EXPERIMENTO ESPELHO

Em Experimento Espelho, o Núcleo Instável mergulha em uma investigação sobre a alma humana, a imagem, o tempo e as memórias, partindo do conto clássico “O Espelho – Esboço de uma nova teoria da alma humana”, de Machado de Assis. A peça, que contou com a orientação de Luiz Fernando Marques, mais conhecido como Lubi (do Grupo XIX de Teatro), estreia na Oficina Cultural Oswald de Andrade dia 1º de março de 2018.

A encenação é estruturada a partir de três planos narrativos. No primeiro, há três jovens montando uma peça e conversando com o público; no segundo, os atores narram a história de Jacobina, o protagonista do conto de Machado de Assis; e, no terceiro, é Jacobina quem narra uma história de seu passado. Para borrar os limites entre esses planos, os atores usam em cena tecnologias obsoletas e atuais, como câmeras, computadores, projetores, iluminação e trilha sonora.

No conto de Machado, diante de um espelho antigo, Jacobina entra em conflito entre o que ele acredita ser e o que os outros dizem a seu respeito, ou seja, são desmanchadas as diferenças entre o ser e a sua imagem. Na montagem, o que se desmancha é a percepção da realidade, do tempo e da ficção. As palavras de um jovem de 2018 se confundem com as do narrador machadiano e com as das próprias personagens.

Histórico

Trabalho inaugural do Núcleo Instável, o espetáculo foi desenvolvido ao longo de 2016 no Núcleo de Direção Teatral da Escola Livre de Teatro de Santo André, sob a orientação de Lubi. A peça teve abertura de processo na Casa Pelada – Espaço Cênico de Experiências e participação na mostra “Teatro de Contêiner Convida Lubi”, no Teatro de Contêiner da Cia Mungunzá.

SINOPSE

Em um espaço apinhado de objetos – algo entre um quarto bagunçado e um depósito de memórias de uma geração –, três atores se deparam com um conto de Machado de Assis. Confrontando as ideias do autor com suas próprias vivências, na busca de entender e encenar o conto, os jovens compartilham com a plateia não somente o conto em si, mas sua construção cênica nos dias de hoje. Utilizando tecnologias obsoletas e atuais, operando de dentro da cena câmeras, computadores, projetores, além da iluminação e trilha sonora do próprio espetáculo, os atores desmancham os limites entre os planos da narração machadiana, da realidade e da memória. O resultado é uma sobreposição de duas épocas, de dois Brasis: um reflexo incerto e perturbador – assim como aquele com o qual a personagem Jacobina, do conto de Machado, se depara no grande espelho da casa.

image001

Experimento Espelho
Com André Zurawski, Marcelo Moraes e Thomas Huszar
Oficina Cultural Oswald de Andrade (Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo)
Duração 70 minutos
01 a 30/03
Quarta, Quinta e Sexta – 20h
Grátis (distribuídos uma hora antes de cada sessão)
Classificação 14 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s