FAME TEEN

Os alunos de teatro da Cultura Inglesa estão em cartaz desde este sábado, 19 de março, com o espetáculo musical “Fame Teen”.

A produção é apresentada na língua inglesa, ou seja, uma oportunidade para – além de se divertir – praticar o seu inglês.

A história mostra a trajetória de um grupo de alunos de uma escola de artes para poder alcançar o seu sonho de ser famoso. Só que para alcançar a fama, também se passa por momentos de altos e baixos, sonhos e decepções.

Fame Teen
Com Ana Lopez, Artur Ribeiro, Babi Vitorino, Bia Padovese, Bruna Bau Segarra, Camille Sant’Anna, Carol Vitorino, Elis Flores, Fábio Abrahão, Gabi Resende, Gabriel Wiedemann, Jéssica Ribeiro, Letícia Moreira, Lívia Gottardi, Lolly Porto, Lucas Marques, Maria Clara Mascellani, Millena Melo, Paola Mattiussi, Pedro Cantelli, Stella Totoli, Thais Castro, Thath Amaral, Tiago Oliveira e Victoria Castelli.
Teatro Cultura Inglesa – Pinheiros (Rua Deputado Lacerda Franco, 333 – Pinheiros, São Paulo)
Duração
19/03 até 10/04
Sábado e Domingo – 16h
Recomendação livre
Ingresso gratuito (retirar senha com uma hora de antecedência na bilheteria do teatro)

12822213_1136760633025473_2096135134_n.jpg

TEV PARA TEATRO MUSICAL E POP

Aspectos Técnico Vocais para o Teatro Musical e a Música Pop, do Studio Marconi Araújo, é um curso bem dinâmico e diferente pois trabalham todos os estilos vocais e os pontos necessários para que cada um consiga atingir seus objetivos na carreira profissional.

O curso tem início no dia 28 de abril com duração até 28 de julho. As aulas são às quintas feiras, das 18h30 às 21h. O encerramento será com um concerto com músicas pop e soul.

Maiores inscrições pelo site www.studiomarconiaraujo.com
O email para contato é Contato@studiomarconiaraujo.com

 

TEV POP 2016.png

OS REALISTAS

A estreia de ‘The Realistic Joneses’ marcou a estreia de Will Eno na Broadway em 2014, após vários êxitos no teatro americano. Debora Bloch – que já acompanhava e estudava a trajetória do autor – assistiu à montagem e decidiu que iria produzir o texto no Brasil. Com os direitos cedidos, firmou parceria com Guilherme Weber, que assina a direção da empreitada e tem total intimidade com o universo do dramaturgo: ele ostenta o título de ator que mais encenou Will Eno em todo o mundo.

Em cartaz a partir de 1 de abril no Teatro Porto Seguro, ‘Os Realistas’ chega a São Paulo depois de uma bem-sucedida temporada no Rio de Janeiro, marcada pelo encontro inédito nos palcos de Debora com Emílio de Mello, Fernando Eiras eMariana Lima. O projeto tem patrocínio da Renner e da Porto Seguro.

Em cena, dois casais de vizinhos se encontram e descobrem ter mais em comum do que as casas idênticas e sobrenomes iguais. Com este ponto de partida, a peça flagra a convivência do quarteto e os relacionamentos que começam a se entrelaçar. Em um hábil jogo de cena, o autor mostra também que nem tudo é o que parece ser, fazendo ainda que as situações reflitam sobre os diferentes estágios do casamento.

Para o diretor, ‘Os Realistas’ é um exercício do autor sobre o gênero realista. ‘É um gênero em que os heróis dão lugar a pessoas comuns. Nesta história, Eno desloca seus personagens para uma pequena cidade interiorana e campestre, em um movimento de alguma maneira também reverente ao teatro de Tchekhov. Este confronto com a natureza, o vasto e o desconhecido faz com que estes personagens se cruzem em uma comédia existencialista sobre vida, morte, amor e vizinhos’, analisa Guilherme Weber, cuja relação com a obra de Will Eno começou em 2003, quando estrelou e assinou a criação com Felipe Hirsch da montagem brasileira de ‘Temporada de Gripe’ (‘The Flu Season’). Depois, seguiu com ‘Thom Pain – Baseado em Nada’ (2006) e ‘Lady Grey – Em Luz Cada Vez Mais Baixa’ (2006), nas quais também atuou e dividiu a criação com Hirsch, e ‘Ah, a Humanidade e Outras Boas Intenções’, reunião de cinco peças curtas do autor, em que atuou a assinou o projeto junto com Murilo Hauser.

‘Os Realistas’ marcou ainda o retorno de Debora Bloch à produção teatral, tarefa que abraçou em meados dos anos 80. De lá para cá, ela foi responsável por espetáculos que marcaram a história recente do teatro brasileiro, como ‘Fica Comigo Esta Noite’ (1990), que lhe rendeu o Prêmio Shell de Melhor Atriz em 1990, ‘Duas Mulheres e Um Cadáver’ (2000), estrelado e produzido ao lado de Fernanda Torres, ‘Tio Vânia’ (2003), em montagem dirigida por Aderbal Freire-Filho que ocupou o Parque Lage. Seu último espetáculo foi o monólogo ‘Brincando Em Cima Daquilo’ (2007/2008), com direção de Otávio Muller.

10426830_1714828888735824_3429270255330157819_n

Os Realistas
Com Debora Bloch, Emílio de Mello, Fernando Eiras e Mariana Lima
Teatro Porto Seguro (Alameda Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo)
Duração 100 minutos
02/04 até 29/05
Sexta e Sábado – 21h; Domingo – 19h
Recomendação 12 anos
$50 / $100
Texto – Will Eno
Tradução – Ursula de Almeida Rego Migon e Erica de Almeida Rego Migon
Direção Geral, Adaptação e Trilha Sonora – Guilherme Weber
Cenografia – Daniela Thomas e Camila Schmidt
Figurinos – Ticiana Passos
Iluminação – Beto Bruel
Direção de Produção – Alessandra Reis
Assessoria de Imprensa – Factoria Comunicação