CANÇÃO DENTRO DO PÃO

Devido ao sucesso, a comedia Canção dentro do Pão faz nova temporada a partir de quinta-feira, 15 de março às 20h no Teatro Denoy de Oliveira. Com direção de Bete Dorgam, o texto de Raimundo Magalhães Júnior é inspirado em uma passagem do romance “Jacques le Fataliste et Son Maitre” (Jacques, o Fatalista e Seu Amo) do escritor francês Denis Diderot.  A temporada tem sessões sempre quintas, às 20 horas, e sextas às, 21 horas, até 17 de maio.

A montagem apresenta composições originais criadas pelo maestro Marcus Vinícius com direção musical de Léo Nascimento, que também compôs algumas canções para o espetáculo. A peça é uma realização do CPC-UMES e o elenco é formado por João Ribeiro, Pedro Monticelli, Rebeca Braia, Ricardo Koch Mancini e Rafinha Nascimento.

A trama traz um pretenso adultério entre a inconsequente Jacqueline e do intendente Monsieur Finot, que pretende incriminar Jacquot – marido de Jacqueline   e leal padeiro do rei Luiz XVI – com a introdução de uma canção subversiva dentro dos pães que serão servidos na corte, às vésperas da Queda da Bastilha.

O espetáculo conta com música ao vivo, cenários e figurinos com características de época, todavia também traz elementos anacrônicos tanto na concepção visual quanto na linguagem em cena. O texto traz a fragmentação de poderes da monarquia e coloca a ficção se aproximando da realidade em meio à crise política vivida pelo Brasil nos últimos anos.

A peça teve sua primeira montagem em 1953 com direção de Sergio Cardoso pela Companhia Dramática Nacional. O elenco contava com o próprio Sérgio Cardoso, Bibi Ferreira, Leonardo Villar, Nydia Licia e o espetáculo ganhou o Prêmio Saci e o Prêmio Governador do Estado, ambos na categoria de melhor ator para Sergio Cardoso.

O Teatro Denoy de Oliveira tem uma longa trajetória na cena teatral. Em 1994, foi inaugurado o Teatro da UMES, que tinha a característica de teatro de arena. Foi sede das apresentações musicais e teatrais dos projetos realizados pelo CPC-UMES até janeiro de 1998, ocasião em que passou por uma reforma completa. Foi reinaugurado em fevereiro de 1999, com o nome atual, em uma homenagem dos estudantes secundaristas ao criador do CPC-UMES.

No local, passaram temporadas de várias produções como Querem Bater Minha Carteira. Vô Doidim E Os Velhos Batutas, Turandot, A História Do Samba Paulista, parcerias com Forte Casa Teatro que trouxe diversas montagens, Santa Joana Dos Matadouros, A Exceção E A Regra, Os Azeredo Mais Os Benevides. O espaço possui uma efervescência cultural com mostras de filmes, eventos de dança, literatura, músicas.

Jacqueline (Rebeca Braia), Jacquot (Pedro Monticelli), Monsieur Finot (João Ribeiro) e o músico e ator Rafinha Nascimento by Jennifer Glass.jpg

Canção Dentro do Pão
Com João Ribeiro, Pedro Monticelli, Rebeca Braia, Ricardo Koch Mancini e Rafinha Nascimento
Teatro Denoy de Oliveira (Rua Rui Barbosa, 323 – Bela Vista, São Paulo)
Duração 90 minutos
15/03 até 17/05
Quinta – 20h, Sexta – 21h,
$20 (Entrada gratuita para moradores do bairro da Bela Vista mediante comprovante de residência e estudantes com Carteirinha da UMES)
Classificação Livre

CANÇÃO DENTRO DO PÃO

Devido ao sucesso, a comedia Canção dentro do Pão prorrogou a temporada até de 8 de outubro no Teatro Denoy de Oliveira. Com direção de Bete Dorgam, o texto é de Raimundo Magalhães Júnior inspirado em uma passagem do romance “Jacques le Fataliste et Son Maitre” (Jacques, o Fatalista e Seu Amo) do escritor francês Denis Diderot.  A temporada tem sessões sempre sextas e sábados, às 21 horas, e domingos às, 19 horas.

A montagem apresenta composições originais criadas pelo maestro Marcus Vinícius com direção musical de Léo Nascimento, que também compôs algumas canções para o espetáculo. A peça é uma realização do CPC-UMES e o elenco é formado por João Ribeiro, Pedro Monticelli, Rebeca Braia, Ricardo Koch Mancini e Vittor Meneghetti.

A trama traz um pretenso adultério entre a inconsequente Jacqueline e do intendente Monsieur Finot, que pretende incriminar Jacquot – marido de Jacqueline   e leal padeiro do rei Luiz XVI – com a introdução de uma canção subversiva dentro dos pães que serão servidos na corte, às vésperas da Queda da Bastilha.

O espetáculo conta com música ao vivo, cenários e figurinos com características de época, todavia também traz elementos anacrônicos tanto na concepção visual quanto na linguagem em cena. O texto traz a fragmentação de poderes da monarquia e coloca a ficção se aproximando da realidade em meio à crise política vivida pelo Brasil nos últimos anos. A Queda da Bastilha, evento central da Revolução Francesa, ocorreu em 14 de julho de 1789, por isso a escolha da estreia acontecer em 14 de julho no o Teatro Denoy de Oliveira.

A peça teve sua primeira montagem em 1953 com direção de Sergio Cardoso pela Companhia Dramática Nacional. O elenco contava com o próprio Sérgio Cardoso, Bibi Ferreira, Leonardo Villar, Nydia Licia e o espetáculo ganhou o Prêmio Saci e o Prêmio Governador do Estado, ambos na categoria de melhor ator para Sergio Cardoso.

O Teatro Denoy de Oliveira tem uma longa trajetória na cena teatral. Em 1994, foi inaugurado o Teatro da UMES, que tinha a característica de teatro de arena. Foi sede das apresentações musicais e teatrais dos projetos realizados pelo CPC-UMES até janeiro de 1998, ocasião em que passou por uma reforma completa. Foi reinaugurado em fevereiro de 1999, com o nome atual, em uma homenagem dos estudantes secundaristas ao criador do CPC-UMES.

No local, passaram temporadas de várias produções como Querem Bater Minha Carteira. Vô Doidim E Os Velhos Batutas, Turandot, A História Do Samba Paulista, parcerias com Forte Casa Teatro que trouxe diversas montagens, Santa Joana Dos Matadouros, A Exceção E A Regra, Os Azeredo Mais Os Benevides. O espaço possui uma efervescência cultural com mostras de filmes, eventos de dança, literatura, músicas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Canção Dentro do Pão
Com João Ribeiro, Pedro Monticelli, Rebeca Braia, Ricardo Koch Mancini e Vittor Meneghetti. 
Teatro Denoy de Oliveira (Rua Rui Barbosa, 323 – Bela Vista – São Paulo)
Duração 90 minutos
14/07 até 08/10
Sexta e Sábado – 21h, Domingo – 19h
$20
Classificação livre

 

CANÇÃO DENTRO DO PÃO

Com direção de Bete Dorgam, a comedia Canção dentro do Pão estreia na sexta-feira, 14 de julho, às 21 horas, no Teatro Denoy de Oliveira. 

A trama traz um pretenso adultério entre a inconsequente Jacqueline e do intendente Monsieur Finot, que pretende incriminar Jacquot – marido de Jacqueline   e leal padeiro do rei Luiz XVI – com a introdução de uma canção subversiva dentro dos pães que serão servidos na corte, às vésperas da Queda da Bastilha.

O espetáculo conta com música ao vivo, cenários e figurinos com características de época, todavia também traz elementos anacrônicos tanto na concepção visual quanto na linguagem em cena. O texto traz a fragmentação de poderes da monarquia e coloca a ficção se aproximando da realidade em meio à crise política vivida pelo Brasil nos últimos anos. A Queda da Bastilha, evento central da Revolução Francesa, ocorreu em 14 de julho de 1789, por isso a escolha da estreia acontecer em 14 de julho no o Teatro Denoy de Oliveira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Canção Dentro do Pão
Com João Ribeiro, Pedro Monticelli, Rebeca Braia, Ricardo Koch Mancini e Vittor Meneghetti. 
Teatro Denoy de Oliveira (Rua Rui Barbosa, 323/ Bela Vista – São Paulo)
Duração 90 minutos
14/07 até 10/09
Sexta e Sábado – 21h; Domingo – 19h
$20
Classificação Livre