FEDRA

A versão clássica do autor francês Jean Racine (1639-1699) para a tragédia grega Fedra, escrita originalmente por Eurípides, ganha uma nova encenação com direção de Roberto Alvim. O espetáculo estreia em 4 de maio no teatro do Sesc Pompéia, onde segue em cartaz até o dia 27 desse mês, com sessões de quinta a sábado, às 21h, e aos domingos, às 18h.

A tragédia é o mito da insurreição feminina contra o poder e as regras sociais. Na trama, Fedra (interpretada por Juliana Galdino, vencedora do Prêmio Shell de melhor atriz por “Medéia”) é casada com o rei Teseu. Ela se apaixona por Hipólito, filho de seu marido. Quando Teseu é declarado morto na guerra, Fedra cria coragem e declara seu amor por seu enteado. Mas Teseu retorna e, ao descobrir a paixão incestuosa de sua esposa por seu filho, precipita uma série de eventos que conduzem o reino à catástrofe.

Obra suprema do espírito humano, Fedra é a tragédia que brota de nosso medo mais terrível: o de nos apaixonarmos por aquilo que a sociedade, com sua leis e regras, não nos permite. A peça propõe uma discussão sobre a sexualidade feminina e sua dissonância em relação aos papéis sociais de mãe, esposa, cidadã, etc.

O texto de Racine, escrito na França em 1677, imortalizou-se na História do Teatro, tendo sido encenado por alguns dos maiores diretores contemporâneos. A grande montagem brasileira foi realizada por Augusto Boal e protagonizada por Fernanda Montenegro em 1986.

SINOPSE

Fedra é casada com o rei Teseu. Ela se apaixona por Hipólito, filho de seu marido. Quando Teseu é declarado morto na guerra, Fedra cria coragem e declara seu amor por seu enteado. Mas Teseu retorna e, ao descobrir a paixão incestuosa de sua esposa por seu filho, precipita uma série de eventos que conduzem o reino à catástrofe. Fedra é o mito da insurreição feminina contra o poder e as regras sociais.

_W0A9111©edson kumasaka 2018.jpg

Fedra
Com Juliana Galdino, Caio D’Aguilar, Luis Fernando Pasquarelli,Christian Malheiros, Nathalia Manocchio, Luiz Otávio Vizzon e Victoria Reis
Sesc Pompéia (Rua Clélia, 93 – Pompéia, São Paulo)
04 a 27/05 (não haverá sessão 10/05)
Quinta, Sexta, Sábado – 21h, Domingo – 18h
$30 ($9 – credencial plena)
Classificação 16 anos

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s