ERÓTICA – UMA COMÉDIA GOZADA

Erótica – Uma Comédia Gozada aborda de uma maneira cômica e crítica o universo do erotismo e do sexo, que são o pano de fundo para as divertidas esquetes apresentadas durante este espetáculo, criado e dirigido por Marco Fentanes.

Na peça, temos teatro negro, dança, humor, música, mímica e mágica.

Entre as esquetes estão:

  • O mágico atrapalhado e sua incrível partner que salva suas lambanças e diverte a plateia com um strip tease surpreendente;
  • Uma esquete em gênero burlesco: a Dança dos Leques;
  • A luta de MMA, que um desavisado juraria ser uma aula de Kamasutra;
  • Um strip tease diferente onde o palhaço Aquele Mario tira tudo. Mas tudo mesmo!;
  • Um número musical com flautas;
  • A apresentação de um medley sofisticado para as músicas mais erótico-cômicas da MPB; entre outras.

Um dos quadros presta homenagem a duas personalidades da cena paulistana: Claudia Wonder e Caio Fernando Abreu. O escritor ofereceu um belo texto para a artista transexual, ícone da cultura gay e pioneira na defesa dos direitos dos homossexuais e travestis. Esse texto foi apresentado no espetáculo Erótica – tudo pelo sensual, no Teatro Mambembe em São Paulo, em 1988.

 

22221803_855581877926224_2398798233176716136_n.jpg

Erótica – Uma Comédia Gozada
Com Maria Cecilia Mansur, Cinthia Kadel, Laya, Aquele Mario, Esdras De Lúcia e Marco Fentanes
Bar Brahma (Av. São João, 677 – Centro, São Paulo)
Duração 75 minutos
16/10 até 13/11
Segunda – 21h30
$40
Classificação 18 anos

 

O NEGÓCIO É AMAR – DICK FARNEY VIVE

No ano de 1987, o Brasil perdeu Dick Farney, grande pianista e cantor, aclamado por muitos como o pai da Bossa Nova. Trinta anos após a sua morte, Marcio Louzada, ator experiente em musicais e carioca como Dick, idealizou esse tributo. Sua voz límpida e suave, muito semelhante a voz de seda de Dick, fez com que se debruçasse no universo dos “anos dourados”. Um ambiente boêmio e, sobretudo, musical do final dos anos 40 até meados dos anos 60, que serve de cenário para esse espetáculo (todo em primeira pessoa) inspirado na efervescência cultural da época.

O roteiro musical permite uma viagem por todo esse movimento, citando curiosidades e referências como a de Vinicius de Moraes lembrando de histórias na casa da família de Dick Farney que, segundo o poetinha, faziam as festinhas de apartamentos dos bossa-novistas da zona sul se tornar brincadeira de criança. E foi nesse ambiente de música erudita e do jazz ao samba que Dick foi contaminado até estourar em 1946, interpretando Copacabana, a faixa inaugural da linguagem que movimentaria o país por décadas batizada de samba-canção. Ele tornou clássico quase tudo que gravava sendo fonte de confessadas inspirações dos músicos que viriam a formar o movimento da Bossa Nova.

Dick chegou a participar da Bossa Nova mas, por ironia do destino, acabou sendo atropelado pela revolução que esse movimento causou na nossa música e viu seu mercado encolher. Mas jamais fez concessões a estilos que não acreditava e manteve sua dignidade até o fim. Com isso, esse espetáculo musical vem prestar essa homenagem inédita aqui em São Paulo, cidade que escolheu viver e onde morreu aos 66 anos, para iluminar esse ícone da música popular brasileira injustamente menos revisitado nos dias de agora.

O musical estreia no Bar Brahma e contará com três participações especiais da nossa cena musical: Thulla Melo, Janaína Bianchi e Leo Diniz.

O Negócio é Amar- Dick Farney vive
Com Marcio Louzada e participações especiais de Leo Diniz, Thulla Melo e Janaina Bianchi.
Músicos: Piano e voz: Marisa Gurgel, Contra-baixo e violão: Marcellus Meirelles, Bateria: David Vieira.
Bar Brahma – Salão Principal (Avenida São João, 677 – Centro, São Paulo)
20/09
Quarta (Abertura às 20h / Previsão Início do show às 21h30)
Couvert $30
Classificação livre (menores de idade acompanhados pelo responsável)
 
Reservas: 11 2039-1251 reservas@fabricadebares.com.br

 

O AGORA

O ator e cantor, César Mello apresenta o seu show “O Agora” , nesta quinta feira, 08 de junho, no Bar Brahma Centro. Baseado no EP de mesmo nome, lançado no começo deste ano, Cesar irá mostrar suas próprias composições.

César resolveu mostrar o seu lado compositor e cantor, quando ainda estava em cartaz com o musical “Wicked” (Teatro Renault) e a novela “A Lei do Amor” (rede Globo).

Muito embora eu cante e componha mesmo antes de atuar, muitas pessoas não conhecem esse meu lado. Eu componho desde os 18 anos, mas havia muito tempo que não compunha nada”.

Como influência musical, César tem suas inspirações na música africana, em compositores como Gilberto Gil, Caetano Veloso, além do que aprendeu na Faculdade de Letras.

Chico Buarque, Tom Zé, Chico César são cantores que usam a palavra na música com maestria e eu amo muito. Acho que música e literatura juntas me influenciam demais na hora de compor, porque gosto do pensamento filosófico por trás das canções. Mesmo as de amor”.

E você, seguidor do Opinião de Peso, poderá ver este show com 20% de desconto no valor do ingresso. Para tanto basta apresentar este post (site, face e/ou insta) na bilheteria do Bar Brahma.

Veja abaixo o clipe da música, que dá título ao EP – “O Agora“.

O Agora
Com César Mello e banda
Bar Braham Centro – Salão Principal (Av. São João 677 Centro – São Paulo)
08/06
Quinta – 21h
$50
Classificação 16 anos
Informações e Reservas: 11 2039-1250

www.barbrahmacentro.com