NO CORAÇÃO DAS MÁQUINAS

No Coração das Máquinas foi criado a partir da ocupação e depois autogestão por empregados na fábrica de relógios LIP, que funcionou por dois anos sob o controle dos próprios trabalhadores nos anos 70, na França.

A peça revive a primeira noite de ocupação da fábrica do ponto de vista de sete funcionárias. Durante esta noite resistindo ao cerco da polícia e lutando por seus empregos, essas mulheres, tão diferentes entre si, vão descobrir as dificuldades e a força de viver uma utopia coletiva.

O co–autor Marcos Arzua faz um paralelo contemporâneo sobre o texto:“Podemos lembrar dos valentes e engajados secundaristas que lideraram ocupações de escolas estaduais paulistanas como resposta à política repressiva de forças reacionárias mal disfarçadas, capazes até de espancar brutalmente estudantes e outros manifestantes em passeatas totalmente legítimas. Esses jovens viveram plenamente a mobilização em suas unidades, mas atuaram em rede também, e de forma certeira.

O cenário de Amanda Vieira e Ding Musa sugere o depósito de uma fábrica, com suas caixas de material estocado e suas luminárias fabris. A iluminação é feita por diversas fontes de luz, como velas, lanternas e luminárias manipuladas pelas atrizes durante a atuação.  “Aproximamos desta forma o aparato cênico da atuação, ajudando a criar a sensação de que o público encontra-se confinado junto com essas mulheres. O som, invocando constantemente o cerco da polícia do lado de fora, nos lembra a todo instante a sensação de perigo e anormalidade”. Completa a diretora.

A peça também traz interlúdios de teatro de sombras: tratam-se dos sonhos das operárias em seus breves períodos de sono durante esta agitada noite de ocupação. Daniel Maia é responsável pela música original, os figurinos foram criados por Valentina Soares e Alex Casimiro, o vídeo é assinado por Amandine Goisbault e o Coletivo Ocupe a Cidade a cuidou de parte gráfica do espetáculo, Amanda Vieira assina a direção de arte do espetáculo e Malu Bazan a preparação do elenco.

O espetáculo fala de uma busca por relações horizontais, e a equipe do espetáculo buscou esta horizontalidade também durante o processo de criação. “Sim, nosso processo de criação é exaustivamente democrático! rs. Claro que temos papéis diferentes, mas a criação é profundamente coletiva. As atrizes, principalmente as que estão há mais tempo no projeto, são responsáveis pela concepção de seus próprios personagens. Nós trazíamos alimento de pesquisa sobre o tema e eu assoprava as fagulhas criativas pertinentes que via surgir. Escrevi o texto muito em cima das improvisações das atrizes. Em seguida, eu e Marcos Arzua acrescentamos temas e informações que faltavam para amarrar o conjunto e contextualizar melhor a peça em seu ambiente econômico, político e histórico. Outros parceiros preciosos chegaram nessa etapa final da criação e todos acabam contribuindo para pensar o projeto como um todo, o que é muito gratificante e dá sentido as palavras que são ditas em cena”, comenta Rita Carelli.

cred Maurício Pisani baixa

No Coração das Máquinas
Com Anna Zêpa, Janaína Suaudeau, Manuela Afonso, Nicole Cordery, Renata Roberta, Samya Enes, Thaia Perez.Música original: Daniel Maia.
 
Oficina Cultural Oswald De Andrade (Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo)
Duração 60 minutos
15/04 até 07/05
Quinta, Sexta e Sábado – 20h
Recomendação 12 anos
Entrada gratuita (Retirar o ingresso 30 minutos antes do espetáculo na bilheteria.
 
Casa do Povo (Rua Três Rios, 252 – Bom Retiro, São Paulo)
11/05 até 29/06
Quarta – Horário a definir
 
Texto: Rita Carelli em colaboração com Marcos Arzua e elenco.
Direção: Rita Carelli.
Assistente de direção: Amanda Vieira.
Preparação de elenco: Malú Bazán.
Direção de produção: André Canto.
Realização: Canto Produções.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s