MERGULHO

Formada somente por mulheres, a Companhia Delas nunca buscou tratar de questões exclusivamente femininas em seus espetáculos. Sempre houve, no entanto, a consciência da responsabilidade como artistas e mulheres em pensar a maneira de retratar o mundo (o amor, os conflitos, a morte) a partir da sua própria realidade, que é fatalmente, feminina.

Há um estudo que diz que dentre toda produção de ficção, seja literatura, cinema ou teatro, sempre houve pouca presença feminina e que, quando há duas personagens mulheres conversando, normalmente elas falam sobre um homem. Daí surgiu o chamado Teste de Bechdel, que verifica se uma obra artística satisfaz os seguintes requisitos:

  1. Ter pelo menos duas mulheres.
  2. Elas conversam entre si
  3. Sobre alguma coisa que não seja um homem

MERGULHO é um espetáculo idealizado por uma companhia de atrizes, baseado num livro de uma escritora escocesa (mulher e homossexual), dirigido por uma diretora, Silvana Garcia. Ou seja, as mulheres são o núcleo central da criação artística dessa peça. É uma obra que responde aos três requisitos do teste, claro, mas vai além: conta com graça e leveza uma história sensível sobre quatro personagens femininas vividas pelas atrizes Fernanda Castello Branco, Julia Ianina, Lilian Damasceno, Thais Medeiros. Uma história sobre o despertar do amor entre duas mulheres. Sobre a amizade. E sobre a morte também.

Pela sua aproximação do universo feminino, pelo retrato nada estereotipado do amor entre duas delas e pela própria capacidade de produção de uma companhia formada apenas por atrizes, o espetáculo é extremamente relevante em um momento como o atual, quando estão em pauta as discussões sobre gênero, sobre feminismo e homofobia.

No palco estão três personagens femininas afetadas pela morte de Sara Wilby, camareira do Hotel Global. A narrativa é composta pelas vozes dessas personagens: uma jornalista, uma jovem estudante de música, a irmã da camareira, além da própria morta, que trava um diálogo consigo mesma, numa espécie de auto investigação de si e da própria morte.

A montagem foi construída a partir de uma minuciosa pesquisa para a criação de uma espécie de quebra-cabeça dramatúrgico, feito em muitas mãos: das atrizes, da diretora Silvana Garcia e do dramaturgo Cássio Pires. O resultado é um trabalho extremamente tocante, delicado e de grande força poética.

A estrutura dramatúrgica proporciona o encontro com essas quatro personagens. O público, acompanha as descobertas e os mistérios a respeito de um fato, sempre a partir delas, com suas visões únicas de um mesmo acontecimento.

A diretora Silvana Garcia traz uma atmosfera de realismo fantástico para as cenas. A coexistência de situações diversas, os cortes no tempo, a sobreposição dos ambientes habitados pelas personagens e um cenário híbrido fazem parte das opções da encenadora para criar MERGULHO, que é o 10o espetáculo da Companhia Delas, que em 2016 completou 15 anos de atividades.

 “Mergulho” foi produzido graças ao aporte do 1o Prêmio Zé Renato de apoio à produção e desenvolvimento da atividade teatral para a cidade de São Paulo. O espetáculo estreou em outubro de 2015 no Viga Espaço Cênico em São Paulo, capital. Em junho de 2016 integrou a programação do Itau Cultural, em São Paulo dentro da Mostra Todos os Gêneros e foi apresentado no SESC Campinas – SP.

image001

Mergulho
Com Fernanda Castello Branco, Julia Ianina, Lilian Damasceno, Thais Medeiros
Centro Cultural São Paulo -Sala Jardel Filho (Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, São Paulo)
Duração 80 minutos
11 a 13/11
Horário: a confirmar
Entrada gratuita
Classificação 14 anos
Maiores informações no site do evento – 24o Festival Mix Brasil
 
Direção: Silvana Garcia
Texto: Cássio Pires e Companhia Delas
Assistência de Direção: Maria Tuca Fanchin
Iluminação e Cenografia: Marisa Bentivegna
Figurinos: Mira Haar

Trilha sonora: Arthur Decloedt
Preparação e Desenho de Movimento: Fabricio Licursi
Fotos: Lígia Jardim

Produção: Companhia Delas de Teatro
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s