ATÉ QUE O CASAMENTO NOS SEPARE

Eduardo Martini e Cris Nicolotti levam ao palco a peça Até que o Casamento nos Separe. Além de representarem juntos, os dois também são responsáveis por escrever o texto da comédia que mostra a real intimidade de um casal após 20 anos de matrimônio. A peça reestreia no Teatro Itália, no dia 15 de setembro, às 21 horas, e segue até 18 de novembro.

O cotidiano de Otávio e Maria Eduarda promete muito humor e identificação com o público. O casal mostra com a maior sinceridade e muita graça o dia a dia de casados. Com inteligência e romantismo, é uma sequência de momentos que incluem as crises que nos fazem rir e refletir sobre essa difícil arte de conviver com o companheiro debaixo do mesmo teto.

A peça teve sua primeira apresentação há 10 anos, inicialmente tendo o Eduardo e a Cris como protagonistas. O espetáculo já teve outras atrizes que dividiram o palco com o Martini ao longo desses anos, entre elas estão: Viviane Alfano, Viviane Araújo, Suzy Rêgo, retornando agora para a Cris.

Sem perder a elegância, o espetáculo traz direção e trilha sonora que vão encher os olhos e o coração de todos, sejam eles comprometidos ou não. Situações com a família, amigos, tabus sexuais e muito mais são alguns dos temas abordados de forma bem humorada durante os 80 minutos de espetáculo.

CARMEN (4).png

Até que o casamento nos separe

Com Eduardo Martini e Cris Nicolotti

Teatro Itália (Av. Ipiranga, 344 – República, São Paulo)

Duração 80 minutos

15/09 até 18/11

Sábado – 21h

$50

Classificação 10 anos

PEDINDO BIS

A cantora e atriz Simone Gutierrez interpreta grandes ícones da música pop dos anos 1970 a 2000 com o show Pedindo Bis

Ao lado dos convidados especiais Graça Cunha e Junior Karrerah, promete ao público um show de glamour, energia e emoção envoltos em cenário e figurino encantadores, com direção Edu Berton.

No roteiro, I Have Nothing (Whitney Houston), Girls Just Wanna Have Fun (Cynd Lauper), Against All Odds (Phil Collins), entre outras.

Pedindo Bis

Com Simone Gutierrez

Teatro Porto Seguro (Alameda Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo)

Duração 85 minutos

23/10

Terça – 21h

$80/$100

Classificação 10 anos

CONFISSÕES DE UM SENHOR DE IDADE

Flávio Migliaccio retorna em cartaz dia 17 de julho com o espetáculo “Confissões de um Senhor de Idade”, montado ano passado em comemoração aos 60 anos de carreira do ator. Escrita e dirigida por Flávio, a peça fica em cartaz às terças e quartas no Teatro dos Quatro, no Shopping da Gávea, às 21h, até o dia 28 de agosto.

Flávio divide o palco com o ator Luciano Paixão, que interpreta Deus encarnado no corpo de um simples mortal para propor um estranho pacto: se Flávio ajudar a desvendar um caso estranho que está acontecendo no céu, receberá a recompensa da vida eterna.

Num diálogo bem humorado com Deus, Flávio conta suas histórias, suas experiências, suas memórias, saudades e até tristezas, tudo com o bom humor que sempre foi a sua marca. Detalhes da vida íntima do artista também serão revelados – uma forma de presentear o público, em agradecimento ao carinho recebido pela comemoração dos 60 anos de carreira.

CARMEN (1).png

Confissões de um Senhor de Idade

Com Flavio Migliaccio e Luciano Paixão

Teatro dos Quatro – Shopping da Gávea (R. Marquês de São Vicente, 52 – Gávea, Rio de Janeiro)

Duração 55 minutos

17/07 até 28/08

Terça e Quarta – 21h

$60

Classificação 10 anos

SHOW DE HIPNOSE CÔMICA MAGICAMENTE

O espetáculo “Show de Hipnose Cômica Magicamente” reestreia no Teatro Folha dia 07 de julho e ficará em cartaz aos sábados às 23h59, até final de agosto. Os hipnólogos André Attie, Eduardo Neaime e Sanny Machado prometem realizar um show ainda mais engraçado e surpreendente, reunindo os melhores esquetes de quase três anos de apresentações. O grupo faz sucesso onde se apresenta, tendo realizado mais de 250 apresentações e hipnotizado mais de 2 mil pessoas.

A marca do show é hipnotizar voluntários da plateia e incluí-los em diversas situações engraçadas. André Attié explica que os números nunca colocam os voluntários em situação perigosa ou constrangedora. “Nosso objetivo é proporcionar ao público uma viagem inesquecível ao mundo da imaginação, sempre com muita diversão. Fazemos um espetáculo para toda a família”, explica.

Os voluntários experimentam um relaxamento profundo enquanto estão hipnotizados, como se estivessem dormindo, mas sem perder a consciência.  “Enquanto isso, eles são capazes de falar coisas engraçadas, dançar, formar uma banda musical com instrumentos imaginários e protagonizar diversas situações”, explica. Sobre o bem estar causado pela hipnose, André ressalta: “Os hipnotizados são unânimes em falar que, durante o show, passam pela melhor experiência de suas vidas. Principalmente no final em que muitos revivem momentos marcantes de suas vidas, como o nascimento do filho, ou lembranças de afeto com seus pais, alguns já falecidos. Outros voltam à infância. Para nós também é uma emoção indescritível”.

Desde que começaram a realizar o show, os hipnólogos criaram um repertório de situações que geraram esquetes, que entram no roteiro  dependendo do período do ano e nas datas especiais. “Criamos situações específicas para serem reproduzidas no palco em datas especiais ou próximas a elas, como, dia dos pais, das mães, Páscoa e Natal. Para inventarmos as situações, primeiramente definimos o que queremos que a pessoa faça ou como queremos que ela reaja. Depois definimos o que faremos para aquela situação ocorrer no palco. Por isso, nunca expomos ninguém ao ridículo. Sempre definimos o que queremos que a pessoa faça antes de elaborarmos as sugestões”, conta André.

André explica que uma pessoa hipnotizada nunca fica inconsciente ou perde o controle do que está fazendo:  “Ela fica bem mais consciente porque há um aumento do foco e da concentração. Por isso, ela conversa normalmente conosco ou mesmo com as pessoas ao seu lado, dependendo da situação que ela está passando. Ela vai reagir e responder de acordo com sua mente”.

Cada apresentação é diferente e nelas acontecem situações surpreendentes, como por exemploum voluntário hipnotizado acreditou que havia ganhado na loteria. Ele imediatamente pegou seu celular e ligou para mãe, informando que estava milionário. “A mãe respondeu dizendo que ele estava num show de hipnose e que era para parar de falar besteira. Ele então disse que não iria dividir o prêmio com ela. Foi surpreendente até para nós porque nunca iríamos imaginar que ele ligaria para a mãe durante o show”. A situação, claro, gerou uma gargalhada geral na plateia.

CARMEN (1).png

Show de Hipnose Cômica Magicamente

Com André Attie, Eduardo Neaime e Sanny Machado

Teatro Folha – Shopping Higienópolis (R. Dr. Veiga Filho, 133 – Higienópolis, São Paulo)

Duração 90 minutos

07/07 até 25/08

Sábado – 23h59

$50

Classificação 10 anos

O ÚLTIMO CAPÍTULO

Depois de uma turnê em 15 cidades e várias temporadas no Rio de Janeiro, chega a São Paulo a comédia O Último Capítulo, com os atores Mariana Xavier (que recentemente interpretou a personagem Biga em “A Força do Querer” e participou dos filmes “Minha Mãe é uma Peça I e II” e “Gostosas, Lindas e Sexies”, e das novelas “I Love Paraisópolis” e “Além do Horizonte”, além do programa “Vídeo Show”) e Paulo Mathias Jr. (ator do programa humorístico “Zorra” e ex-apresentador do programa infantil “TV Globinho”). O espetáculo fica em cartaz no Teatro Itália, entre 13 de julho e 2 de setembro, com sessões às sextas-feiras, às 21h; aos sábados, às 18h e às 21h; e aos domingos, às 18h.

SINOPSE

A peça conta a história de um casal em crise: Berenice, uma romântica e sonhadora diarista apaixonada por novelas, e Dagoberto, um desempregado crônico fanático por futebol. Berê chega do trabalho ansiosa para curtir o último capítulo de sua novela preferida, mas um repentino apagão acaba com seus planos de acompanhar o desfecho do folhetim. Nossa história se passa num tempo em que não há celular, nem internet: resta ao casal, então, conversar.

O público acompanha uma divertida e dramática DR (Discussão de relação) de um casal que se ama, mas que acha que chegou a hora de se separar. Por meio de flashbacks, Berenice e Dagoberto vão reavaliando sua relação e chegam à conclusão de que seu casamento também é uma grande novela, e que também pode estar no último capítulo.

Escrito por Alexandre Morcillo e Clóvis Corrêa e dirigido por Márcio Vieira (premiado pela direção do espetáculo “Favela” e assistente de direção de “Andança – Beth Carvalho – O musical”), O Último Capítulo comemora a oportunidade dos amigos Mariana e Paulo, declaradamente fãs um do outro, trabalharem juntos.

Mariana Xavier é idealizadora do projeto e assina a produção junto com Bruna Dornellas e Wesley Telles, da WB Produções. Apesar de ter se tornado conhecida do grande público por meio da TV e do cinema, o teatro é seu berço artístico e ela se diz muito feliz por voltar aos palcos, especialmente numa comédia para todas as idades e classes sociais: “tenho muito orgulho de fazer uma peça que não tem um mísero palavrão, não tem uma baixaria sequer, e ainda assim faz a platéia passar mal de rir”, diz.

O espetáculo é apresentado pelo Ministério da Cultura e patrocinado pela Marisa, a maior rede de moda feminina e lingerie doBrasil. Após várias temporadas no Rio, O Último Capítulo segue para São Paulo, no Teatro Itália, tudo sob a realização da Trampo Produções Culturais, da WB Produções e da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

CARMEN

O Último Capítulo

Com Mariana Xavier e Paulo Mathias Jr. Stand in Paulo Mathias: Cleber Salgado

Teatro Itália (Avenida Ipiranga, 344, Consolação – São Paulo)

Duração 70 minutos

13/07 até 02/09

Sexta – 21h, Sábado – 18h e 21h, Domingo – 18h

$50

Classificação 10 anos

*Aos sábados, após a apresentação das 18h, haverá bate-papo dos atores com o público!

**O espetáculo tem acessibilidade para a comunidade surda! Teremos intérprete de libras nas sessões de domingo às 18h!

O PLANETA DOS ESQUECIDOS

No próximo dia 02 de junho estreia no Teatro Viradalata o espetáculo O Planeta dos Esquecidos, uma ficção científica de Luccas Papp, que também está está em cena. Completam o elenco as atrizes Francis Helena Cozta e Raissa Chadad e o ator Wilson Gomes. A peça tem direção de Dan Rosseto marcando sua estreia no universo infanto-juvenil.

A peça se passa no ano de 2087, o planeta Terra está devastado por um vírus que já dizimou parte da humanidade. Nessa época vive Cora Corada uma jovem sagaz, que está imune e mora em uma pequena construção em meio ao vazio. Suas únicas companhias são Malone, um misterioso senhor de personalidade infantil e Íris, uma inteligência artificial.

Sua rotina muda quando uma misteriosa figura do espaço desembarca na Terra. É Hector, um clone vindo de Dynamo, planeta para onde foram levados na metade do século XXI os ricos, os líderes mundiais e o material genético dos “melhores” seres humanos da Terra.

 A partir desse encontro no planeta esquecido, sua relação com Cora Corada e os rumos da existência humana mudarão para sempre, além do futuro dos dois mundos.

A peça pretende questionar as ações do homem no presente para um melhor futuro usando um discurso realista, abordando temáticas como a relação entre homem e máquina, tecnologia, clonagem, traumas, perdas, alienação. O espetáculo tem um cenário que gira em 360º graus no palco e dois andares. Parte dos figurinos, cenários e adereços foram utilizados a técnica “upcycling”, que é totalmente sustentável e consiste na reutilização de materiais sem valor comercial que seria descartado transformando em algo diferente, novo sem utilização de processos químicos; dando continuidade ao ciclo de vida do produto, tornando assim o planeta sustentável. Um exemplo: calças, jaquetas e bermudas jeans foram transforadas em casacos longos, inspirados em guerreiros medievais.

CARMEN (1).png

O Planeta dos Esquecidos

Com Francis Helena Cozta, Luccas Papp, Raissa Chadad e Wilson Gomes

Teatro Viradalata (Rua Apinajés 1387, Sumaré, São Paulo)

Duração 70 minutos

02/06 até 28/07

Sábado – 18h30

$60

Classificação 10 anos

FOREVER YOUNG

Sucesso de público, em cartaz desde 2016 e indicado aos principais prêmios em 2017, a comédia musical Forever Young chega ao Teatro Porto Seguro para temporada de 30 de maio a 5 de julho, com sessões às quartas e quintas, às 21h.

No elenco, Nany People, Saulo Vasconcelos, Janaina Bianchi, Rodrigo Miallaret, Felipe Catão e Carol Bezerra. Miguel Briamonte  Rafael Marão se revezam ao piano. A direção é Jarbas Homem de Mello, tradução e adaptação de Henrique Benjamin e direção musical de Miguel Briamonte.

De forma poética e bem-humorada, Forever Young aborda a vida de seis grandes atores que representam a si mesmos no futuro, quase centenários. Apesar das dificuldades eles continuam cantando, se divertindo e amando. Tudo acontece no palco de um teatro, que foi transformado em retiro para artistas, sempre sob a supervisão de uma enfermeira. Quando ela se ausenta, os simpáticos senhores se transformam e revelam suas verdadeiras personalidades através do bom e velho rock’n’roll e mostram que o sonho ainda não acabou e que eles são eternamente jovens.   

A comédia musical consegue relatar não apenas o problema da exclusão social na “melhor idade”, mas também aborda questões sobre a velhice com muito humor e músicas que marcaram várias gerações. Os hits são sucessos do rock/pop mundial de diversos anos, passando pelas décadas de 50, 60, 70, 80 até chegar aos anos 90. Músicas que são verdadeiros hinos como I Love Rock and RollSmells Like a Teen SpiritI Wil SurviveI Got You BabeRoxanneRehabSatisfactionSweet DreamsMusicSan FranciscoCalifornia DreaminLet It BeImagine, e a emblemática Forever Young. Já o repertório nacional conta com canções como Eu Nasci Há 10 Mil Anos Atrás de Raul Seixas, Do Leme ao Pontal de Tim Maia e Valsinha de Chico Buarque.

 

Forever Young_ 1041_foto Marcos Moraes.jpg

Forever Young
Com Nany People, Saulo Vasconcelos, Janaina Bianchi, Rodrigo Miallaret, Felipe Catão e Carol Bezerra.
Teatro Porto Seguro (Alameda Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo)
Duração 100 minutos
30/05 até 05/07
Quarta e Quinta – 21h
$50/$70
Classificação 10 anos