ATÉ QUE O CASAMENTO NOS SEPARE

Eduardo Martini e Cris Nicolotti levam ao palco a peça Até que o Casamento nos Separe. Além de representarem juntos, os dois também são responsáveis por escrever o texto da comédia que mostra a real intimidade de um casal após 20 anos de matrimônio. A peça reestreia no Teatro Itália, no dia 15 de setembro, às 21 horas, e segue até 18 de novembro.

O cotidiano de Otávio e Maria Eduarda promete muito humor e identificação com o público. O casal mostra com a maior sinceridade e muita graça o dia a dia de casados. Com inteligência e romantismo, é uma sequência de momentos que incluem as crises que nos fazem rir e refletir sobre essa difícil arte de conviver com o companheiro debaixo do mesmo teto.

A peça teve sua primeira apresentação há 10 anos, inicialmente tendo o Eduardo e a Cris como protagonistas. O espetáculo já teve outras atrizes que dividiram o palco com o Martini ao longo desses anos, entre elas estão: Viviane Alfano, Viviane Araújo, Suzy Rêgo, retornando agora para a Cris.

Sem perder a elegância, o espetáculo traz direção e trilha sonora que vão encher os olhos e o coração de todos, sejam eles comprometidos ou não. Situações com a família, amigos, tabus sexuais e muito mais são alguns dos temas abordados de forma bem humorada durante os 80 minutos de espetáculo.

CARMEN (4).png

Até que o casamento nos separe

Com Eduardo Martini e Cris Nicolotti

Teatro Itália (Av. Ipiranga, 344 – República, São Paulo)

Duração 80 minutos

15/09 até 18/11

Sábado – 21h

$50

Classificação 10 anos

ATÉ QUE O CASAMENTO NOS SEPARE

Nos dias atuais em que os relacionamentos são tão efêmeros, durando cada vez menos, em que numa semana o casal está na capa da revista mostrando o começo de namoro e na semana seguinte o fim da união, ficar junto durante 20 anos não é tarefa fácil.

Em Até que o Casamento nos Separe, reestreia dia 19 de agosto no Teatro Itália, conta as intimidades de Otávio (Eduardo Martini) e Maria Eduarda (Suzy Rego), durante os seus 20 anos de história.

Com inteligência e romantismo Até que o Casamento nos Separe, é não só uma grande comédia, mas uma seqüência de momentos hilários que poucas vezes são tão bem colocados. Tavinho e Duda com a maior sinceridade abrem sua vida, cheia de comédia, contrapontos e riqueza de detalhes onde fica absolutamente impossível não se identificar com algum fato da vida deles.

Durante a peça eles falam com muito bom humor sobre assuntos pertinentes a qualquer casal: TPM, a lua de mel, o cotidiano da casa, a divisão de tarefas, as brigas, o balanço da relação e de amor. FOTO 02 A.jpg

Até Que o Casamento Nos Separe
Com Eduardo Martini e Suzy Rêgo
Teatro Itália, (Av. Ipiranga 344 – República, São Paulo)
Duração 80 minutos
19/08 até 01/10
Sábado – 21h30; Domingo – 19h
$80
Classificação 12 anos

ATÉ QUE O CASAMENTO NOS SEPARE

Viviane Araújo e Eduardo Martini são Otávio e Maria Eduarda, um casal que com a maior sinceridade abre sua vida, expõe sua intimidade cheia de situações engraçadas. O texto é de Eduardo Martini e Cris Nicolotti.

casamento vivi edu cred. claudia martini 

Até que o Casamento nos Separe
Com Viviane Araújo e Eduardo Martini.
Teatro Itália (Av. Ipiranga, 344 – República, São Paulo)
Duração 80 minutos
09 a 30/04
Sábado – 21h
Recomendação 12 anos
$70
 
Direção: Eduardo Martini.
Textos: Eduardo Martini e Cris Nicolotti
Fotos: Claudia Martini
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

 

EDUARDO MARTINI EM TRÊS COMÉDIAS

O ator Eduardo Martini começa o ano de 2016 apresentando três comédias no Teatro Itália: “Sexo dos Anjos“, “Quem Tem Medo de Itália Fausta” e “Até que o Casamentos nos Separe“.
Sem título-1
“Sexo dos Anjos” fala sobre o encontro na antecâmara do ‘lado de lá’ das duas metades de um ator que morreu no palco, fazendo o papel de Hamlet. Ambas precisam se entender e se aceitar antes que possam se unir e ‘passar para o lado de lá’.
Com direção de Eduardo Martini (que também está no elenco ao lado de Fernando Vieira), o texto de Flávio de Souza usa o enredo simples para ‘falar de maneira divertida e instigante sobre teatro, representar papéis no palco e na vida real, o medo da morte, suicídio em clima de comédia de absurdo’, conta o autor.
“Quem Tem Medo de Itália Fausta?” é uma comédia que faz uma tradução cômica e sofisticada de gêneros que fizeram parte da história do teatro como a comédia de costumes, o vaudeville, o melodrama e o teatro de revista. Texto de Ricardo de Almeida e Miguel Magno, sob direção de Eduardo Martini.
Este espetáculo inspirado nas grandes damas que marcaram o Teatro Brasileiro no início do século e, em seu companheiro inseparável: o ponto. Ponto, o bisavô do tele-prompter, era aquela pessoa que ficava em baixo do palco, com a cabeça saindo de dentro de uma concha na boca de cena, que acompanhava o texto e “soprava” ao ator quando ele esquecia alguma coisa.
Italia fausta_monitor horizontal.cdr
Em “Até que o Casamento nos Separe”, Suzy Rêgo e Eduardo Martini interpretam um casal, que, com a maior sinceridade, abre sua vida, cheia de comédia, contrapontos e riqueza de detalhes. Até que o casamento nos separe é uma sequência de momentos hilários. A direção é de Eduardo Martini e o texto de Eduardo Martini e Cris Nicolotti.
Sem título-1
“Sexo dos Anjos”
Com Eduardo Martini e Fernando Vieira
Duração 80 minutos
6 a 27/01
Quarta – 21h
$50
 
“Quem tem Medo de Itália Fausta?”
Com Eduardo Martini, Ailton Guedes, Alexandre Jabali, Luciana Riccio e Raquel Araujo
Duração 90 minutos
07/01 até 25/02
Quinta – 21h
$50
 
“Até que o Casamento nos Separe”
Com Suzy Rêgo e Eduardo Martini
Duração 90 minutos
08 a 17/01
Sexta – 21h30; Sábado – 21h; Domingo – 19h
22/01 até 26/02
Sexta – 21h30
$60
Teatro Itália (Edifício Itália – Avenida Ipiranga, 344 – República, São Paulo)