QUEM MATOU EDVARD MUNCH

 

Em Quem Matou Edvard Munch (de 3 a 11/11), Lucas Sancho norteou sua pesquisa a partir da obra O Grito, de Edvard Munch. Com apoio de recurso audiovisual, o público compartilha a trajetória do pintor expressionista norueguês, que na peça está preso dentro de um de seus quadros.

No espetáculo, o pintor Edvard Munch está preso dentro de sua obra mais famosa: O Grito. Sem se lembrar como caiu ali, busca em suas telas as memórias necessárias para entender quem matou sua criatividade e inspiração. Através das leituras que a plateia faz dos quadros, projetados no audiovisual, Munch vai refazendo seu caminho da infância à fase adulta na busca de uma saída. O espetáculo questiona os produtos culturais contemporâneos.

Angustia, depressão, obsessão e desespero ganham formas, cores, e movimento. Nas telas empilhadas e suspensas, único cenário do espetáculo, o ator projeta imagens do pintor norueguês Edvard Munch e suas obras. Diante da imagem de O Grito, o personagem anônimo procura expressar o seu inferno interior e o mal-estar que o atormenta em seu cotidiano.  “O objetivo é que a plateia extravase sua dor junto com esse sujeito que sofre, que sente, que se desespera, que se masturba, que grita“, diz Lucas.

14199679_1426110044072298_2551336878375204428_n

Quem Matou Edvard Munch
Com Lucas Sancho
Mostra “O Ator Maestro – Solos Urbanos”
Espaço Cia do Pássaro (Rua Álvaro de Carvalho, 177 – Centro, São Paulo)
03 a 11/11
Quinta e Sexta – 21h
$30
Dramaturgia, direção e direção de arte e interpretação:Lucas Sancho.
Trilha sonora: Banda 2Fuzz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s