DAMA DA NOITE

Inaugurado no final de 2015, o CCC – CENTRO COMPARTILHADO DE CRIAÇÃO, espaço dirigido pelo produtor Ricardo Grasson e o ator Caco Ciocler, dá início a programação de 2016.

Na montagem, o ator Luiz Fernando Almeida encarna a personagem e as angústias de um ser humano que não se sente inserido no mundo que vê e vive. Com direção de André Leahun, DAMA DA NOITE mostra ao público o conto do escritor Caio Fernando Abreu. No monólogo, o autor gaúcho não dá trégua e coloca o personagem numa mesa de bar em que despeja toda sua angústia, rancor e desprezo por uma sociedade que o discrimina e o exclui.

A montagem foi criada para ser apresentada para plateias pequenas,  o que potencializa o tom coloquial e ao mesmo tempo incisivo do texto de Caio Fernando Abreu. O ator Luiz Fernando Almeida fica praticamente encurralado num canto, onde há apenas uma mesa e uma cadeira. Antes, porém, o ator, com figurino exuberante e vasta peruca, vai buscar os espectadores no saguão. Já em cena, ele joga a peruca de lado e começa a jorrar o desabado daquela personagem.

Diálogo com o público

dama adilEm um cenário que é uma residência, mas que pode ser também um clube ou o que a imaginação do público desejar, a personagem não se limita à atuação e instiga um diálogo com seu público em clima intimista.

Em DAMA DA NOITE, uma “bicha velha” – como Dama da Noite se auto-intitula – conversa com um “boy”, alguém que ela poderá pagar uma bebida e ter sexo fácil, mas nunca amor. A montagem transforma os espectadores no outro, no jovem que a personagem aponta o dedo. Como não há aparente amor, não há delicadeza nem sutileza por parte de Dama da Noite para com seu interlocutor – o que acaba sendo uma experiência profunda e perturbadora no melhor dos sentidos para a plateia.

 

Dama da Noite
Com Luiz Fernando Almeida
Centro Compartilhado de Criação (Rua James Holland, 57 – Barra Funda, São Paulo)
Duração 55 minutos
01/03 até 06/04
Terça e Quarta – 21h
Recomendação 16 anos
$30
 
Texto – Caio Fernando Abreu.
Direção – André Leahun.
Figurino – Luiz Careca.
Cenografia – Daniel Bevervanso.
Multimídia e Vídeo Mappin – VJ Spetto.
Iluminação – André Leahun.
Trilha Sonora – DJ Luiz Pareto.
Visagismo– Fernando Pompeu.
Maquiador – Kleber Kleiss.
Direção de Arte – Betinho Neto.
Direção de Produção – Luiz Fernando Almeida.
Produção – Superbacana Produções e A Confraria Produções.
Assessoria – Nossa Senhora da Pauta

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s