CASSINO DO CHACRINHA

Chacrinha estreou o seu Cassino, na rede Globo há 35 anos. Ficou seis anos no ar até junho de 1988, quando veio a falecer.

Criou vários bordões que se consagraram no tempo “Alô, Terezinha!”, “Quem não se comunica se trumbica”, “Eu não vim para explicar. Eu vim para confundir“, “Vocês querem bacalhau“, “Na televisão nada se cria, tudo se copia“, entre outros.

No seu Cassino, Chacrinha misturou de tudo um pouco: concurso, as chacretes, números musicais, calouros e brincadeiras sem muito pudor.

O Velho Guerreiro foi homenageado no espetáculo Chacrinha, o musical, que estreou no Rio de Janeiro em 2014. Foi depois para São Paulo e outras capitais. Os atores Leo Bahia e Stepan Nercessian interpretaram o comunicador.

Veja o início do 2o ato do musical, gravado na coletiva para a imprensa paulistana, no Teatro Alfa.