A VIDA DELA

 

Doença mental diagnosticada em um irmão põe em dúvida a sanidade dos outros e desencadeia ressentimentos e crises entre familiares. Izabel (Gabriela Flores) é uma professora de artes especialista em teatro do absurdo e escreve peças que nunca foram encenadas. Lucas (Ernani Sanchez) é um cineasta que sobrevive de filmes publicitários. Eduardo (Sílvio Restiffe) é um matemático desempregado com um distúrbio mental grave. O pai desses três irmãos é um escritor que se faz presente apenas pelo som de sua máquina de escrever. A pedido do pai, Izabel e Lucas visitam Rodrigo e se deparam com traumas e ressentimentos que fazem uma crise reverberar em toda a família.

A montagem de Mario é posterior à encenação carioca dirigida por Delson Antunes com a atriz Isabel Geron e os atores Vandré Silveira e Rodolfo Mesquita. Mario conheceu a peça em 2013 no Ciclo de Leituras do Instituto Cultural Capobianco.  Idealizado por Fernanda Capobianco, o Ciclo de Leituras e o Projeto Terceira Margem III, também da instituição, reuniu nos últimos anos alguns dos maiores autores contemporâneos do país para leituras públicas de espetáculos, workshops, debates e muito mais.

Ao entrar em contato com o universo e a poética de Priscila Gontijo, que teve todas as peças lidas por atores no Capobianco, Mario traduziu-a para o espanhol a fim de estrear uma montagem argentina. “Além de extremamente bem escrita, a peça é acessível para todos os tipos de público”, destaca o diretor. Convidado pela dramaturga para dirigir a peça no Brasil, aceitou prontamente, compondo a equipe junto à atriz Gabriela Flores e os atores Silvio Restiffe e Ernani Sanchez.

Por ter assistido a leitura da peça no Capobianco, traduzido o texto para os idiomas castelhano e espanhol com a assistência de Priscila e visto encenação carioca, a autora se diz plenamente segura em ter entregado o texto a ele. “Os atores e eu ficamos espantados, porque ele sabe cada fala da peça de cor”, destaca a dramaturga.

Mario optou por uma montagem semelhante à da “tragicomédia absurda”, que coloca em xeque a loucura “oficial” de Eduardo e as loucuras menos explícitas dos seus dois irmãos. Projeções de letras sobre uma porta, objetos antigos e uma sonoridade estranha que oferece circuitos de tensão à peça são alguns dos elementos cênicos escolhidos por Mario.

Nascido na Argentina e radicado na Espanha, o ator e diretor tem um trabalho consistente nas artes cênicas e teve o caminho cruzado pelo diretor e dramaturgo Jose Sanchis Sinisterra, que chegou a considerá-lo um “ator fetiche”. Sobre a permanência no Brasil, ainda indefinida, Mario ressalta a paixão pelo país e, especificamente, por São Paulo, que considera a capital latino americana de teatro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Vida Dela
Com Sílvio Restiffe, Ernani Sanchez e Gabriela Flores.
Instituto Cultural Capobianco (R. Álvaro de Carvalho, 97 – Centro, São Paulo)
Duração 80 minutos
11/03 até 07/05
Sexta e Sábado – 21h; Domingo – 19h
$30
Classificação 12 anos
 
Dramaturgia: Priscila Gontijo.
Direção: Mário Vedoya.
Assistência de Direção: Lianna Matheus.
Cenografia e Desenhos de Luz: Rafael Souza.
Figurinos: Anne Cerrutti.
Trilha Sonora: André Damião.
Produção:Rosana Maris.
Assessoria de Imprensa: Arteplural Comunicação

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s