TIRANDO OS PÉS DO CHÃO

A Cia. Cênica Nau de Ícaros estreia, no próximo dia 17 de fevereiro, o “Tirando os Pés do Chão“, espetáculo que chega para comemorar os 25 anos da companhia, conhecia pela sua ousadia e personalidade.

Em curta temporada no Teatro J. Safra, o público terá a oportunidade de vivenciar um espetáculo  de linguagem híbrida constituído por técnicas circenses, aliados ao teatro, a música e dança, que permite ao público ter uma grande empatia com os artistas o tempo todo.

“Tirando os pés do Chão” é o resultado de uma série de entrevistas sobre o amor realizadas em parceria com o SESC SP, junto a um público convidado ou espontâneo, que através de suas histórias, gestos e imagens inspiraram a composição das coreografias e a dramaturgia deste trabalho, além de encontros realizados em mais de 10 cidades brasileiras.

Para provocar o público, perguntas como “você se lembra como você sentiu o amor a primeira vez na sua vida?” e “você acha o amor físico, emocional, racional ou irracional?” foram realizadas. As respostas e gestos dos entrevistados eram imediatamente processadas pelos corpos dos atores e bailarinos, em movimentos e em improvisadas coreografias, que ajudavam a construir as chamadas “Ações Performáticas.”

O espetáculo traz ainda a livre inspiração ao livro “Myrna – Não se pode amar e ser feliz ao mesmo tempo”, que reúne cartas de uma coluna de aconselhamento sentimental publicadas no Diário da Noite, na década de 50, assinadas por Myrna, pseudônimo de Nelson Rodrigues. Durante 60 minutos, o público vivenciará o amor em suas mais variadas perspectivas.

Dividir e compartilhar o processo criativo do espetáculo com o público, e fazer com que esse processo, muitas vezes vivido de portas fechadas, acontecesse ali, junto e na frente de pessoas dispostas a escutar, falar e participar do fazer artístico, foi para nós o grande diferencial do processo criativo e da construção desta obra”, comenta Erica Rodrigues, diretora do espetáculo, que terá nove apresentações durante três semanas.

Tirando os Pés do Chão
Com Beatriz Evrard, Celso Reeks, Erica Rodrigues, Gian Mellone, Letícia Doretto, Marco Vettore
Teatro J. Safra (Rua Josef Kryss, 318 – Barra Funda – São Paulo)
Duração 60 minutos
17/02 até 05/03
Sexta e Sábado – 21h30/ Domingo – 20h30
$20/$40
Classificação 14 anos
 
Direção: Erica Rodrigues 
Co-direção:Marco Vettore
Coreografias: Erica Rodrigues
Intérpretes-criadores: Cia. Cênica Nau de Ícaros
Assistência de Direção: Julia Santos
Direção Técnica: Celso Reeks
Coordenação de Figurinos: Leopoldo Pacheco
Locução Myrna: Marcelo Várzea
Iluminação: Wagner Freire
Operação de Luz: Paulo Souza
Vídeos: Felipe Sztutman
Fotos: Chris Von Ameln
Supervisão da Entrevistas: Roberta Kovac
Dança Contemporânea: Miriam Druwe
Workshop “O corpo em cena”: Flavia Pucci
Preparação Física: Márcia Francine
Imprensa:Celso Reeks
Produção Executiva e Administração: Álvaro Barcellos
Coordenação Geral do projeto: Marco Vettore

 

 

ACÚSTICO

Ivan Lins apresenta canções que são sucessos do grande público e também algumas faixas do mais recente CD América Brasil, lançado em 2015. Em formato intimista, Ivan divide o palco com um músico convidado.

No repertório, clássicos como Madalena (lançada por Elis Regina), Abre Alas, Somos Todos Iguais Essa Noite, Começar de Novo, Dinorah, Dinorah, Bandeira do Divino, Bilhete, Desesperar, Jamais, Vitoriosa, Lembra de Mim, Depende de Nós, Novo Tempo, Meu País, entre outras.

Ivan Lins, carioca e tijucano, é músico e compositor conhecido pelas inúmeras gravações de sua obra no mundo todo, por suas harmonias diferenciadas e por seus arranjos, ao mesmo tempo refinados e populares.

Acústico
Com Ivan Lins
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 -­ Campos Elíseos,­ São Paulo)
Duração 70 minutos
25/04
Terça – 21h
$130/$180
Classificação Livre

VOZ E VIOLÃO

Numa apresentação mais intimista, com apenas voz e violão, o cantor e compositor Toquinho resgata clássicos da MPB como Aquarela, Regra Três, O Caderno, Escravo da Alegria e Tarde em Itapoã, entre outras, no show “Voz e Violão” no Teatro Porto Seguro.

Nascido no bairro do Bom Retiro, Toquinho já gravou cerca de 82 discos, compôs mais de 450 músicas e fez cerca de dez mil shows no Brasil e exterior. Um dos principais parceiros de Vinicius de Moraes, também compôs com Chico Buarque, Jorge Ben Jor, Paulinho da Viola, Francis Hime, Mutinho, Carlinhos Vergueiro, Gianfrancesco Guarnieri, Elifas Andreato e Paulo César Pinheiro.

Voz e Violão
Com Toquinho
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 -­ Campos Elíseos,­ São Paulo)
Duração 60 minutos
11/04
Terça – 21h
$130/$180
Classificação livre

SILHUETAS

 

Com uma carreira consagrada no teatro musical, a cantora e atriz Kiara Sasso apresenta novo show em comemoração aos seus 30 anos de carreira. Sua trajetória é revivida ao interpretar canções de musicais em que participou como Home, de A Bela e a Fera; Think of Me, de O Fantasma da Ópera; I Have Confidence, de A Noviça Rebelde; The Winner Takes It All, de Mamma Mia; entre outras surpresas.

No palco do Teatro Porto Seguro, estará acompanhada por uma banda composta de piano, baixo, bateria e sopros, no show Silhuetas.

Silhuetas
Com Kiara Sasso
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 -­ Campos Elíseos,­ São Paulo)
Duração 65 minutos
28/03
Terça – 21h
$60/$80
Classificação 12 anos

I LOVE AMY

De vozeirão com influências soul, Miranda Kassin canta hits como Rehab, Tears Dry on Their Own e, You know I¹m no Good, entre outros da curta e meteórica carreira da artista britânica Amy Winehouse (1983­2011). Miranda conheceu o trabalho de Amy Winehouse em 2007, pouco antes do boom que a projetou internacionalmente.

Após a morte de Winehouse, em 2011, ampliou o set-list com músicas do disco póstumo Lioness: Hidden Treasures eincorporou ao repertório do show diversos hits de outras divas da Soul Music que a inspiram, como Etta James, Sharon Jones, The Supremes, Gloria Jones e Gladys Knight, além de versões de clássicos do rock e do R&B.

I Love Amy
Com Miranda Kassin
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 -­ Campos Elíseos,­ São Paulo)
Duração 80 minutos
21/03
Terça – 21h
$60/$80
Classificação livre

LAILA GARIN E A RODA INTERPRETAM ELIS

Laila Garin, intérprete de Elis Regina no espetáculo Elis, A Musical (cuja atuação arrebatou públicos e prêmios como Shell, Cesgranrio, Bibi Ferreira, APTC, Reverência e outros), apresenta-se acompanhada do trio A Roda, formado por Marcelo Müller (baixo), Rico Viana (guitarra e violão) e Rick De La Torre (bateria).

O quarteto executa canções de Elis Regina, num revival em homenagem à grande intérprete. No repertório, sucessos como Fascinação, Reza, Upa Neguinho, Dois pra lá, Dois pra cá, Arrastão, Como Nossos Pais e As Curvas da Estrada de Santos.

Laila Garin e a Roda Cantam Elis
Com Laila Garin
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 -­ Campos Elíseos,­ São Paulo)
Duração 60 minutos
14/03
Terça – 21h
$50/$100
Classificação livre

DISCOTHEQUE

 

A atriz e cantora Gottsha resgata a influência dos anos 1970 e interpreta algumas de suas canções favoritas, como Last Dance (de Donna Summer) e Dancing Queen (do ABBA), Disco Inferno (The Trammps), Zodiacs (Roberta Kelly), I Love The Nightlife (Alice Bridges), I Will Survive (Gloria Gaynor), entre outros hits que atravessaram gerações, no show “Discotheque

Para montar o set list, Gottsha partiu das canções que gravou em seus discos e de outras com as quais tem afinidade musical. Os arranjos ganharam um toque de modernidade, sem descaracterizar o gênero Disco Music.

Atriz reconhecida dos musicais, Gottsha tem no currículo espetáculos como As Malvadas, Godspell, Suburbano Coração, Tudo é Jazz, Chiquinha Gonzaga, Beatles num Céu de Diamantes, entre muitos outros. Atuou nas novelas Celebridade e Senhora do Destino. Atualmente está no elenco do musical Rocky Horror Show, também em cartaz no Teatro Porto Seguro.

Discotheque
Com Gottsha
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 -­ Campos Elíseos,­ São Paulo)
Duração 75 minutos
07/03
Terça – 21h
$50/$100
Classificação livre