – 21h; Sábado – 18h e 21h30; Domingo – 18h
Recomendação 12 anos
$50 / $120
 
Autoria e Direção Geral: Gustavo Gasparani
Direção Musical e Arranjos: Nando Duarte
Direção de Movimento e Coreografia: Renato Vieira
Produção Geral: Sandro Chaim
Cenografia: Helio Eichbauer
Figurino: Marcelo Olinto
Iluminação: Paulo Cesar Medeiros
Videografismo: Thiago Stauffer / Studio Prime
Preparação e Arranjos Vocais: Maurício Detoni
Assistente de Direção: Pedro Rothe
Cenógrafa Assistente e Produtora de Cenografia: Marieta Spada
Assistente de Coreografia: Marluce Medeiros
Figurinista assistente e Produtor de Figurino: Almir França
Visagismo: Marcio Mello
Assistente de Iluminação: Darihel de Souza
Cenotécnico: André Salles
Direção de Produção: Giba Ka
Gerente de Produção: Paula Rollo
Produção Executiva: Felipe Argollo
Assistente de Produção: Débora Rocha
Produtores Associados: Sandro Chaim e Rose Dalney
Realização: Miniatura 9, Chaim Produções, Governo de São Paulo, Ministério da Cultura e Governo Federal Pátria Educadora
Assessoria de Imprensa: Ju Mattoni Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s