CANÇÕES PARA NÃO DIZER

 

Na abertura do projeto “O Ator Maestro – Solos Urbanos“, no dia 6 de outubro com Canções para não dizer – o público tem a oportunidade de escrever nas paredes de papel craft do cenário. A ação interfere na identidade do personagem, que é baseada no que a platéia deixou registrado. Com referências estéticas de Tim Burton, a obra tem inspiração no filme Edward Mãos de Tesoura, do diretor americano, além de ecos do poema O Corvo, de Edgar Allan Poe, na criação do pombo com o qual o personagem interage.

 Esquecido pelos outros funcionários, o arquivista Marcelo é obrigado a passar a noite trancado no escritório da repartição pública onde ficou preso. Do diálogo que estabelece com o pombo que está no forro do teto desenrola-se uma reflexão reveladora sobre suas identidades. Trata-se de um espetáculo musical desconstruído, com a música e o improviso como carros-chefes da encenação. A peça usa recursos como a dança, o canto e a inércia como elementos de estranheza, quebrando elementos e lógicas realistas.

O personagem é o arquétipo do novo mundo. Os novos processos de interação humana, caracterizados pela globalização, pela força dos veículos midiáticos e pela sociedade da informação, têm fragmentado o homem e o transformado em ser dissonante e plural, legitimamente em crise”, comenta Lucas Sancho.

14199679_1426110044072298_2551336878375204428_n

Canções Para Não Dizer
Com Lucas Sancho
Mostra “O Ator Maestro – Solos Urbanos”
Espaço Cia do Pássaro (Rua Álvaro de Carvalho, 177 – Centro, São Paulo)
06 a 14/10
Quinta e Sexta – 21h
$30

Dramaturgia, direção e direção de arte e interpretação:Lucas Sancho.

Trilha sonora: Daniel Groove.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s