OS PALHAÇOS DE “CHAVES – UM TRIBUTO MUSICAL”

Precisamos falar sobre “Chaves – um tributo musical”. Mas, mais precisamente sobre os palhaços do musical.

A produtora Adriana Del Claro, em parceria com a Move Concerts, uniu-se novamente aos diretores Zé Henrique de Paula e Fernanda Maia (“Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812”, “Carrossel, o Musical”) para montar uma história original para este menino órfão, que vive numa vila junto com seus amigos.

Mas como fazer para criar algo que unisse os personagens de Chaves com o público brasileiro?

Bem, como Roberto Bolaños era um clown (palhaço), e temos na nossa história a figura do circo e de vários palhaços icônicos, nada melhor do que trazê-los novamente para o picadeiro.

(Linda e merecida homenagem para eles que nos fizeram e fazem rir – Arrelia, Pimentinha, Carequinha, Piolin, Torresmo, Atchim e Espirro, Patati e Patatá, entre tantos. A homenagem do musical se estende na canção “Nome de Palhaço”.)

Liderando a trupe, temos Benjamin de Oliveira, o primeiro palhaço negro brasileiro (1870 – 1954). Foi um artista completo (ator, compositor, cantor e palhaço), além de ser o idealizador e criador do primeiro circo-teatro no país.

No musical, o personagem Benjamin é o líder do palhacéu, onde residem também outros sete palhaços: Formiga, Paçoquinha, Patinete, Tatuzinho, Tufo, Wladimir e Dr. Zambeta. Cada ator deu vida ao seu personagem, com características peculiares, como jeito de andar e falar. Eles são o elo de ligação da história entre o personagem de Roberto Bolaños e as suas criações.

Eles me trouxeram um ar de recordação da infância. Uma memória ‘proustiana’ involuntária da criança que pôde ir ao circo, brincar na rua, ser livre (e não trancada em casa e presa no celular). Pedido de um fã – Zé Henrique e Fernanda, desenvolvam um novo espetáculo para estes ‘nossos palhaços’ (já fazem parte da história ‘palhacesca’ brasileira – se há clownesco, há palhacesco também). Com certeza, eles – e a gente – merecem.

Chaves e toda sua turma despedem-se em breve do público. Vá levar a criança que há em si para se divertir. Não se arrependerá. Lembrando que os palhaços do palhacéu só podem ser vistos na Terra por anjos. Temos certeza que você conseguirá vê-los!

FACE

Chaves – um Tributo Musical

Com Mateus Ribeiro, Andrezza Massei, Patrick Amstalden, Maria Clara Manesco, Fabiano Augusto, Carol Costa, Diego Velloso, Pedro Arrais, Ettore Veríssimo, Milton Filho, Maurício Xavier, Larissa Landim, Nay Fernandes, Dante Paccola, Davi Novaes, Lucas Drummond, Marcelo Vasquez, Thiago Carreira e Bia Freitas.

Teatro Opus – Shopping Villa Lobos (Av. das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros – São Paulo)

Duração 120 minutos (com 15 minutos de intervalo)

10 a 01/03

Sábado – 16h e 20h, Domingo – 16h

$75/$140

Classificação Livre