EPIFANIA

A Intuição Companhia de Ballet faz única apresentação do espetáculo Epifania, no dia 31 de outubro, ás 21h, no teatro Gazeta.  Em cena 10 bailarinos e trilha ao vivo com a pianista Rosely Chamma. A coreografia é assinada por Vinícius Anselmo, também diretor da Companhia.

Epifania do grego “epiphanéia“, podendo ser traduzido literalmente como manifestação” ou apariçãoé uma súbita sensação de entendimento ou compreensão da essência de algo, também pode ser um termo usado para a concretização de um sonho com difícil realização. O termo é usado nos sentidos, filosófico e literal, para indicar que alguém “encontrou finalmente a última peça do quebra-cabeça e agora consegue ver a imagem.

O propósito de movimento é resgatar a beleza e virtuose de saltos, giros e linhas do ballet clássico em um corpo do século XXI, com uma nova roupagem de vivência e bagagem da dança contemporânea, nesse contexto a pesquisa corporal inclui sincronismo aplicado em movimentos com desarticulação, quebra de linha de rigidez e técnica de chão, dentro de um padrão de continuidade anatômica. Assim, as sapatilhas de ponta se tornam ferramenta para a dança contemporânea.

O cenário é composto por 27 portas brancas com suas respectivas fechaduras, que conforme se encaixam, criam um desenho abstrato com formas e intenções diversas que representam as portas para captação de estímulos externos e acesso interno individual de cada pessoa.

A obra carrega consigo a proposta de investigar os processos pelos quais a epifania, no sentido filosófico, é alcançada, não apenas para compreender a súbita sensação de entendimento em si, mas, especificamente, quando ela se dá com o foco na origem e nos porquês da vida humana.

O coreógrafo reúne o material da pesquisa teórica sobre epifania, juntamente com a técnica clássica, resgatando o virtuosismo e estética, a dança contemporânea e textura, fazendo com que todos esses elementos direcionem a ambientação cenográfica, a movimentação, o formato e a atmosfera da obra.

O desejo é de se comunicar com o público, criar um canal onde as experiências de palco sejam uma troca entre bailarinos e platéia. O intuito é que toda a pesquisa da obra seja experienciada junto aos expectadores.

Epifania é o momento efêmero de súbita compreensão da existência no mundo através de instantes no qual o indivíduo consegue ancorar sua consciência no momento presente, aprimorar os sentidos, e se sentir mais vivo.

FACE

Epifania

Com Alessandro Mesquita, Bruno Lobo, Diana Rosa, Felipe Guedes, Jeison Lopes, Márcio Vittorino, Mariana Massoneto, Nathália Massa, Tayanne Zandonato e Thalita Falk

Teatro Gazeta (Av. Paulista, 900 – Bela Vista, São Paulo)

Duração 50 minutos

31/10

Quinta – 21h

$60

Classificação Livre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s