ANGEL

Em um momento em que se discute os limites éticos cada vez mais elásticos em nossa sociedade e o vale tudo pelo poder, o espetáculo Angel coloca através de seus personagens uma lente de aumento nesse assunto. A peça estreia dia 12 de outubro no Teatro Itália com direção de Eduardo Martini.

Na peça o Cabaré Apocalipse é o lugar onde “anjos“ estão à solta para realizar as suas fantasias mais secretas. Aqui, sedução, poder, dinheiro, amor e ambição se misturam e ninguém é inocente. Nesse clima de intensa disputa, Angel é o stripper mais cobiçado, preferido de uma poderosa Senadora, interpretada pela atriz Cléo Ventura, principal cliente do lugar.

Marco, um dos rapazes, tentou destronar Angel e acabou se dando mal, causando a inimizade de Juan e o temor dos outros garotos, Roy e Rodrigo. Aparentemente, nada pode abalar o reinado de Angel, até a chegada de Baiano, rapaz vindo do interior, de jeito matuto e inocente.

Velho conhecido de Francys, interpretado por Markinhos Moura, uma espécie de faz-tudo do local e responsável pelos números musicais. Baiano é ingênuo e desajeitado, mas seus dotes especiais acabam conquistando a Senadora e despertando a ira de Angel.

A partir daí, começa uma disputa pelo poder, com reviravoltas, em que nem tudo é o que parece e todas as armas serão usadas. Nem mesmo a morte parece ser limite para essa disputa. O lado sombrio de cada um vem à tona, à medida que os interesses estão em jogo.

Angel é um espetáculo musicado com trilhas e arranjos de Rafael Riguini e coreografias de Eduardo Martini.

FOTO 06.jpg

Angel
Com Bruno Alba, Bruno Pacheco, Cléo Ventura, Guilherme Chelucci, José Del Duca, Juan Manuel Tellategui, Marcelo Gomes, Markinhos Moura, Nando Maracchi e Pedro Fabrini
Teatro Itália (Av. Ipiranga 344 – República, São Paulo)
Duração 70 min
12/10 até 30/11
Quinta – 21h
$60
Classificação 14 anos