THERESINHA

O espetáculo Theresinha – que tem dramaturgia e encenação assinadas por Helder Mariani e interpretação de Gabriela Cerqueirareestreia no dia 6 de novembro (domingo, às 18 horas) no Teatro do Mosteiro de São Bento de São Paulo.

A peça foi concebida a partir dos escritos autobiográficos e poéticos da jovem francesa Thérèse de Lisieux (1873-1897), freira carmelita descalça, canonizada em tempo recorde pela Igreja Católica. No Brasil, é popularmente conhecida como Santa Teresinha do Menino Jesus.

A montagem apresenta o dilema do homem moderno, o conflito entre a razão e a fé, na pele de Theresinha, não privilegiando a dimensão puramente religiosa, mas a humanidade dessa jovem que se tornou santa e, no final do séc. XIX, vivenciou as questões e contradições que marcariam o séc. XX e a pós-modernidade.

A encenação de Helder Mariani apresenta a personagem através de uma jovem atriz, sozinha, que conduz a plateia até o século XIX, na França, e nos traz a jovem freira, sozinha; ambas diante do mesmo vazio. Essas duas jovens mulheres de épocas tão diferentes têm em comum a ânsia da busca pelo sentido da existência humana e o desejo compulsivo de transformar a realidade vazia de sentido, num tempo onde um racionalismo exacerbado e prepotente domina – e já dominava no XIX – nossas cabeças.

Segundo o dramaturgo, “Thérèse de Lisieux” entendia a espiritualidade e a arte como únicas formas possíveis de subverter a realidade humana, dando-lhe um novo significado, transcendendo. Na dramaturgia, ela conta sua história, valendo-se das palavras e do teatro; e representando de maneira crítica e bem humorada os personagens que aparecem na sua trajetória, revelando as suas diferentes e ambíguas facetas, e seu desejo obsessivo de se tornar uma “santa”.

Theresinha
Com Gabriela Cerqueira
Teatro do Mosteiro de São Bento de São Paulo (Largo de São Bento, s/n – Centro, São Paulo)
Duração 60 minutos
06 a 27/11
Domingo – 18h
$30
Classificação 12 anos
 
Dramaturgia e encenação: Helder Mariani
Direção musical: Dagoberto Feliz
Desenho de luz: Gabriel Greghi
Cenografia: Flávio Tolezani
Figurino: Marcela Donato
Pesquisa: Thiago Britto
Orientação artística: Denise Weinberg
Produção: Gabriela Cerqueira e Helder Mariani.
Fotos: Thiago Bugallo e Luciney Martins
Realização: Cia. da Palavra e Pulo do Gato Produções Artísticas
Assessoria de Imprensa: Verbena Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s