TOMADA

O Theatro NET São Paulo, na Vila Olímpia, recebe Filipe Catto, no dia 15 de julho, sexta-feira, às 21h, para apresentação do show Tomada.

Segundo álbum de Filipe Catto, Tomada foi contemplado pelo edital Natura Musical 2014 e lançado pela Agência de Música. O cantor gaúcho de 27 anos partiu para o sucessor de Fôlego (Universal, 2011), ciente da expectativa criada em torno de si. Os hits Saga, Adoração eFlor da Idade introduziram no cenário da música popular brasileira uma voz singular.

Tomada é precedido pelo EP independente Saga (2009) e pelo CD e DVD ao vivo Entre Cabelos, Olhos e Furacões (Universal, 2013). O trabalho foi produzido pelo carioca Kassin. Filipe recorreu a artistas como PJ Harvey, Cássia Eller, Radiohead e Jeff Buckley para se inspirar e escrever novas canções. Essas referências são perceptíveis mais na intenção de não evitar assuntos espinhosos, de não fugir da emoção, que no desenho das músicas.

A banda base é formada por Pedro Sá na guitarra, Domenico Lancellotti na bateria, Danilo Andrade nos teclados e o próprio produtor Kassin no baixo. Os músicos se reuniram no Studio Marini, no Rio de Janeiro, com 16 músicas candidatas a um lugar no álbum e foram registrando as que funcionavam mais. Assim chegaram nas 11 faixas da seleção de Tomada.

Entre as escolhidas, destacam-se composições do próprio Catto, como o primeiro single do álbum, Dias e Noites, parcerias com dois nomes consolidados da MPB (Pedro Luís é coautor de Adorador; Moska, da irresistível Depois de Amanhã), presentes inesperados (Marina Lima ofertou a poderosa Partiu, que vinha abrindo as recentes apresentações da carioca) e releituras de Amor Mais que Discreto, de Caetano Veloso; Do Fundo do Coração, de Júlio Barroso e Taciana Barros e Canção e Silêncio, do cantor e pianista pernambucano Zé Manoel. Tomada conta ainda com Auriflama, cuja letra é do escritor José Eduardo Agualusa em parceria com Thalma de Freitas. A cantora e atriz também ofereceu a Filipe Catto sua composição com Tiganá Santana e o guitarrista Gui Held, Íris e Arco. Fernando Temporão e César Lacerda assinam outro momento intenso do disco: Um Milhão de Novas Palavras.

O novo CD do cantor gaúcho de 27 anos conta com as participações do guitarrista Luis Carlini; das cantoras Marina Lima ao violão em Partiu e Ava Rocha em Do Fundo do Coração; do violonista Manoel Cordeiro e seu filho, o cantor Felipe Cordeiro. A direção de arte de Tomada é mais uma vez assinada por Filipe (quem também fez o projeto gráfico deRainha dos Raios, de Alice Caymmi e de Euforia, de Pélico) e na capa, a foto é de Gal Oppido.

Tomada
Com Filipe Catto
Theatro NET São Paulo – Shopping Vila Olímpia (Rua Olimpíadas, 360 – Vila Olímpia, São Paulo)
Duração 90 minutos
15/07
Sexta – 21h
$100
Classificação 12 anos

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s