AYRTON SENNA, O MUSICAL (Rio de Janeiro)

A história do brasileiro Ayrton Senna, tri-campeão mundial de Fórmula 1, o levou a ser reconhecido como um dos maiores pilotos de todos os tempos, herói nacional e ídolo internacional. Mas é a essência da sua personalidade e caráter, com espírito guerreiro e de solidariedade, que estará nos palcos do espetáculo “Ayrton Senna, o musical“, que estreia no Teatro Riachuelo Rio, dia 10 de novembro. Nesta sexta, 03 de novembro, inicia a venda de ingressos para o espetáculo.

Não será um musical biográfico tradicional. A história está focada durante as cinco últimas voltas, antes do acidente fatal em Imola (Itália).  “A vida dele passará por sua cabeça em um turbilhão de imagens, fragmentos e sensações”, explica Renato Rocha, o diretor. “A proposta era inovar dentro da estrutura do teatro musical.

Produzido pela Aventura Entretenimento, em parceria com a família Senna e apresentado pelo Bradesco, “Ayrton Senna, o musical” é a vigésima quarta produção da Aventura, em nove anos de estrada, e um espetáculo diferente de tudo o que já foi criado pela produtora até o momento. “Para falar sobre Ayrton Senna temos que voar alto“, comenta Aniela Jordan, sócia-diretora da Aventura, ao lado de Fernando Campos, Luiz Calainho e Patrícia Telles.

Claudio Lins e Cristiano Gualda são a dupla que assinam o roteiro e as canções originais – compostas especialmente para o espetáculo. “É incrível contar a história de uma pessoa normal que virou um herói nacional. O país precisa de referências nesse momento“, diz Claudio Lins.  “Escrevemos a primeira canção e fomos apresentar à família Senna. Estávamos muito nervosos, pois ninguém tinha ouvido ainda e eles foram logo os primeiros. Foi um momento inesquecível, único, muito emocionante!“, comentou Gualda.

Para dar movimento e velocidade ao espetáculo, a direção fica por conta de Renato Rocha, diretor que desenvolveu carreira internacional por quase 10 anos, reconhecido por unir circo e teatro. “Não tem como fazer um espetáculo sobre Senna sem muita velocidade, sons e luzes. Teremos muitos números aéreos e pendulares“, comenta o diretor.

Vinte e quatro atores/cantores/bailarinos/acrobatas compõem o elenco formado após audição entre 100 pessoas. Hugo Bonemer (Hair, Yank!, Rock in Rio, o musical e A Lei do Amor) foi o ator escolhido para interpretar o Ayrton. “Foi a audição mais difícil que já fiz. Além da pressão do personagem, o teste foi com uma música autoral“, comentou Hugo. “Eu buscava um ator que me emocionasse e o Hugo me emocionou com o olhar. Me lembrou o olhar do Senna pelo capacete“, disse Renato Rocha, diretor da montagem.

O espetáculo tem um canal no youtube onde apresentará uma websérie sobre como foi feito o musical. No segundo episódio, ficamos sabendo sobre a direção musical, a criação sonora e os músicos.

Ayrton Senna, o musical” traz nomes de peso na equipe criativa, como Gringo Cardia no cenário e direção de arte, Dudu Bertholini assina os figurinos, a direção musical é de Felipe Habib, criação sonora de Daniel Castanheira, coreografia de Lavínia Bizzotto e visagismo de Anderson Montes.

O espetáculo tem patrocínio da Atlas Schindler, Riachuelo, Sem Parar, Volkswagen Financial Services, apoio da Alelo e White Martins, Avianca como transportadora oficial e Localiza Hertz como locadora de carros oficial.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ayrton Senna, o Musical
Com Hugo Bonemer, Victor Maia, João Vitor Silva, Lucas Vasconcelos, Pepê Santos, Will Anderson, Leonardo Senna, Adam Lee, Ivan Vellame, Kiko do Valle, Natasha Jascalevich, Estrela Blanco, Karine Barros, Lana Rhodes, Bruno Carneiro, Douglas Cantudo, Juliano Alvarenga, Marcella Collares, Marcelinton Lima, Olavo Rocha, Laura Braga, João Canedo, Gabriel Demartine e Paula Raia.
Teatro Riachuelo Rio (Rua do Passeio, 40 – Cinelândia – Rio de Janeiro/RJ)
Duração 140 minutos
10/11 até 04/02
Quinta e Sexta – 20h30, Sábado – 16h30 e 20h30, Domingo – 19h
$50/$150
Classificação Livre

 

 

 

TOUR DU MONDE

A noite paulistana será presenteada com a estreia do novo show do Burlesque Paris 6: Tour Du Monde. Multissensorial e surpreendente, o espetáculo é uma superprodução que mistura teatro físico, dança, circo, ilusionismo, acrobacia, humor e música.

Apresentado por artistas com habilidades incríveis e com experiências internacionais, Tour Du Monde é uma grande homenagem ao mundo, suas particularidades e culturas. É um show repleto de beleza, tecnologia, festividade, com muita alegria, emoção, sensualidade em diferentes aspectos.

Com formato de dinner show, inovador no país, o público pode interagir com o espetáculo enquanto degusta um glamoroso jantar – uma oportunidade única de aliar uma experiência artística e gastronômica ao mesmo tempo.

O projeto é idealizado por Sandro Chaim e dirigido por ele em parceria com Monica Alla, fundadora e diretora do Grupo Ayres, um dos maiores em apresentações e performances acrobáticas do país. Alla também foi uma das coreógrafas de acrobacia aérea da abertura da Copa do Mundo de 2014.

A coreografia é de Weide Barbosa Leite, coreógrafo da abertura e do encerramento da Copa do Mundo 2014 e coreógrafo assistente de Deborah Colcker na abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro de 2016.

O show tem sua estreia no próximo dia 22 de setembro para toda a família e fica em cartaz até maio de 2018, sempre às sextas, sábados e domingos.

Elenco renomado

O elenco conta com a experiente e premiada cantora e atriz Leilah Moreno. Dotada de uma voz forte e inconfundível, Moreno já participou de inúmeros musicais e festivais de cinema no Brasil e Europa e já recebeu duas indicações ao Grammy Latino (Revelação) e uma indicação ao Emmy (Melhor Seriado de TV).

O famoso ilusionista Dimy também é uma das atrações. Campeão Latino Americano de Mágicas pela Federação Latino Americana de Sociedades Mágicas (FLASOMA), ganhou o prêmio máximo representando o Brasil no Congresso de Mágicos feito em Buenos Aires, na Argentina.

O elenco conta também 9 artistas performáticos, que realizarão números de dança e acrobacia solo e aérea, como tecido acrobático, lira e pole dance, além de interpretação e poesia. Para a trilha sonora do show, 4 músicos ficam responsáveis pelos instrumentos de percussão, teclado, violão, guitarra, bandolim, baixo e sopro.

Sinopse

O espetáculo conta a história da bailarina Sophie, que deseja viajar pelo mundo. Para ela, a dança é o início de tudo. É a chance de realizar seus sonhos e ir muito além de onde jamais imaginou estar. Em uma noite especial, tudo pode acontecer. Seu sonho pode se realizar de um minuto para o outro. No palco, onde a dança liberta, a magia acontece.

Com sua imaginação fértil, Sophie vai conhecer o mundo numa noite em que todos estão convidados a sonhar. Argentina, França, Portugal, Japão, Rússia, Espanha, Itália, Estados Unidos e Brasil são alguns dos lugares pelos quais viajaremos nessa mágica aventura. Cada país será representado no palco com suas particularidades. Na terra de Evita Perón, o tango não pode ficar de fora, enquanto o fado ganha a vez nos caminhos lusitanos. Sophie é a anfitriã de um espetáculo que fará o espectador viajar sem sair do lugar. Leilah Moreno interpretará as canções características de cada país visitado, enquanto Dimy conduz a história como um mestre de cerimônias.

Tecnologia e Acrobacia

Uma megaestrutura foi montada para criar esse universo lúdico. Aparelhos para acrobacias aéreas foram criados exclusivamente para apresentação. Será utilizado um telão de LED de alta qualidade para conceituar cada país visitado por Sophie. Através da tecnologia de video mapping, técnica inovadora e de alta qualidade, que reproduz vídeos de forma realista, o público irá até cenários característicos das maiores capitais do planeta. As ruas do Caminito, na Argentina, os cabarés luxuosos de Paris, azulejos portugueses, um piquenique nas cerejeiras japonesas e outras paisagens irão ilustrar a essa incrível viagem.

Espetáculo para toda a família

O show contará com uma versão adaptada para toda a família, em horário de matinê. Aos sábados, às 17h, será realizada uma apresentação com classificação etária livre. Na compra do evento, em qualquer data e horário, o espectador terá direito ao jantar especial*, feito especialmente para o Tour du Monde. Se preferir, o público também poderá optar pelos pratos disponíveis no menu do Paris 6 e por pagar o couvert artístico separadamente.

21270837_1681610275185090_5182467913722923381_n.png

Tour du Monde
Com Leilah Moreno, Dimy, Thaina Feroldi, Lana Borges, Maria Celeste Mendozi, Renas, Julio Nascimento, Ciro Italo, Barbara Francesquine, Tarik Henrique, Alan Melo
Burlesque – Paris 6 (R. Augusta, 2809 – Jardins, São Paulo)
Duração 90 minutos
22/09 até 05/2018
Sexta – 21h, Sábado – 17h e 21h, Domingo – 18h
$80/$240
Classificação 14 anos (aos sábados, às 17h, será classificação Livre)
 
Informações Complementares: O espaço abre 1 hora antes do horário do show para entrada do público, serviço inicial de bebidas e entrada do jantar. Não será permitida a entrada após início do espetáculo.
*Bebidas serão cobradas à parte.

 

A PEQUENA SEREIA

Parece que agora teremos a oportunidade de visitar “Under The Sea” (trocadilho com uma das canções do musical).

A Time for Fun Musicais anunciou em 2012 a parceria com a Disney Theatrical Group (DTG) que traria três Blockbusters da Broadway para o país – “O Rei Leão“, “A Pequena Sereia” e “Mary Poppins“. Deveriam ter sido feitos ao longo de cinco anos. Mas destes, só Simba e sua turma estreou em 2013 no palco do então Teatro Abril (atual Teatro Renault).

Agora, a coluna “Dramáticas“, da jornalista Maria Luisa Barsanelli (Folha de São Paulo) anunciou que “A Pequena Sereia” teve seus direitos adquiridos pela produtora IMM, a mesma que montou “My Fair Lady” (2016) e tem estreia para este ano de “Cantando na Chuva”.

A previsão é que o musical aconteça a partir de março de 2018 no teatro Santander em São Paulo. O nome de Lynne Kurdziel, diretora e coreógrafa da montagem em outros países, está listado no projeto junto ao Ministério da Cultura, para captar incentivos da Lei Rouanet.

A saber

A IMM, empresa de esporte e entretenimento, contratou, em 2015, Stephanie Mayorkis para desenvolver projetos de grandes musicais da Broadway no país. Stephanie foi a diretora de conteúdo da Time for Fun, nos tempos do “O Rei Leão”.