MAIS UM HAMLET

A peça dirigida por Pedro Haddad e com dramaturgia de Maria Giulia Pinheiro é uma adaptação cômica da peça “Hamlet”, de William Shakespeare. Nesta adaptação contemporânea a história do príncipe da Dinamarca é contada de forma bem humorada, abusando dos clichês acerca desta figura tão famosa. A ideia de dessa montagem é estabelecer um diálogo com o público, apresentando os conflitos do príncipe dinamarquês como humanos e parte de todos nós.

O cenário é composto apenas por cinco cadeiras, e cada ator traz consigo todos os objetos que utilizará em cena. Os atores são responsáveis por toda manipulação de adereços, cenário, e parte da iluminação e sonoplastia – tudo acontece aos olhos do público, com o objetivo de trazer os bastidores para dentro da encenação.

Como se trata de teatro, as figuras são colocadas numa situação que as obriga a, da melhor forma possível, trabalhar em grupo – porém se confrontam com modos de fazer diferentes, humores, rixas e outros fatores que dificultam cada vez mais o jogo de cena, todos evidenciados pela ausência de coxias, e espelhados não só no enredo da peça, mas também na personalidade de cada ator. A peça tem como protagonistas a inadequação, o desconforto e, muitas vezes, o nonsense. Todos esses se fazem presentes para que, de forma cômica, seja narrada a história do príncipe Hamlet. O espectador se pergunta e reflete sobre o que se passa em cena e o que é a realidade, de fato – sendo, nesta brincadeira, convidado a entrar no jogo cênico. “, conta o diretor Pedro Haddad.

SINOPSE

Cinco figuras esquisitas são convidadas a contar a história de Hamlet, príncipe da Dinamarca em apenas 70 minutos. Hamlet ainda está de luto pela morte do pai quando sua mãe se casa com Cláudio, seu tio e o novo rei dinamarquês. Hamlet é avisado pelo fantasma de seu pai que ele foi assassinado por Cláudio, e pede ao filho que vingue sua morte. A partir daí o príncipe se vê num conflito entre o agir e o pensar, até ser capaz de concretizar o que lhe foi pedido: matar o rei da Dinamarca. Utilizando-se das frases célebres de Shakespeare e dos acontecimentos da peça original, os atores-personagens “improvisam” o espetáculo, aproveitando toda e qualquer deixa para mostrar o quanto são especia- listas nesta obra-prima.

Mais um Hamlet
Com Beatriz de Miranda, Maria Eugênia Portolano, Ronan Ammirati, Taiguara Chagas, Valérie Mesquita.
Teatro Pequeno Ato (Rua Dr. Teodoro Baima, 78 – Vila Buarque, São Paulo)
Duração 70 minutos
02 a 23/11
Quarta – 21h
$30
Classificação 12 anos
 
Direção: Pedro Haddad.
Dramaturgia: Maria Giulia Pinheiro.
Assistente de direção: Giulia Fontes.
Cenário e figurinos: Cia dos Tolos.
Iluminação: Taiguara Chagas.
Produção: Contorno Produções.
Direção de Produção: Jessica Rodrigues e Victória Martinez
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s