DESENHOS DE CENA #1

Aby Cohen, cenógrafa, figurinista e pesquisadora, é autora e curadora da exposição Desenhos de Cena #1, que o Sesc Pinheiros recebe entre os dias 15 de abril e 10 de julho. Com 16 artistas da África do Sul, Brasil, China, Finlândia, Holanda, Itália, Nova Zelândia e Reino Unido, a mostra se propõe a levar o público a entrar em contato com o resultado do encontro entre o teatro e as artes visuais, terreno esse bem conhecido pela curadora, que conquistou a Triga de Ouro pela seu trabalho como cocuradora e designer na Mostra Nacional Brasileira na Quadrienal de Praga 2011.

A mostra permite ao público interagir e explorar as criações, descobrindo as múltiplas possibilidades do desenho cênico resultantes da reunião de elementos como luz, som, figurino, tridimensional e tecnologia. A exposição busca, em última instância, lançar luz a artistas e trabalhos que têm borrado, ou rompido, as fronteiras entre as artes cênicas e as artes visuais, “revelando-se uma inspiração no combate à estagnação e à repetição”, como explica Aby Cohen.

Desenhos de Cena #1 conta com obras dos artistas Antony Gormley (Reino Unido), Antti Mäkelä (Finlândia), Bia Lessa (Brasil), Cris Bierrenbach (Brasil), Dries Verhoeven (Holanda),  Emma Ransley (Nova Zelândia), Gavin Krastin (África do Sul), Giulia Pecorari (Itália),  Ian Evans (Reino Unido), Laura Vinci (Brasil), Liu Xinglin (China), Marina Reis (Brasil), Peter Mumford (Reino Unido),  Richard Downing (Reino Unido),  Theo Jansen (Holanda) e Valéria Martins (Brasil).

Dois eixos narrativos

Com obras instaladas no piso térreo e no segundo andar do Sesc Pinheiros, Desenhos de Cena #1 apresenta dois eixos narrativos: os Arquivos e as Instalações. O primeiro deles, dedicado ao repertório de parte dos artistas integrantes da mostra, compõe-se por registros de memórias, artefatos e objetos diversos que marcaram suas trajetórias. Tais itens são organizados no espaço expositivo em mobiliários, que se tornam verdadeiros gabinetes de curiosidades da produção desses artistas. Já o segundo eixo da exposição é formado por um conjunto de instalações constantemente ativadas ou autoativadas frente aos visitantes, que por vezes evoluem para a apresentação de performances – assemelhando-se a atos de uma peça teatral, elas colocam a exposição em ação.

Aby Cohen explica que a exposição desperta o debate sobre a efemeridade de algumas obras e como podemos apresentá-las. “A mostra reúne imagens efêmeras que constroem narrativas que ficam guardadas em nossa memória. Como podemos arquivar uma performance? Como podemos documentar isso e como essa escolha pode afetar a percepção das pessoas em relação à obra?”, questiona.

A curadora de Desenhos de Cena #1 acrescenta ainda que, mais do que um encontro único desses artistas, a mostra apresenta uma série de possibilidades de interpretações e experiências. Do seu repertório pessoal ao percurso escolhido para andar pelo espaço da exposição, tudo pode interferir na percepção dos visitantes. Cada pessoa saíra de lá com uma história muito diferente e poderá voltar muitas vezes, sempre com uma nova percepção”, explica Aby.

Um dos destaques da mostra é a instalação The Water Banquet (O Banquete D’Água), do britânico Richard Downing. Uma mesa de água de nove metros de comprimento e dois de largura serve como palco para que o artista ofereça ao público um encontro com as mais diversas imagens e sons ligados à sua memória. O artista também está buscando que a obra apresente narrativas mais locais, aproximando-a do Brasil e tem feito, junto com a equipe curatorial, uma pesquisa por elementos e referências à cultura nacional.

Desenhos de Cena #1
Obras de Antony Gormley (GBR), Antti Makela (FIN), Bia Lessa (BRA), Cris Bierrenbach (BRA), Dries Verhoeven (NLD), Emma Ransley (GBR), Gavin Krastin (ZAF), Giulia Percorari (ITA), Ian Evans (GBR), Laura Vinci (BRA), Liu Xinglin (CHN), Marina Reis (BRA), Peter Mumford (GBR), Richard Downing (GBR), Theo Jansen (NLD) e Valéria Martins (BRA).
SESC Pinheiros (Rua Paes Leme, 195, Pinheiros, São Paulo)
15/04 até 10/07
Terça a Sexta – 10h30 às 21h30; Sábado – 10h30 às 21h; Domingo e Feriado – 10h30 às 18h30
Pisotérreo e espaço expositivo (2º andar)
Classificação Livre
Entrada gratuita
Assessoria de Imprensa Nossa Senhora da Pauta

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s