ENTRE O TREM E A PLATAFORMA

Cenógrafo há mais de 20 anos, de extenso e premiado currículo – três vezes vencedor do prêmio Shell –, André Cortez apresenta seu primeiro trabalho como diretor no Centro Cultural São PauloEntre o Trem e a Plataforma faz apresentações com ingressos gratuitos aos domingos, terças, quartas e quintas, com sessões às 18h30 e 20h, até 28 de setembro.

O espetáculo é baseado no romance homônimo de Lucimar Mutarelli, que também elaborou a adaptação para o teatro, em parceria com Vana Medeiros.

Fusão de diferentes linguagens na busca de uma particular arquitetura cênica, o espetáculo narra a história de Laura, uma datilógrafa que, entre suas viagens de metrô, por recomendação psiquiátrica, preenche um caderno com manuscritos.

As atrizes convidadas Magiu Mansur, Marcella Vicentini e Renata Becker, da Faminta Cia. de Teatro – grupo formado a partir da montagem de “Tiros em Osasco”, procedente do Núcleo Experimental de Artes Cênicas do SESI-SP – , se desdobram na pele da protagonista, da sua mãe, da sua supervisora e da sua terapeuta.

Theatron: de onde se vê

Desde sua concepção, o projeto passou por várias modificações e transformações. “Trata-se de um livro transformado em dramaturgia teatral, que foi transformado em dramaturgia espacial, na tentativa de gerar uma experiência”, afirma André Cortez.

Quem nunca sonhou em ser mosquito para observar o fragmento de algum momento vivido por outrem sem ser visto? E se esse fragmento da realidade for, na verdade, um lugar comum, de onde podemos observar sem sermos vistos?”, provoca  Cortez. “Esse é o ponto de partida do projeto e de toda a arquitetura cênica criada, que possibilita que esse jogo aconteça.

Segundo Cortez,  sua primeira investida na direção se deve às diversas experiências como cenógrafo, acumuladas em duas décadas de carreira, e sobretudo à parceria de longa data com a mineira Yara de Novaes e outros importantes nomes do teatro brasileiro.

Sinopse

Laura é uma datilógrafa que tem uma rotina comum. Pressionada por mulheres que vivem ao seu redor, entre suas viagens de metrô, ela preenche um caderno com manuscritos, uma recomendação de sua terapeuta. A dramaturgia é baseada no romance homônimo escrito por Lucimar Mutarelli, que também elaborou a adaptação para o teatro, em parceria com Vana Medeiros.

 

Entre o Trem e a Plataforma_Patrícia Gouthier.jpg

Entre o Trem e a Plataforma
Com Marcella Vicentini, Magiu Mansur e Renata Becker
Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso, São Paulo)
10 a 28/09
Terça, Quarta e Quinta – 18h30 e 20h
(somente 10 lugares por sessão)
Entrada gratuita (retirada de ingressos 1 hora antes de cada espetáculo)
Classificação 16 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s