MATEUS RIBEIRO ‘CALÇA QUADRADA’

Após a cerimônia de entrega do IV Prêmio Reverência, a produtora Renata Borges (“Touché Entretenimento”) fez uma postagem, parabenizando Mateus Ribeiro por ter ganho o prêmio de melhor ator por “Peter Pan, o Musical da Broadway“.

Mas o que mais nos chamou a atenção – além de também termos ficado contentes pela conquista de Mateus – foram as últimas linhas: “…você já é meu outro protagonista. Em uma terra não muito distante. Onde o sol brilha e onde as bolhas são constantes…“.

Só uma coisa nos veio a cabeça – Mateus interpretará o personagem título do musical “SpongeBob Square Pants” (“Bob Esponja Calça Quadrada”). E não é que seria perfeito para ele – mais um papel onde o ator e personagem fundem-se?

O que nos resta agora, é aguardar as próximas notícias… mas estamos torcendo para que seja verdade!

Criado pela diretora Tina Landau, o musical estreou no Palace Theatre (Nova Iorque) em dezembro de 2017, ficando em cartaz até setembro de 2018. Para o ano que vem, está programada uma turnê pelos Estados Unidos.

A trilha sonora foi criada por estrelas da música internacional, como 
Steven Tyler eJoe PerrySara BareillesJohn LegendThe Flaming LipsCyndi LauperPanic! At the Disco e também David Bowie.

O musical é baseado no famoso desenho animado da Nickelodeon. Conta a história de Bob Esponja e toda a turma da Fenda do Bikini, que juntos enfrentam a destruição de seu mundo submarino. O caos toma conta de todos, quando aparece um herói inesperado, provando que poder do otimismo pode salvar o mundo de verdade.

Abaixo, um vídeo da apresentação do elenco americano durante a parada anual de Ação de Graças, patrocinada pela loja de departamentos Macy’s.

TOCA LULU E RAUL!

Lulu Santos e Raul Seixas. Estes são os próximos cantores/compositores que terão suas canções levadas para o Teatro Musical.

Para o próximo ano, a Aventura Entretenimento tem previsto a estreia de “O Meu Destino é Ser Star“, com músicas de Lulu Santos; e “Merlin – Sinfonia de Lenda e Magia“, com repertório de “Raul Seixas.

O primeiro título é uma uma comédia musical, que trata da construção de um espetáculo em teatro musical. O musical contará a história de atores, que buscam pelos seus lugares ao sol, durante o processo de audições, aspirando o estrelato (relação com o nome do musical).

O elenco é composto por dez atores. São eles: Myra Ruiz, Gabriel Falcão, Jéssica Ellen, Helga Nemeczyk, Victor Maia, Carol Botelho, Marina Palha, Mateus Ribeiro, Ana Elisa Schumacher e Leonardo Senna.

“O Meu Destino é Ser Star” terá a direção de Renato Rocha (“Ayrton Senna – o Musical”), direção musical de Zé Ricardo, e Victor Maia na direção de movimentos e coreografias. A estreia será no dia 19 de janeiro, no Teatro Riachuelo (Rio de Janeiro)

Merlin – Sinfonia de Lenda e Magia” terá a concepção e direção de Guilherme Leme Garcia (“Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte”).

Guilherme escolheu as canções de Raul Seixas para contar a história do personagem mítico bretão, conselheiro do Rei Arthur. O processo de audição está em andamento, e a estreia ainda não teve sua data marcada.

(fonte – Teatro em Cena)

 

OVO (CIRQUE DU SOLEIL)

O Cirque du Soleil volta ao Brasil em 2019 com o espetáculo OVO, dirigido por Deborah Colker, depois de passar pela América do Norte e Europa, nos últimos dois anos. Em curta temporada pelo país, o show irá passar por Belo Horizonte, de 07 a 17 de março, no Ginásio Mineirinho; Rio de Janeiro de 21 a 31 de março, na Jeunesse Arena; Brasília de 05 a 13 de abril, no Ginásio Nilson Nelson; São Paulo de 19 de abril a 12 de maio, no Ginásio do Ibirapuera.

Após emocionar mais de 5 milhões de pessoas por todo o mundo, desde que estreou em Montreal em 2009 como um show de tenda, OVO embarcou em uma nova jornada. Realizando a mesma produção cativante, apresentada de forma inédita no país em arenas, o espetáculo dá a oportunidade para que pessoas de diversas capitais possam assistir a um espetáculo do Cirque du Soleil.

A produção é amplamente inspirada na cultura brasileira, repleta de cores e com uma trilha musical bastante rica, passeando por ritmos típicos como a bossa nova, samba, xaxado, funk, entre outros. Tudo, claro, com muita percussão.

SOBRE O ESPETÁCULO OVO

Quando um ovo misterioso aparece em seu habitat, os insetos ficam maravilhados e intensamente curiosos sobre esse objeto icônico que representa o enigma e os ciclos de suas vidas. É amor à primeira vista quando um inseto desajeitado e peculiar chega nessa comunidade movimentada e se depara com uma joaninha fabulosa.

OVO é um mergulho em um ecossistema colorido e repleto de vida, onde os insetos trabalham, comem, rastejam, flutuam, brincam, brigam e buscam pelo amor em uma farra sem fim, cheia de energia e movimento. O universo dos insetos é um mundo de biodiversidade e beleza, cheio de ruídos e momentos de emoção silenciosa. O elenco de OVO é composto por 50 artistas de 14 países, incluindo quatro brasileiros, especializados em diversas acrobacias.

OVO transborda de contrastes. O mundo oculto e secreto aos nossos pés é revelado de maneira tenra e tórrida, barulhenta e silenciosa, pacífica e caótica. E quando o sol nasce em um novo e belo dia, o ciclo vibrante da vida dos insetos recomeça.

OVO é um símbolo atemporal do ciclo da vida e nascimento de numerosos insetos que sustentam a trama subjacente do show. Em sua criação gráfica, o logotipo com o nome do espetáculo remete à figura de um inseto: As duas letras “O” representam os olhos, enquanto da letra “V” saem duas pequenas antenas.

O Time Criativo por trás do mundo de OVO é: Guy Laliberté e Gilles Ste-Croix (Guias Artísticos); Deborah Colker, primeira diretora mulher no Cirque du Soleil (Autora, Diretora e Coreógrafa); Chantal Tremblay (Diretora de Criação); Gringo Cardia (Designer de cenário e adereços); Liz Vandal (Figurinista); Berna Ceppas (Compositor e Diretor Musical); Éric Champoux (Designer de Iluminação); Jonathan Dean (Designer de Som) e, pela primeira vez no Cirque du Soleil: Fred Gérard (Rigging e Designer de Equipamento Acrobático); Philippe Aubertin (Designer de Performance Acrobática); e Julie Bégin (Designer de Maquiagem).

CARMEN (3)

INGRESSOS

PRÉ-VENDA PARA CLIENTES BRADESCO
Clientes dos Cartões Bradesco, BradesCard e next contarão com pré-venda exclusiva nas quatro cidades.

Confira as datas em que os ingressos poderão ser adquiridos:
– Belo Horizonte, entre os dias 06 e 27 de novembro;
– Rio de Janeiro, entre os dias 07 e 28 de novembro;
– Brasília, entre os dias 08 e 29 de novembro;
– São Paulo, entre os dias 09 e 30 de novembro.

Os Clientes dos Cartões Bradesco, BradesCard e next têm benefícios exclusivos de 20% de desconto e parcelamento em até 6X sem juros (limitado a 6 ingressos inteiros por CPF e 50% dos ingressos disponibilizados). O parcelamento não é válido para os cartões de débito e corporativos. As compras on-line podem ser feitas com os Cartões de Crédito Bradesco, Bradescard e next. As compras nas bilheterias oficiais e pontos de vendas podem ser feitas com Cartões de Crédito e Débito Bradesco, Bradescard e next. O desconto não incidirá sobre o valor do serviço Tapis Rouge.

PRÉ-VENDA PARA MEMBROS CIRQUE CLUB
O Cirque Club é um clube gratuito e com diversos benefícios, que incluem ingressos antecipados e informações exclusivas de bastidores. Confira as datas em que os ingressos poderão ser adquiridos:
– Belo Horizonte, no dia 28 de novembro;
– Rio de Janeiro, entre os dias 29 e 30 de novembro;
– Brasília, no dia 30 de novembro;
– São Paulo, entre os dias 01 e 02 de dezembro.

Para participar do clube, acesse www.cirqueclub.com.

VENDA PARA O PÚBLICO GERAL
A venda para o público em geral começa nas seguintes datas:
– Belo Horizonte, a partir do dia 29 de novembro;
– Rio de Janeiro, a partir do dia 01 de dezembro;
– Brasília, a partir do dia 01 de dezembro;
– São Paulo, a partir do dia 03 de dezembro.

Durante toda a venda para o público em geral, os ingressos poderão ser parcelados em até 6x para Cartões Bradesco, Bradescard e next e em 3x para demais cartões.

Os Clientes dos Cartões Bradesco, BradesCard e next contam com 20% de desconto e parcelamento em até 6X sem juros (limitado a 6 ingressos inteiros por CPF e 30% dos ingressos disponibilizados). Ao atingir os 30% dos ingressos disponibilizados, o desconto passa a 10%. O parcelamento não é válido para os cartões de débito e corporativos. As compras on-line podem ser feitas com os Cartões de Crédito Bradesco, Bradescard e next. As compras nas  bilheterias oficiais e pontos de vendas podem ser feitas com Cartões de Crédito e Débito Bradesco, Bradescard e next. O desconto não incidirá sobre o valor do serviço Tapis Rouge.

TAPIS ROUGE BY BRADESCO
O Cirque du Soleil e o Banco Bradesco estarão juntos no espaço Tapis Rouge – área VIP dos espetáculos da companhia canadense – durante toda a turnê de OVO no Brasil. Os clientes que adquirirem ingressos para o setor Premium + o adicional de serviços, contarão com uma experiência especial e diferenciada, reservada para aproximadamente 300 pessoas. O cliente assistirá ao espetáculo de um lugar bem próximo ao palco e ainda irá usufruir de diversos benefícios.

Os ingressos estarão disponíveis através do site https://www.tudus.com.br/ e bilheterias oficias (Shopping Cidade, em Belo Horizonte; Shopping Metropolitano Barra, no Rio de Janeiro; Shopping ID, em Brasília; e Shopping Market Place em São Paulo).

Para mais informações sobre o Cirque du Soleil, visite www.cirquedusoleil.com.

CARMEN (2)

CIRQUE DU SOLEIL: OVO – TEMPORADA BRASILEIRA

Duração 140 minutos

Classificação Livre

Belo Horizonte

Ginásio Mineirinho (Av. Antônio Abraão Caram, 1001 – Pampulha)

07 a 17/03/19

Terça, Quarta e Quinta – 21h, Sexta – 17h* e 21h, Sábado – 17h e 21h, Domingo – 14h* e 18h*, 16h e 20h (* somente em datas específicas)

$260/$550

Rio de Janeiro 

Jeunesse Arena (Av. Embaixador Abelardo Bueno, 3401 – Barra da Tijuca)

21 a 31/03

Terça, Quarta – 21h, Quinta e Sexta – 17h* e 21h, Sábado – 17h e 21h, Domingo – 14h* e 18h*, 16h e 20h (* somente em datas específicas)

$260/$550

Brasília

Ginásio Nilson Nelson (SRPN – Brasília)

05 a 13/04

Terça, Quarta – 21h, Quinta e Sexta – 17h* e 21h, Sábado – 14h* e 18h*/ 17h e 21h, Domingo – , 16h e 20h (* somente em datas específicas)

$260/$550

São Paulo

Ginásio do Ibirapuera (R. Manuel da Nóbrega, 1267 – Paraíso)

19/04 até 12/05

Terça – 21h, Quarta, Quinta e Sexta – 17h* e 21h, Sábado – 13h*/ 17h e 21h, Domingo – 14h* e 18h* / 16h e 20h (* somente em datas específicas)

$260/$550

BILHETERIAS OFICIAIS – SEM TAXA DE SERVIÇO
Belo Horizonte – bilheteria disponível até o dia 01 de março de 2019
Shopping Cidade (Rua dos Tupis, 337 – Centro)
Horário de funcionamento:
Segunda-feira a Sábado – Das 10h às 20h
Domingo – Das 10h às 18h

Rio de Janeiro – bilheteria disponível até o dia 19 de março de 2019
Shopping Metropolitano Barra (Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1300 – Barra da Tijuca)
Horário de funcionamento:
Segunda a quinta-feira – Das 10h às 22h
Sexta-feira e sábado – Das 10h às 23h
Domingo – Das 11h às 22h

Brasília – bilheteria disponível até o dia 03 de abril de 2019
Shopping ID (Setor Comercial Norte Q 6 Edifício Venâncio Conjunto A)
Horários de funcionamento:
Segunda-feira a sábado – Das 10h às 22h
Domingo – Das 13h às 19h

São Paulo – bilheteria disponível até o dia 17 de abril de 2019
Shopping Market Place (Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 – Vila Cordeiro)
Horários de funcionamento:
Segundo-feira a sábado – Das 10h às 22h
Domingo – Das 14h às 20h

VENDAS ON-LINE – COM TAXA DE SERVIÇO
Através do site https://www.tudus.com.br/

MEIA-ENTRADA
Em conformidade com a legislação vigente no Estado e Município específico onde o evento for realizado. Obrigatória apresentação do documento comprobatório da condição de beneficiário, no ato da compra e no acesso ao evento.

70? DÉCADA DO DIVINO MARAVILHOSO – DOC. MUSICAL

Depois do sucesso arrebatador de ‘60! Década de Arromba – Doc.Musical’, que apresentou Wanderléa à frente do elenco e foi assistido por mais de 100 mil espectadores em todo Brasil, estreia no dia 15, no Theatro Net Rio, o aguardado espetáculo ‘70? Década do Divino Maravilhoso – Doc. Musical’, mais uma produção que faz parte da tetralogia do idealizador, produtor e diretor geral Frederico Reder e do roteirista, dramaturgo e pesquisador Marcos Nauer.  Desta vez, a dupla leva para o palco momentos marcantes dos anos 1970 em diversas esferas: acontecimentos da política, moda, comportamento, esportes e artes em geral são embalados por mais de

250 sucessos das músicas brasileira e internacional, divididos em duas partes, como num disco de vinil, em lado A (1970-1976) e lado B (1977-1979). De forma cronológica, depoimentos, fotografias e vídeos vão desfilar no grande telão que tomará conta do centro do palco nesta superprodução, apresentada pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros, que conta com 24 jovens talentos, uma orquestra de dez músicos, 20 cenários, 300 figurinos, toneladas de luz e som, e mais de 100 profissionais dedicados a criar o espetáculo.

As Frenéticas Dhu Moraes, Leiloca Neves e Sandra Pêra são as três cerejas do musical, no bloco dedicado à febre das discotecas, fenômeno que estourou nas pistas de todo o mundo há exatos 40 anos, inclusive no Brasil, por meio da novela ‘Dancin’ Days’, de Gilberto Braga. “Símbolos de uma época”, como define Nelson Motta, as Frenéticas, que foram descobertas pelo jornalista e produtor musical em 1976, estouraram em todo o Brasil com a música “Perigosa”, de autoria dele em parceria com Rita Lee e Roberto de Carvalho.

O grupo de seis amigas (Leiloca, Sandra Pêra, Lidoca, Edyr, Dhu Moraes e Regina Chaves), que se reuniram na boate Frenetic Dancing Days, como garçonetes, logo largaram as bandejas e se transformaram em um dos maiores fenômenos da música brasileira. Estamparam a capa das principais revistas, lançaram clássicos instantâneos como o tema da novela homônima e ditaram moda. Elas abriram as asas, soltaram as feras e transgrediram em um Brasil que onde se confrontavam censura, liberdade de expressão, feminismo e empoderamento. Esses temas continuam atuais e são abordados na montagem, que segue o bem-sucedido gênero criado por Reder e Nauer em ‘60! Década de Arromba’, o Doc.Musical.  “Reunimos teatro, documentário e música. Este formato me permitiu unir tudo isso e ainda propor um novo olhar para a forma de se fazer um espetáculo musical”, vibra o diretor. “O doc.musical não apresenta a biografia de nenhum artista, porque o olhar está no coletivo, no grupo, numa época, portanto, é de fato, a música a grande protagonista”, explica Nauer.

O título do musical traz uma interrogação porque propõe questionamentos sobre as dualidades do período. “Uma década de incertezas”, como conceitua Cid Moreira em uma das retrospectivas apresentadas em projeção dentro do espetáculo.  Em toda a América Latina, a ditadura apertava o cerco, a censura era cada vez mais intensa, a liberdade, cerceada. E a arte surgiu exatamente como uma possibilidade de redenção. “Os anos 70 mostraram vários caminhos possíveis por meio da arte, da música e da dança. E em todos eles era preciso ser forte para sonhar com um mundo novo e melhor”, pondera Nauer. “Foram anos de muita luta e força. Há canções que captam essa aura, mas há também muitas outras de muita beleza e aquela explosão de alegria com o surgimento da disco music”, acrescenta Reder.

Na grande timeline do musical, outros movimentos, como o tropicalismo, o glam rock, o punk e o reggae serão revisitados com suas mais emblemáticas canções. De Novos Baianos (“A Menina Dança”) a David Bowie (“Starman”), Raul Seixas (“Há Dez Mil Anos Atrás”) a Led Zeppelin (“Stairway to Heaven”), Mutantes (“Top Top”) a Queen (“Bohemian Rapsody”), Caetano Veloso (“Sampa”) a Donna Summer (“Last Dance”), e Bob Marley (“No Woman, No Cry”) a Sex Pistols (“Anarchy in the UK”), os números não vão apresentar atores personificando os ícones da época. Os sentimentos que essas músicas emanam é que vão ditar as ações e coreografias assinadas por Victor Maia, que também cuida da direção de movimento. “70? Década do Divino Maravilhoso – Doc.Musical”, que chega agora ao palco do Theatro Net Rio, não se furta de narrar esse momentos polêmicos, mas é, sobretudo, uma ode à superação, à beleza, à alegria, à capacidade criativa de um povo que jamais se deixa abater. “É preciso estar atento e forte, não temos tempo de temer a morte”, como diz a emblemática canção-título de Caetano e Gil. Podemos e merecemos ser felizes.

Além de Frederico Reder e Marcos Nauer, o espetáculo ainda traz outros nomes de peso, como o do figurinista Bruno Perlatto, o iluminador Césio Lima, o diretor musical Jules Vandystadt, a cenógrafa Natália Lana e diretora de produção Maria Siman. Uma ficha técnica que promete mais décadas brilhantes, rumo aos 80, 90 e quem sabe muito mais.

CARMEN.png

70? Década do Divino Maravilhoso – Doc. Musical

Com Amanda Döring, Amaury Soares, Aquiles Nascimento, Barbara Ferr, Bruno Boer, Camila Braunna, Debora Pinheiro, Diego Martins, Erika Affonso, Fernanda Biancamano, Larissa Landim, Laura Braga, Leandro Massaferri, Leilane Teles, Leo Araujo, Nando Motta, Pedro Navarro, Pedro Roldan, Rany Hilston, Rodrigo Morura, Rodrigo Naice, Rodrigo Serphan, Rosana Chayin, Tauã Delmiro

Participação especial das Frenéticas: Dhu Moares, Leiloca Neves e Sandra Pêra

Duração 150 minutos

Classificação 14 anos

Theatro Net Rio – Sala Tereza Rachel (Rua Siqueira Campos, 143 – Copacabana, Rio de Janeiro)

15/11 até 16/12

Quinta e Sexta – 20h30, Sábado – 17h e 21h, Domingo – 18h

$45/$220

Theatro Net SP – Shopping Vila Olímpia (Rua Olimpíadas, 360 – Itaim Bibi, São Paulo)

14/03 até 02/06/19

Quinta e Sexta – 20h30, Sábado – 17h e 21h, Domingo – 17h

$45/$220

PARCERIA T4F E MÖELLER & BOTELHO

O anúncio, em agosto, entre a parceria entre a Time for Fun (T4F) com a dupla de diretores/produtores Möeller e Botelho apresenta seus primeiros resultados.

CARMEN

(fonte Tiago Queiroz – Estadão)

Os primeiros musicais a serem trabalhados são: em São Paulo, “Pippin” chega no início do próximo ano, e “O Jovem Frankenstein“, no segundo semestre. E fazendo caminho inverso, “Wicked” desembarca no Rio de Janeiro, na Cidade das Artes, no segundo semestre.

E estes são apenas os três primeiros títulos divulgados para esta parceria. Está previsto para 2020 a montagem aguardada do musical da Disney, “Mary Poppins“. Neste mesmo ano, a dupla de diretores estreia sua montagem, em parceria com a produtora Renata Borges (Touché Entretenimento) do espetáculo “Caroussel“.

(fonte – Ubiratan Brasil – Estadão – para ler a matéria completa http://bit.ly/estadaot4f)

DESTAQUE IMPRENSA DIGITAL 2018 – INDICADOS

O Prêmio Destaque Imprensa Digital (DID) divulgou na tarde desta quinta feira, 08 de novembro, os indicados às dez categorias da segunda edição do prêmio.

Foram assistidos 22 espetáculos em São Paulo durante a temporada entre 1º de novembro de 2017 e 31 de outubro de 2018, pelos 17 jurados.

Os jurados são Andy Santana (Soda Pop), Bruno Cavalcanti (Portal Anna Ramalho), Claudio Erlichman (Broadway World), Cristiane Santos (Fileira VIP), Elaine Cristina (Circuito Teatral), Fabiana Seragusa (Culturice), Filipe Vicente (Setor VIP), Grazy Pisacane (A Broadway é Aqui!), Joaquim Araújo (Acesso Irrestrito), Lucas Vargas (Balde de Pipoca), Luis Fernando Rodrigues (Sessão Popular), Miguel Arcanjo Prado (Blog do Arcanjo), Pedro de Landa (Perdido in Sampa), Priscila Ribeiro (Mundo dos Musicais), Rodrigo Alcobia (Opinião de Peso), Ubiratan Brasil (Blog Ubiratan Brasil – Estadão), Wall Toledo (Acesso Cultural).

A ação é um reconhecimento do Teatro Musical, apresentado em São Paulo, por meios de comunicação da mídia digital. São estes os “responsáveis por produzirem conteúdo textual e audiovisual de espetáculos de pequeno, médio e grande porte. Ao longo de todo o ano os focos são direcionados para as temporadas, proporcionando a elas diferentes tipos de visibilidade e por muito mais tempo”, segundo a coordenação do DID.

Das 22 produções que concorriam, 16 foram indicadas. O vencedor de indicações foi “Peter Pan, o Musical da Broadway“, com oito indicações, incluindo ator, ator e atriz coadjuvante e musical estrangeiro – versão brasileira. Depois vieram “Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812” e “Bibi – Uma Vida em Musical“, com seis indicações cada. Com cinco indicações, temos “Annie, o Musical” e “Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte“.

Conheça os indicados às dez categorias do prêmio Destaque Imprensa Digital 2018.

Destaque Coreografia

ALONSO BARROS – Peter Pan – O Musical da Broadway
GABRIEL MALO – Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
KÁTIA BARROS – Annie – O Musical
LAVÍNIA BIZZOTTO – Ayrton Senna – O Musical
TONI RODRIGUES – Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte

Destaque Roteiro

ARTUR XEXÉO E LUANNA GUIMARÃES – Bibi – Uma Vida em Musical
FÁBIO ESPÍRITO SANTO – Amor Barato
GUSTAVO DITTRICHI – Cantos de Coxia e Ribalta
GUSTAVO GASPARANI E EDUARDO RIECHE – Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte
VITOR ROCHA – Cargas D’Água – Um Musical de Bolso

Destaque Ator Coadjuvante

CLAUDIO GALVAN – Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte
CHRIS PENNA – Bibi – Uma Vida em Musical
DANIEL BOAVENTURA – Peter Pan – O Musical da Broadway
FRED SILVEIRA – O Fantasma da Ópera
PEDRO NAVARRO – Peter Pan – O Musical da Broadway

Destaque Atriz Coadjuvante

ANDREZZA MASSEI – A Pequena Sereia
CAROL BEZERRA – Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
CAROL BOTELHO – Peter Pan – O Musical da Broadway
GIULIA NADRUZ – MPB – Musical Popular Brasileiro
MARIA CLARA GUEIROS – Se Meu Apartamento Falasse…

Destaque Ator

ANDRÉ LODDI – Pacto – A História de Leopold e Loeb
BETO SARGENTELLI – Os Últimos 5 Anos
LEANDRO LUNA – Pacto – A História de Leopold e Loeb
MATEUS RIBEIRO – Peter Pan – O Musical da Broadway
MARCELO MÉDICI – Se Meu Apartamento Falasse…

Destaque Atriz

AMANDA ACOSTA – Bibi – Uma Vida em Musical
BRUNA GUERIN – Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
ELINE PORTO – Os Últimos 5 Anos
INGRID GUIMARÃES – Annie – O Musical
MALU RODRIGUES – A Noviça Rebelde

Destaque Direção

JOSÉ POSSI NETO – Peter Pan – O Musical da Broadway
MIGUEL FALABELLA – Annie – O Musical
TADEU AGUIAR – Bibi – Uma Vida em Musical
ZÉ HENRIQUE DE PAULA – Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
ZÉ HENRIQUE DE PAULA – Pacto – A História de Leopold e Loeb

Destaque Direção Musical

APOLLO NOVE – Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte
CARLOS BAUZYS – Peter Pan – O Musical da Broadway
DANIEL ROCHA – Annie – O Musical
FERNANDA MAIA – Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
TONY LUCCHESI – Bibi – Uma Vida em Musical

Destaque Musical Brasileiro

AMOR BARATO
AYRTON SENNA – O MUSICAL
BIBI – UMA VIDA EM MUSICAL
CARGAS D’ÁGUA – UM MUSICAL DE BOLSO
ROMEU E JULIETA – AO SOM DE MARISA MONTE

Destaque Musical Estrangeiro (Versão Brasileira)

ANNIE – O MUSICAL
NATASHA, PIERRE E O GRANDE COMETA DE 1812
PACTO – A HISTÓRIA DE LEOPOLD E LOEB
PETER PAN – O MUSICAL DA BROADWAY
O FANTASMA DA ÓPERA

IV PRÊMIO REVERÊNCIA

A próxima edição do Prêmio Reverência terá ingressos gratuitos distribuídos a partir das 19h (duas horas e meia antes do início), no dia 13 de novembro, no Teatro Alfa. A noite será apresentada por Tiago Abravanel e contará com números musicais inéditos, preparados especialmente para a ocasião, além de apresentação de cenas de vários musicais indicados nas 15 categorias da premiação. O evento é uma realização da AR e do Ministério da Cultura e conta com o patrocínio do BTG Pactual Digital, que pelo segundo ano seguido apoia essa celebração da classe e dos musicais no Brasil.

Após se consolidar no cenário cultural brasileiro em três prestigiadas edições, o Prêmio Reverência de Teatro Musical inicia uma nova fase em seu quarto ano consecutivo. A grande novidade é a criação de uma Academia, responsável por indicar e eleger os premiados. Foram convidados para o novo júri, entre artistas já indicados ao Reverência, veteranos consagrados, produtores e jornalistas especializados.

‘O Prêmio Reverência nasceu do desejo genuíno de valorizar a classe do teatro musical brasileiro, reverenciar nossos talentos e criar mais oportunidades de visibilidade. Com novas vozes, engajadas e atuantes, reforçamos nossas escolhas passadas e também a crença de que ninguém melhor do que a própria classe para votar nela mesmo. É uma iniciativa para promover ainda mais união no meio e dar total protagonismo a quem dedica seu dia-a-dia à arte de fazer musical no Brasil’, ressalta Antonia Prado, idealizadora do Prêmio Reverência, ressaltando que o processo de votação continua com a supervisão da auditoria Ecovis Peemon e que os envolvidos não podem votar na categoria que concorrem. ‘Sempre tivemos como meta conquistar a credibilidade do meio, ao sermos reconhecidos como uma premiação transparente, correta e referência no mercado’, diz.

A lista de finalistas foi marcada pelo equilíbrio. Entre os 35 espetáculos que concorrem neste ano, ‘Cantando na Chuva’ lidera com 11 indicações, enquanto três musicais empatam com 10: ‘Romeu e Julieta’, ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’ e ‘Peter Pan’. ‘Bibi, uma Vida em Musical’, ‘Elza’ e ‘Pippin’ tiveram nove indicações cada um.

As montagens que completam a lista seguem ‘Hebe, O Musical’ (4), ‘O Fantasma da Ópera’ (2), ‘A Pequena Sereia’ (2), ‘Se Meu Apartamento Falasse…’ (2), ‘O Som e a Sílaba’ (2) e ‘Dançando no Escuro’ (2). ‘A Vida Não É Um Musical’, ‘Cargas D’Água’, ‘Os Produtores’, ‘O Nome do Espetáculo’ e ‘Dois Filhos de Francisco’ completam a lista, com uma indicação cada.

A Categoria Melhor Espetáculo Voto Popular está aberta a todos e disponível para votação no site da premiação, a partir de hoje. Esta categoria contempla todos os 35 musicais inscritos nesta temporada.

Outra novidade é o lançamento da categoria Melhor Ensemble, valorizando o coro dos musicais, sempre tão importante e pouco lembrado nas premiações.

A cerimônia continuará no mesmo formato dos outros anos, com a apresentação ao vivo de trechos dos principais musicais indicados, além de números criados especialmente para a ocasião. Como acontece desde a sua criação, a festa se reveza entre Rio de Janeiro e São Paulo, pois este é o único prêmio que contempla espetáculos que estrearam nas duas cidades.

CARMEN (1)

Sobre o Prêmio Reverência

Nas últimas duas décadas, o Teatro Musical Brasileiro ressurgiu com força, numa espécie de renascimento do gênero. Entre franquias de musicais estrangeiros, adaptações, produções originais e biografias, o cenário possibilitou a formação de um novo público e de muitos profissionais especializados no gênero.

A primeira edição do Prêmio Reverência aconteceu em agosto de 2015, no Hotel Fasano do Rio de Janeiro, sob comando de Heloísa Périssé. A cerimônia teve números musicais de Malu Rodrigues, Thiago Machado e Totia Meireles e premiou espetáculos como ‘Samba Futebol Clube’, ‘Os Saltimbancos Trapalhões’ e ‘Elis, a Musical’.

No segundo ano, a Cerimônia de Premiação ocupou o Teatro Alfa, em São Paulo, onde foram reproduzidas cenas dos principais indicados. Apresentada por Daniel Boaventura e Totia Meireles, a noite contou ainda com números inéditos e especialmente criados para a ocasião, como na homenagem para Marília Pêra, interpretada por Totia, Daniel, Laila Garin, Leticia Colin e Sandra Pêra. Os principais premiados foram ‘Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera’ e ‘Urinal, O Musical’. A cerimônia foi transmitida pelo Canal Bis, da Globosat.

Para manter o revezamento de cidades, o Reverência voltou ao Rio de Janeiro no ano passado e tomou conta do palco do Teatro Bradesco (RJ), agora com transmissão ao vivo no Canal Bis e apresentação de Tiago Abravanel e Lucio Mauro Filho.

4º PRÊMIO REVERÊNCIA DE TEATRO MUSICAL
Dia 13 de novembro, às 21h30 (entrada na sala até 21h)
TEATRO ALFA (Rua Bento Branco de Andrade Filho, 772)
Ingressos distribuídos no local a partir de 19h (por ordem de chegada para os 100 primeiros da fila)