IV PRÊMIO REVERÊNCIA

A próxima edição do Prêmio Reverência terá ingressos gratuitos distribuídos a partir das 19h (duas horas e meia antes do início), no dia 13 de novembro, no Teatro Alfa. A noite será apresentada por Tiago Abravanel e contará com números musicais inéditos, preparados especialmente para a ocasião, além de apresentação de cenas de vários musicais indicados nas 15 categorias da premiação. O evento é uma realização da AR e do Ministério da Cultura e conta com o patrocínio do BTG Pactual Digital, que pelo segundo ano seguido apoia essa celebração da classe e dos musicais no Brasil.

Após se consolidar no cenário cultural brasileiro em três prestigiadas edições, o Prêmio Reverência de Teatro Musical inicia uma nova fase em seu quarto ano consecutivo. A grande novidade é a criação de uma Academia, responsável por indicar e eleger os premiados. Foram convidados para o novo júri, entre artistas já indicados ao Reverência, veteranos consagrados, produtores e jornalistas especializados.

‘O Prêmio Reverência nasceu do desejo genuíno de valorizar a classe do teatro musical brasileiro, reverenciar nossos talentos e criar mais oportunidades de visibilidade. Com novas vozes, engajadas e atuantes, reforçamos nossas escolhas passadas e também a crença de que ninguém melhor do que a própria classe para votar nela mesmo. É uma iniciativa para promover ainda mais união no meio e dar total protagonismo a quem dedica seu dia-a-dia à arte de fazer musical no Brasil’, ressalta Antonia Prado, idealizadora do Prêmio Reverência, ressaltando que o processo de votação continua com a supervisão da auditoria Ecovis Peemon e que os envolvidos não podem votar na categoria que concorrem. ‘Sempre tivemos como meta conquistar a credibilidade do meio, ao sermos reconhecidos como uma premiação transparente, correta e referência no mercado’, diz.

A lista de finalistas foi marcada pelo equilíbrio. Entre os 35 espetáculos que concorrem neste ano, ‘Cantando na Chuva’ lidera com 11 indicações, enquanto três musicais empatam com 10: ‘Romeu e Julieta’, ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’ e ‘Peter Pan’. ‘Bibi, uma Vida em Musical’, ‘Elza’ e ‘Pippin’ tiveram nove indicações cada um.

As montagens que completam a lista seguem ‘Hebe, O Musical’ (4), ‘O Fantasma da Ópera’ (2), ‘A Pequena Sereia’ (2), ‘Se Meu Apartamento Falasse…’ (2), ‘O Som e a Sílaba’ (2) e ‘Dançando no Escuro’ (2). ‘A Vida Não É Um Musical’, ‘Cargas D’Água’, ‘Os Produtores’, ‘O Nome do Espetáculo’ e ‘Dois Filhos de Francisco’ completam a lista, com uma indicação cada.

A Categoria Melhor Espetáculo Voto Popular está aberta a todos e disponível para votação no site da premiação, a partir de hoje. Esta categoria contempla todos os 35 musicais inscritos nesta temporada.

Outra novidade é o lançamento da categoria Melhor Ensemble, valorizando o coro dos musicais, sempre tão importante e pouco lembrado nas premiações.

A cerimônia continuará no mesmo formato dos outros anos, com a apresentação ao vivo de trechos dos principais musicais indicados, além de números criados especialmente para a ocasião. Como acontece desde a sua criação, a festa se reveza entre Rio de Janeiro e São Paulo, pois este é o único prêmio que contempla espetáculos que estrearam nas duas cidades.

CARMEN (1)

Sobre o Prêmio Reverência

Nas últimas duas décadas, o Teatro Musical Brasileiro ressurgiu com força, numa espécie de renascimento do gênero. Entre franquias de musicais estrangeiros, adaptações, produções originais e biografias, o cenário possibilitou a formação de um novo público e de muitos profissionais especializados no gênero.

A primeira edição do Prêmio Reverência aconteceu em agosto de 2015, no Hotel Fasano do Rio de Janeiro, sob comando de Heloísa Périssé. A cerimônia teve números musicais de Malu Rodrigues, Thiago Machado e Totia Meireles e premiou espetáculos como ‘Samba Futebol Clube’, ‘Os Saltimbancos Trapalhões’ e ‘Elis, a Musical’.

No segundo ano, a Cerimônia de Premiação ocupou o Teatro Alfa, em São Paulo, onde foram reproduzidas cenas dos principais indicados. Apresentada por Daniel Boaventura e Totia Meireles, a noite contou ainda com números inéditos e especialmente criados para a ocasião, como na homenagem para Marília Pêra, interpretada por Totia, Daniel, Laila Garin, Leticia Colin e Sandra Pêra. Os principais premiados foram ‘Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera’ e ‘Urinal, O Musical’. A cerimônia foi transmitida pelo Canal Bis, da Globosat.

Para manter o revezamento de cidades, o Reverência voltou ao Rio de Janeiro no ano passado e tomou conta do palco do Teatro Bradesco (RJ), agora com transmissão ao vivo no Canal Bis e apresentação de Tiago Abravanel e Lucio Mauro Filho.

4º PRÊMIO REVERÊNCIA DE TEATRO MUSICAL
Dia 13 de novembro, às 21h30 (entrada na sala até 21h)
TEATRO ALFA (Rua Bento Branco de Andrade Filho, 772)
Ingressos distribuídos no local a partir de 19h (por ordem de chegada para os 100 primeiros da fila)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s