TONY AWARDS 2017

E a noite de ontem foi estelar para o sucesso da Broadway – “Dear Evan Hansen“. O musical foi o grande vencedor dos Tony Awards – seis prêmios: musical, ator (Ben Platt), atriz coadjuvante (Rachel Bay Jones), texto, trilha sonora e orquestração.

A atriz Bette Midler e seu espetáculo “Hello, Dolly!” foram os outros vencedores da cerimônia. Bette foi a vencedora na categoria de melhor atriz, e o musical ganhou ainda outros três prêmios – remontagem, figurino e ator coadjuvante (Gavin Creel).

Quem não se saiu tão bem, foi ““Natasha, Pierre & the Great Comet of 1812”. O musical liderava as indicações neste ano, mas só ganhou dois Tony Awards em categorias técnicas: cenário e luz.

O número de abertura teve tudo que é o esperado nas premiações. O anfitrião Kevin Spacey apresentou os cinco concorrentes ao título de melhor musical da noite, trocou várias vezes de figurino, brincou com os astros que estavam na plateia, e dançou com as “The Rockettes” (companhia de dança quase centenária que se apresenta em performances no Radio City Music Hall, que sediou a cerimônia de premiação).

Na hora de entregar o Tony de Melhor Musical, que foi coroar a noite do musical “Dear Evan Hansen“, Lyn-Manuel Miranda recebeu o envelope com o vencedor diretamente das mãos do Presidente dos Estados Unidos, Frank Underwood (“House of Cards”).

Segue abaixo a lista com os vencedores da noite de ontem.

CATEGORIA MUSICAL

MELHOR MUSICAL – “Dear Evan Hansen”

MELHOR REMONTAGEM – “Hello, Dolly!”

MELHOR TEXTO – “Dear Evan Hansen,” Steven Levenson

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL – “Dear Evan Hansen,” Music and Lyrics: Benj Pasek & Justin Paul

MELHOR ATOR – Ben Platt, “Dear Evan Hansen”

MELHOR ATRIZ – Bette Midler, “Hello, Dolly!”

MELHOR ATOR COADJUVANTE – Gavin Creel, “Hello, Dolly!”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – Rachel Bay Jones, “Dear Evan Hansen”

MELHOR DIREÇÃO – Christopher Ashley, “Come From Away”

MELHOR CENÁRIO – Mimi Lien, “Natasha, Pierre & the Great Comet of 1812”

MELHOR FIGURINO – Santo Loquasto, “Hello, Dolly!”

MELHOR DESENHO DE LUZ – Bradley King, “Natasha, Pierre & the Great Comet of 1812”

MELHOR COREOGRAFIA – Andy Blankenbuehler, “Bandstand”

MELHOR ORQUESTRAÇÃO – Alex Lacamoire, “Dear Evan Hansen”

CATEGORIA PEÇA

MELHOR PEÇA – “Oslo”

MELHOR REMONTAGEM – “Jitney”

MELHOR ATOR – Kevin Kline, “Present Laughter”

MELHOR ATRIZ – Laurie Metcalf, “A Doll’s House, Part 2”

MELHOR ATOR COADJUVANTE – Michael Aronov, “Oslo”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – Cynthia Nixon, “The Little Foxes”

MELHOR DIREÇÃO – Rebecca Taichman, “Indecent”

MELHOR CENÁRIO – Nigel Hook, “The Play That Goes Wrong”

MELHOR FIGURINO – Jane Greenwood, “The Little Foxes”

MELHOR DESENHO DE LUZ – Christopher Akerlind, “Indecent”

CATEGORIA ESPECIAL

TONY AWARD ESPECIAL PELA CARREIRA TEATRAL – James Earl Jones

TONY AWARD ESPECIAL – Gareth Fry e Pete Malkin, designers de som de “The Encounter”

TEATRO REGIONAL – Dallas Theater Center, Dallas

ISABELLE STEVENSON TONY AWARD – Baayork Lee

HONRARIA DO TONY PELA EXCELÊNCIA TEATRAL Nina Lannan e Alan Wasser

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s