MUSICAL SOBRE AYRTON SENNA RODA POR RIO E SÃO PAULO

Uma caravana composta por um caminhão-palco exclusivo, além de outros veículos de produção, repletos de artistas se prepara para pegar a estrada pelo interior do país. A Stone, fintech de serviços financeiros, selou uma parceria com a Tenente Mendes e a Aventura, na qual fundaram uma nova companhia de teatro. Uma plataforma itinerante se apresentará a partir de novembro nas cidades de São José dos Campos, Taubaté e Guaratinguetá, em São Paulo, além de Resende e Volta Redonda, no Rio de Janeiro. O projeto é apresentado pelo Ministério da Cidadania e Stone, com produção da Tenente Mendes e coprodução Aventura.

A Stone sempre teve como um de seus grandes diferenciais a atenção e foco em ajudar pequenos e médios empreendedores do interior do Brasil a vender mais e gerir melhor o seu negócio para crescer sempre. Esse mesmo pensamento nos fez escolher essas cinco cidades que sempre nos acolheram para começarmos esse projeto grandioso, que levará cultura, entretenimento e lições de empreendedorismo”, explica Augusto Lins, presidente da Stone.

Em praças de cada cidade, um caminhão se transformará em palco com tecnologia de elevação de teto e estrutura impecável de iluminação e som para apresentação do espetáculo biográfico inédito “Ayrton Senna – O Musical”. Com dramaturgia de Ana Velloso e direção de Sérgio Modena e Gustavo Wabner, o musical conta a história de vida de um dos maiores pilotos de Fórmula 1 de todos os tempos, embalado por grandes nomes da música brasileira, como Roberto Carlos, Milton Nascimento, Seu Jorge, Paralamas do Sucesso e Caetano Veloso. “A história do Ayrton Senna irá inspirar a todos com sua determinação e resiliência, características essenciais, principalmente para donos de negócios”, conclui Augusto.

A cada semana, a partir do dia 01 de novembro, uma cidade diferente irá receber a Cia. Stone de Teatro, onde serão realizadas quatro apresentações gratuitas, sendo que uma delas será exclusiva para escolas da região.  Durante o final de semana, também serão oferecidas atividades para crianças, como contação de histórias e cinema, com filmes sobre o Senninha. Outro destaque serão os workshops de canto, dança e interpretação, com Reiner Tenente (coordenador pedagógico do projeto) e produção cultural, com Anita Carvalho, oferecendo oportunidades de aprendizados com nomes renomados do mercado de entretenimento. Boas risadas também não vão faltar. Durante a programação estão previstas sessões de stand up com Nelson Freitas, ator, produtor e humorista com 35 anos de carreira.

Sobre “Ayrton Senna, o musical”:

“Ayrton Senna – O Musical” é uma nova montagem, com texto de Ana Veloso, direção de Sérgio Modena e Gustavo Wabner, direção de movimento e coreografia de Roberta Serrado, direção musical de Tony Lucchesi e Cláudia Elizeu e figurino de Karen Brustolin. O elenco é formado por 12 atores/cantores/ dançarinos: Alex Martins, Alina Cunha, Ana Lobo, Augusto Volcato, Caio Lisboa, Gustavo Fagundes, Joana Mendes, Mateus Penna Firme (que interpretará o piloto), Reiner Tenente, Rhuan Santos, Sarah Plutarcho e Vitor Louzada.

A história do brasileiro Ayrton Senna, tricampeão mundial de Fórmula 1, o levou a ser reconhecido como um dos maiores pilotos de todos os tempos, herói nacional e ídolo internacional. A vida desse campeão, mundialmente consagrado, promete encantar a todos, com o elenco de novos talentos cantando clássicos da MPB, como “Johnny Furacão”, de Erasmo Carlos, “Eu Sou Terrível” (de Roberto e Erasmo) e “Calhambeque” (de Roberto Carlos). Não faltará também a música preferida do piloto, cantada por Bituca, “Canção da América”.

Outros clássicos da nossa música também poderão ser entoados pelas plateias que lotarem as praças, como “Tempo Rei” e “Andar com Fé”, de Gilberto Gil, “Coragem”, sucesso na voz de Diogo Nogueira, “Desesperar Jamais”, de Ivan Lins, “Alma de Guerreiro”, de Seu Jorge, “Velocidade”,  que foi cantada pelo Jota Quest, “Será que vai chover”, hit dos Paralamas do Sucesso e “Oração ao Tempo”, de Caetano Veloso, ajudam a abrilhantar a trilha sonora desse espetáculo musical, que promete emocionar a todos.  Não poderá faltar ainda o “Tema da Vitória”, com direito a imagens da primeira vitória de Ayrton Senna no Brasil.

FACE (1)

Cidades e datas:

São José dos Campos (SP) – 01 a 03 de novembro

Taubaté (SP) – 08 a 10 de novembro

Guaratinguetá (SP) – 15 a 17 de novembro

Resende (RJ) – 22 a 24 de novembro

Volta Redonda (RJ) – 29 de novembro a 01 de dezembro

Programação

Sexta-feira

Abertura

15H – Ayrton Senna, o musical – espetáculo especial para escolas

20H – Ayrton Senna, o musical – estreia para o público

Sábado

14H – Início das atividades infantis

15H – Cine Senninha

16H – Workshop produção cultural: Anita Carvalho

17H – Contação de histórias: Senninha

18H – Stand-up: Nelson Freitas, com Vida de Artista

20H – Ayrton Senna, o musical

Domingo

10H     – Início das atividades infantis

             – Workshop canto

11H     – Cine Senninha

11H30 – Workshop Dança

12H30 – Contação de histórias: Senninha

14H      – Cine Senninha

14H30  – Contação de histórias: Senninha

              – Workshop Interpretação

17H      – Show de artista local

19H      – Ayrton Senna, o musical

WAKATTA-GENSÔ

Mesmo falado em japonês durante os 50 minutos de duração de Wakatta-Gensô, o espetáculo vai ser entendido por crianças e adultos. A criação do grupo Oculto do Aparente reestreia dia 2 de novembro para temporada até 1º de dezembro no Teatro Alfa aos sábados e domingos, às 17h30. A nova montagem do grupo vem depois de Wakatta-Tejina: Mágica e Japão, montada pela companhia em 2018.  Wakatta (que significa entendi na língua japonesa) nasceu como uma performance, apresentada em japonês, com o ator Célio Amino empurrando um carrinho de chá, enquanto oferecia números de mágica. Chegou a ser apresentado no Sesc Belenzinho, durante uma edição da Virada Cultural, há quatro anos. Depois ganhou corpo e transformou-se em um espetáculo de mágica.

A nova versão de Wakatta,  Wakatta-Gensô , reúne 15 números de mágicas e um conceito delineado em referências a elementos da cultura japonesa, como o mangá Naruto, a tecnologia, o estilo Wazuma de mágica, o Teatro Nô e o Kabuki, mas combinados de uma maneira muito diferente do que os japoneses fariam.  “Todos  combinados de uma maneira bem diferente dos costumes japoneses“, informa o ator e criador Célio Amino.  Em japonês, Gensô, quer dizer fantasia, ilusão. “Usa-se esta palavra para dizer, por exemplo, que a realidade é ilusória. Wakatta-Gensô, além de ser um espetáculo de mágica falado em japonês, há uma segunda camada, refletindo sobre a natureza do que é diferente, usando como ponto de referência a peça de teatro Nô Takasago“, explica Célio Amino .

Será que aquilo que é diferente é uma forma de ilusão? E de que tipo, pois sabemos que a diferença existe em algum nível. Um trecho de Takasago é tradicionalmente cantado nos casamentos japoneses, pois conta a história de dois  pinheiros diferentes, um que um está na baía de Takasago e outro na baía de Suminoe, e que, apesar de diferentes, formam algo único: Aioi-no-Matsu. Para mostrar a própria diferença do Japão, Wakatta- Gensô tem também dois personagens tirados de tradições japonesas antagônicas, o Kabuki e o Teatro Nô.

No palco, Amino – o intérprete do personagem Amino-san, o mágico que só fala japonês – ganhou o apoio de mais uma colaboradora. Interpretado por Luciana Beloli, o novo personagem é inspirado no Teatro Nô. O papel de Luana Tonetti bebe na fonte do Teatro Kabuki.  “Esta mudança faz com que o espetáculo ganhe um novo sentido, reforçando sua vocação para mostrar a diversidade, mesmo dentro de um país pequeno como o Japão.” Célio comenta que vai apresentar números originais de mágica que surpreenderão até mesmo os mágicos profissionais.

Em um espetáculo de mágica para toda a família, a diferença de línguas, paradoxalmente, é usada de maneira criativa para mostrar que a comunicação é algo muito mais amplo“, fala Amino.  Apesar de Amino-san não falar português, todos o entendem. Esta é a grande mágica do espetáculo. Só não entendem como ele faz seus belos números de mágica. Mas Amino-san guarda outro grande segredo. Será que você é capaz de descobri-lo?” Apesar de Amino-san não falar português, todos o entendem. Esta é a grande mágica desta apresentação. Só não entendem como ele faz seu belos números de mágica. Mas Amino-san guarda um guarda um grande segredo. Será que você é capaz de descobri-lo?

FACE

Wakatta-Gensô

Com Célio Amino, Luana Tonetti e Luciana Beloli

Teatro Alfa – Sala B (R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro, São Paulo)

Duração 50 minutos

02/11 até 01/12

Sábado e Domingo – 17h30

$40

Classificação 6 anos