LOS LOBOS BOBOS

LOS LOBOS BOBOS é uma comédia formada por esquetes que retratam o cotidiano da cidade de São Paulo e por canções de Adoniran Barbosa. As musicas do poeta, que é a cara da cidade, ganharam uma releitura assinada por Pedro Paulo Bogossian, que transformou  “Saudosa Maloca” em rock e “Santa Ifigênia” em funk, além de várias outras surpresas.

O espetáculo é estrelado por Guilherme Uzeda, que integrou o elenco do Terça Insana,  Marcelo Augusto, da Turma do Didi e Ricardo Arantes que cantava na Banda do Domingão do Faustão.  Os três atores interpretam 25 personagens, entre homens e mulheres, num total de 11 cenas que podem acontecer tanto no palco como na plateia.

Marcos da cidade, como o Parque Ibirapuera, a ponte Estaiada, a região do baixo Augusta  ou Theatro Municipal são pano de fundo para as rápidas esquetes que não perdoam o  jeito paulista de ser.

image003 (1)

Deliberadamente LOS LOBOS BOBOS não é uma dramaturgia fechada, não tem um roteiro que narra uma sequência lógica com a intenção de atingir um clímax, não se obriga a um desfecho, mensagem, um ponto de vista. No entanto, essa (des) narrativa intencional é para mim, “não vazia” e deliciosamente aventurosa”, fala  GpeteanH, que assina a dramaturgia do espetáculo, inspirado no Teatro Besteirol. 

Sucesso nos anos 80, o movimento apresentava no palco  uma caricatura anárquica do cotidiano, rompendo com o erudito e com os preconceitos. O movimento lançou vários artistas hoje consagrados, como o ator Miguel Falabella. LOS LOBOS BOBOS faz referência também ao espetáculo de sucesso na época “Quem Tem Medo de Itália Fausta”, dos saudosos  Miguel Magno e Ricardo Almeida,  e ao “Teatro do Terror”,  de Vic Militello, sucesso cult apresentado na Praça Roosevelt nos anos 90. 

O objetivo é transformar a apresentação em uma grande festa, em uma celebração que irá nos permitir exercitar o carinho pelo nosso oficio, além de  viver, rir e cantar o afeto que temos pela cidade de São Paulo”, conta GpeteanH.

Los Lobos Bobos
Com Guilherme Uzeda, Marcelo Augusto e Ricardo Arantes
Teatro da União Cultural (Rua Mário Amaral, 209 – Paraíso, São Paulo)
Duração 60 minutos
07/04 até 09/06
Quinta – 21h
Recomendação 14 anos
$40
 
Dramaturgia: GpeteanH
Direção Musical: Pedro Paulo Bogossian
Estilista Marcelu Ferraz
Visagismo Cabral
Fotos Rodolfo Ribeiro
Direção Técnica Solange Mendes
Direção de Palco Arnaldo D’Ávila
Direção de Arte André Lifschitz
Direção de Produção Beti Antunes
Direção Geral GpeteanH
Assessoria de Imprensa Flávia Fusco Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s