BESOURO MUTANTE

Encerrando o projeto de circulação em parques da cidade, o Grupo Namakaca apresenta o espetáculo Besouro Mutante no Parque Piqueri, na Rua Tuiuti, 515, no Tatuapé, Zona Leste, dia 29 de abril, domingo, às 11h, com entrada gratuita.

Formado pelos artistas circenses Cafi OttaDu Circo e Montanha Carvalho, o Grupo Namakaca  foi criado em 2004 com a proposta de ampliar, contribuir e preservar os horizontes da linguagem do palhaço e das artes do circo. Desde então, criaram 7 espetáculos:  É Nóis na XitaZé PreguiçaBesouro MutanteO OmeleteCarlos Felipe em ApurosQuebrando a Bacia e o mais recente espetáculo, O Pavão Misterioso.

Em Besouro Mutante, três vendedores charlatões rodam o mundo divulgando seu incrível produto: o Elixir Besouro Mutante, uma bebida milagrosa capaz de resolver todos os males, físicos e psíquicos. A prova da sua eficácia é a transformação do fusca 73, antes conhecido como Tétano, em uma máquina incrível.

Utilizando suas habilidades circenses, os três caixeiros viajantes tentam convencer a plateia dos poderes de seu produto, transformando até mesmo os próprios espectadores, que descobrirão habilidades que nem imaginavam ter.

Nosso estímulo para este projeto vem ao encontro com tudo de inusitado que podemos oferecer ao público, e também pelo desejo de interferir em locais onde, comumente, os frequentadores não encontram manifestações artísticas”, explica Cafi Otta.

Comemorando 14 anos de trabalho continuo de pesquisa, o trio foi contemplado com o Edital de Apoio a Criação Artística – Linguagem Circo, da Secretaria Municipal de Cultura. O espetáculo passou pelo Parque da Independência (Ipiranga), Parque da AclimaçãoParque Jardim da Luz (Bom Retiro); Parque Raul Seixas (José Bonifácio) e Parque Vila Guilherme (Vila Maria). Além da circulação, o grupo faz uma mostra de repertório no Circo do Beco (até 1º de maio) e diversas atividades formativas com oficinas de malabarismo e de iniciação circense para adultos e crianças.

Besouro Mutante_2691_foto Sassá Tamashiro.jpg

Besouro Mutante
Com Grupo Namakaca
Parque Piqueri (Rua Tuiuti, 515 – Tatuapé, São Paulo)
Duração 50 minutos
29/04
Domingo – 11h
Grátis
Classificação Livre

A BRUXA MORGANA CONTRA O INFALÍVEL SENHOR DO TEMPO

A Bruxa Morgana, há anos, conquista os corações de crianças, jovens e adultos, por meio da televisão (Castelo ­ Rá ­ Tim ­ Bum) e  dos espetáculos  que conduzem as crianças à jornadas lúdicas de muitas aventuras e cultura. Desta vez, a Bruxa Morgana  comemora seu aniversário bruxesco junto com as crianças, em uma grande festa. Porém, terá um grande desafio pela frente, um conflito antigo com Khronus, o Deus do Tempo, que será solucionado com a ajuda de personagens históricos e da família da bruxa.

O público será convidado a participar de uma grande celebração, onde as crianças da plateia que estarão de aniversário, também serão agraciadas com o “Parabéns a Você”. O espetáculo une cultura, história, aventura, mistério, desenvolvendo a sensibilidade, o conhecimento e valores humanos de fundamental importância como: companheirismo, solidariedade, amor e união.

Rosi Campos e o Teatro Grafitti Produções desenvolvem espetáculos da Bruxa Morgana, como A Saga da Bruxa Morgana e o Enigma do Tempo, de Cláudia Borioni, Bruxa Morgana e a Criação do Mundo e Bruxa Morgana e a Família Real. A feiticeira mais amada do Brasil tem espaço garantido no coração das crianças, jovens e adultos, perpassando gerações.

img03-big.jpg

A Bruxa Morgana Contra o Infalível Senhor do Tempo
Com Rosi Campos, Ana Guasque, Pedro Brandi, Cleber Tolini, Suzan Damasceno e  Tadeu Di Pietro.
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo)
Duração 75 minutos
09/06 a 29/07
Sábado e Domingo – 15h
$40/$50
Classificação Livre

BUDA

A história mítica do príncipe Sidarta, que há 2.500 anos alcançou a Iluminação e se tornou Buda, é apresentada com música ao vivo pelos 11 artistas-narradores da premiada Banda Mirim. O musical, fruto de três anos de pesquisa, trata com humor e leveza sobre o despertar para o outro, a superação do pensamento e a busca pelo autoconhecimento.

Segundo a tradição, Sidarta foi concebido pelo Espírito da Verdade, que desceu a Terra sob a forma de elefante branco. Gurus previram seu destino, mas seu pai, o Rei Sudodana, queria que o filho seguisse seus passos e durante 29 anos escondeu de Sidarta o sofrimento e as misérias do mundo. Confinado pelos muros do palácio, desfrutou então de uma infância e adolescência de prazeres intermináveis.

Certa noite, porém, sua grande descoberta tem início quando foge para conhecer a cidade, o lado real da vida. A dura realidade da existência, marcada pela velhice, doença e morte fazem Sidarta mudar totalmente seu pensamento. O encontro com o Outro é o começo do encontro consigo mesmo. Naquele momento, decide cortar os cabelos, vestir-se com os trapos do desapego e partir em busca de um caminho que acabe com a eterna roda do sofrimento humano.

Com músicas inéditas e uma intensa pesquisa sonora para a trilha ao vivo, que mescla ritmos afros, orientais e nordestinos, a Banda Mirim canta e toca em cena mais de 30 instrumentos diferentes, entre uma variada percussão, sopros, sanfona, violão, kalimba, guitarra, viola e eletrônicos, como wave drum, criando um espetáculo que envolve toda a família.

Buda
Com Banda Mirim – Alexandre Faria, Cláudia Missura, Edu Mantovani, Lelena Anhaia, Luciana Araujo, Nina Blauth, Nô Stopa, Olivio Filho, Simone Julian, Tata Fernandes e Thiago Amaral.
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo)
Duração 60 minutos
26/05 até 03/06
Sábado e Domingo – 15h
$40/$50
Classificação Livre