OS MÉDIOS – UM RELATO DE SERES TERRESTRES QUE PILOTARAM A NAVE

Terceiro trabalho consecutivo da A Má Companhia Provoca, a comédia dramática Os Médios se propõe a dar forma ao universo radical do texto de Michelle Ferreira (que estreia seu texto Tem Alguém que nos Odeia em março, na Escócia) mergulhando na poética de seus personagens, cidadãos de bem, ou que assim se veem. Pessoas que atravessam o cotidiano sem se dar conta que o senso comum domesticou a pulsão de vida que tinham. Traídos por seus próprios discursos, transitam pelo perverso, pelo poético e pelo cômico e revelam os traços mais contraditórios de um pensamento medíocre generalizante, disfarçado de boas intenções, que está presente em diversos setores da sociedade.

Em 2003, a dramaturga Michelle Ferreira  foi aceita no Núcleo de Dramaturgia do CPT – Centro de Pesquisa Teatral, dirigido por Antunes Filho– e lá permaneceu por oito anos. Em 2010, Antunes sentiu a necessidade de descobrir outros caminhos para o projeto Prêt-à-Porter. Para isso, pediu à dramaturga que escrevesse um esboço de três cenas feitas nos moldes já conhecidos, mas que desenvolvesse um texto que as fizessem voar. O estudo buscou encontrar novos caminhos de encenação e dramaturgia dentro das premissas do falso naturalismo desenvolvidas no Prêt-à-Porter. O processo durou um ano, ficou robusto e tomou vida própria, gerando uma matriz de três cenas que hoje compõem a peça OS MÉDIOS – um relato de seres terrestres que pilotaram a nave.

Em 2014, a autora voltou a se encontrar com essas três histórias criadas em 2010 e cria um universo particular, onde a ação acontece por meio dos diálogos entre as personagens. Duas mulheres brasileiras estão expostas numa vitrine em Amsterdã. Uma mulher obesa convida um mendigo para entrar em sua casa. Uma jovem com caspa cuida do irmão deficiente. “Essas personagens, no entanto, não são apenas um recorte de uma parcela da classe média. Para além de uma classe, são a representação de um pensamento que coloniza nossos desejos, domestica a nossa potência de vida até solapá-la na mediocridade” comenta a diretora e dramaturga.

“Eu acredito em uma montagem simples e popular, porque isso é profundo. Aqui, a autora se preocupa muito com o entendimento do espectador e a diretora tem obsessão por isso”, brinca. “Eu busco a simplicidade, quero que o texto alcance todas as pessoas que forem assistir”, finaliza Michelle Ferreira.

01 Os Médios - Da esq para a dir Martina Gallarza, Victor Bittow, Maura Hayas, Flávia Strongolli e Réggis Silva (Foto Leekyung Kim)

 

Os Médios – um relato de seres que pilotaram a nave
Com Flávia Strongolli, Maura Hayas, Réggis Silva, Victor Bittow, Martina Gallarza e Paula Brandão
Teatro Cacilda Becker (Rua Tito, 295 – Lapa, São Paulo)
Duração 80 minutos
01 até 24/07
Sexta e Sábado – 21h; Domingo – 19h
Entrada gratuita (retirar ingressos com uma hora de antecedência)
Recomendação 14 anos
Texto e direção: Michelle Ferreira.
Diretora Assistente: Solange Akierman.
Cenário: Juliana Fernandes.
Figurinos: Antonio Vanfill.
Design de Luz: Ariene Godoy.
Trilha sonora: LP Daniel.
Desenho sonoro: Ricardo Bertran.
Programação Visual: Maura Hayas.
Fotos: Leekyung Kim.
Diretor de produção: Ricardo Grasson.
Produção: Gelatina Cultural.
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s