DISNEY ON ICE – FESTIVAL MÁGICO NO GELO

Entrando em um mundo de maravilhas, em que os heróis e os corações saem triunfantes, Mickey e seus amigos guiam o público por um universo onde a imaginação ganha asas e tudo pode acontecer. Adaptar para o gelo tantos momentos de inspiração dos filmes foi um grande e interessante desafio para a equipe de criação. Cheia de novidades, esta nova edição do Disney On Ice está mais especial, e com muitos efeitos visuais e interatividade com os personagens mais queridos da Disney. “É isso que torna Festival Mágico no Gelo diferente: selecionamos cenas que nunca havíamos feito antes e dedicamos o nosso tempo para os detalhes, para torná-las realmente especiais”, diz a diretora Patty Vincent.

A apresentação de A Pequena Sereia será mágica com um número de tecido acrobático. A sereia Ariel se transforma em um ser humano ao emergir do caldeirão da Úrsula e fica suspensa a mais de 10 metros acima do gelo, exibindo suas pernas novinhas em folha.

Cada aspecto de A Bela e a Fera é incrivelmente fora dos limites para estimular a imaginação do público a entrar na história. Gaston lidera uma multidão de aldeões com tochas com fogo de verdade para perseguir a Fera. Já os habitantes encantados do castelo ganham roupas com tecidos que se desdobram à medida que os artistas erguem os braços, acrescentando peças que ampliam as fantasias.

A icônica rosa vermelha é um espetáculo à parte. A flor é superdimensionada, com pétalas que caem de verdade. O cenário do castelo ganha uma forma caprichada, que dá a sensação de que ele é realmente vivo. Esses elementos de cenário, além de muitos outros, como o deslumbrante lustre que se ilumina à medida que desce; foram criados pelo designer de cenários Walt Spangler, nessa que é sua primeira produção Disney On Ice.

Spangler desenhou diversas peças que se apoiam no gelo para criar um cenário tridimensional, permitindo que os personagens interajam com ele, escalando e patinando sob os elementos. “O cenário não só precisa se destacar no gelo, mas também precisa criar um pano de fundo para cada uma das histórias”, argumenta Spangler. “Conseguimos fazer isso desenhando uma cortina austríaca que mascara o fundo e pode se erguer em seções, recolhendo o tecido a partir da ponta inferior.

Ao ser erguida e descida em seções, a cortina acrescenta uma presença de palco ao espetáculo no gelo. Ela pode ser aberta ou fechada a partir de qualquer uma das pontas para os personagens individuais, sem interromper a cena como um todo. Ela também amplia a tela em branco do gelo e assume os desenhos de iluminação do espetáculo. Isso fica especialmente evidente quando Rapunzel recebe calorosas boas-vindas em seu reino natal.

O cavalo Maximus trota para frente e para o centro à medida que todos se reúnem para saudar Rapunzel e Flynn com um grandioso número com bandeiras e lanternas. As luzes das lanternas flutuantes se refletem tanto no gelo quanto na cortina, que serve como pano de fundo para a cena. A combinação da cortina e do design da iluminação acrescenta profundidade à cena ao multiplicar as lanternas e fazê-las aparecer à distância no céu noturno.

A iluminação também tem um papel fundamental ao dar à produção uma sensação realmente mágica. Além de selecionar cuidadosamente os tons para colorir cada uma das histórias no gelo e na cortina, o designer de iluminação Sam Doty escolheu padrões de luz que empolgarão a plateia. “As cores realmente levam o público aos diferentes mundos das princesas, mas é o modo como as luzes são organizadas que comanda a atenção do público quando os personagens estão se apresentando”, explica Doty. “Por exemplo, quando as Filhas de Tritão são apresentadas, a iluminação destaca cada uma delas individualmente. Os olhos da plateia seguem os holofotes.”

Apesar de todo o aparato visual, a essência das histórias permanece a mesma. Os sonhos de Ariel são libertos do fundo do mar e, em um momento de magia, o Príncipe Eric quebra o encanto submarino de Úrsula para conquistar o seu verdadeiro e único amor. Rapunzel realiza o seu sonho de fugir da torre e ver as luzes flutuantes. Tiana comemora as suas ambições de ter um restaurante em Nova Orleans. Jasmine descobre um mundo totalmente novo com Aladdin. Branca de Neve encontra o seu verdadeiro e eterno amor. Esta linda apresentação também revela os desejos mais profundos de Cinderela e Bela.

Disney On Ice – Festival Mágico no Gelo” se encerra com um número de bastões de luz, com as estrelas da Disney reaparecendo para uma emocionante despedida.

Veja abaixo cenas de três números apresentados durante a coletiva de imprensa.

“Disney On Ice – Festival Mágico no Gelo”
Ginásio do Ibirapuera (Rua Manoel da Nóbrega, 1361 – São Paulo)
31/05 a 08/06
$70/$320
Quarta – 19h30; Quinta – 15h30 e 19h30; Sexta – 10h30, 15h30 e 19h30; Sábado e Domingo 11h, 15h e 19h
Classificação: Livre

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s