EU NÃO POSSO LEMBRAR QUE TE AMEI – DALVA & HERIVELTO (Rio de Janeiro)

Depois das temporadas no Theatro NET Rio e no Imperator, com 10.000 espectadores, a montagem Eu não posso lembrar que te amei – Dalva & Herivelto, com Sylvia Massari e Tadeu Aguiar e texto de Artur Xexéo, se despede do Rio de Janeiro com as apresentações na Cidade das Artes, dias 14 a 15 de outubro de 2017, sábado e domingo, sob direção de Tadeu Aguiar.

Em seguida às sessões na Barra da Tijuca, o espetáculo segue para Teresópolis, Petrópolis, São Gonçalo e Nova Iguaçu [circuito SESC].

A montagem é uma celebração ao centenário de Dalva de Oliveira, nascida em Rio Claro, São Paulo, em 1917.

O espetáculo usa o repertório de Dalva [1917-1972] e Herivelto Martins [1912-1992] para narrar a trajetória dos dois, do tempo do Trio de Ouro, nas décadas de 1930 e 40, quando eram casados, ao famoso duelo musical, no começo dos anos 1950, que marcou a carreira do casal, depois que ele se desfez.

Sylvia e Tadeu contam e cantam essa história cheia de paixão, ilustrada com alguns dos maiores sucessos da música brasileira – “Ave Maria do Morro”, “Tudo acabado”, “Errei, sim”, “Caminhemos”, “Bandeira Branca”, totalizando 24 canções, acompanhados por Tony Lucchesi [diretor musical da encenação] / Tarantilio Costa – piano e regência [eles revezam], Thais Ferreira – violoncelo  e Léo Bandeira – bateria e metalofone.

Na primeira parte da peça, a do encontro dos dois, o repertório é o de sucessos do Trio de Ouro, grupo vocal que Dalva e Herivelto formaram com Nilo Chagas: “Praça Onze”, “Ave Maria do Morro”, “Segredo” e outros. Na segunda parte, a da separação, a seleção é quase toda formada pela famosa polêmica travada pelos dois: “Tudo Acabado”, “Que Será”, “”Errei Sim” e outras.

Eu Não Posso Lembrar Que Te Amei – Dalva&Herivelto
Com Sylvia Massari e Tadeu Aguiar
Cidade das Artes – Grande Sala (Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro)
Duração 70 minutos
14 e 15/10
Sábado – 21h, Domingo – 18h
$50/$100
Classificação etária: 10 anos

 

 

PRÊMIO REVERÊNCIA 2017

Chegando a sua terceira edição, foi divulgada hoje a lista dos indicados ao Prêmio Reverência 2017. A cerimônia acontecerá no dia 27 de setembro na Grande Sala, da Cidade das Artes (RJ).

(a saber – o Prêmio Reverência é a única premiação a reconhecer o trabalho das produções paulistas e cariocas simultaneamente, com isso, sua cerimônia de entrega se reveza entre as duas cidades.)

Foram avaliados no total 49 espetáculos (estiveram em cartaz entre janeiro de 2016 e julho de 2017), sendo que os jurados escolheram 19 musicais para concorrer em 15 categorias (Direção, Ator, Atriz, Ator Coadjuvante, Atriz Coadjuvante, Autor, Cenografia, Iluminação, Figurino, Coreografia, Direção Musical, Design de Som, Especial, Melhor Espetáculo  Melhor Espetáculo – Júri Popular – este último em votação online a partir de 22/08).

Quem saiu na frente no número de indicações foi o musical “My Fair Lady“, que foi reconhecida em 11 categorias, seguida por “Suassuna – O Auto do Reino do Sol“, com 10 indicações (estreia em São Paulo no dia 25 de agosto)

O Prêmio Reverência é uma criação da produtora Antonia Prado em parceria com Rodrigo Rivelino, da AktuellMix. ‘O desejo de fazer o prêmio é antigo. Percebi que temos importantes produtoras e artistas, mas ainda precisamos olhar para o mercado, com todo o potencial que ele possui. Somos o terceiro maior produtor de musicais do mundo e não reconhecemos, como deveríamos, nossos talentos. A ideia do Reverência é dar mais visibilidade ao gênero e garantir a sua perpetuação e crescimento. Precisamos unir forças e por isso é tão importante envolver as duas cidades, analisa Antonia Prado.

temp_regrann_1502833270708

Veja abaixo a lista dos indicados ao Prêmio Reverência 2017

Melhor Direção

Duda Maia por Auê’
João Falcão por Gabriela, Um Musical
Jorge Takla por ‘My Fair Lady
Luis Carlos Vasconcelos por Suassuna – O Auto do Reino do Sol
Susana Ribeiro por Rent

Melhor Ator

Gabriel Bellas por A Era do Rock
Jarbas Homem de Mello por A Paixão Segundo Nelson
Marcelo Medici por Rocky Horror Show
Marcos Tumura por Forever Young
Nando Pradho por Les Miserables
Paulo Szot por ‘My Fair Lady

Melhor Atriz

Fabi Bang por Wicked
Laila Garin por Gota d’água [a seco]
Myra Ruiz por Wicked
Paula Capovilla por Forever Young
Rebeca Jamir por Suassuna – O Auto do Reino do Sol

Melhor Ator Coadjuvante

Diego Montez por Rent
Fred Silveira por My Fair Lady
Ivan Parente por Les Miserables
Nicola Lama por Rocky Horror Show
Sandro Christopher por My Fair Lady

Melhor Atriz Coadjuvante

Andrezza Massei por Les Miserables
Bruna Guerin por Rocky Horror Show
Giulia Nadruz por ‘Cinderella
Laura Lobo por Les Miserables
Paula Capovilla por Meu Amigo Charlie Brown
Priscila Borges por Rent

Melhor Autor

Bráulio Tavares por Suassuna – O Auto do Reino do Sol
Diego Fortes por O Grande Sucesso
Duda Maia e Cia Barca dos Corações Partidos por Auê’
Fernanda Maia por Lembro Todo Dia de Você’
Gustavo Gasparani por ‘Gilberto Gil, Aquele Abraço – O Musical

Melhor Coreografia

Alonso Barros por Rocky Horror Show
Alonso Barros por Cinderella
Fabricio Licursi por Gota d’água [a seco]
Jarbas Homem de Mello e Fernando Neves por A Paixão Segundo Nelson
Tania Nardini por My Fair Lady

Melhor Figurino

Carol Lobato por Cinderella
Charles Möeller por Rocky Horror Show
Fabio Namatame por My Fair Lady
Kika Lopes e Heloisa Stockler por Suassuna – O Auto do Reino do Sol
Simone Mina por Gabriela, Um Musical

Melhor Iluminação

Cesar de Ramires por Gabriela, Um Musical
Maneco Quinderé por Cinderella
Renato Machado por Auê’
Renato Machado por Suassuna – O Auto do Reino do Sol
Robert Wilson e John Torres por Garrincha

Melhor Cenário

Duda Arruk por A Paixão Segundo Nelson
Kika Lopes por Auê’
Nicolás Boni por My Fair Lady
Rogério Falcão por Cinderella
Sérgio Marimba por Suassuna – O Auto do Reino do Sol

Melhor Design de Som

Gabriel DAngelo por Gota d’água [a seco]
Gabriel DAngelo por Auê’
Gabriel DAngelo por Suassuna – O Auto do Reino do Sol
Mike Potter por Les Miserables
Tocko Michelazzo por My Fair Lady

Melhor Direção Musical

Alfredo Del-Penho e Beto Lemos por Auê’
Chico Cesar, Alfredo Del-Penho e Beto Lemos por Suassuna – O Auto do Reino do Sol
Luis Gustavo Petri por My Fair Lady
Nando Duarte por Gilberto Gil, Aquele Abraço – O Musical
Pedro Luís por Gota d’água [a seco]

Categoria Especial

Claudio Botelho pelas versões de Les Miserables
Elenco da Cia. Barca dos Corações Partidos por Suassuna – O Auto do Reino do Sol’ e ‘Auê’
Feliciano San Roman pelo design de perucas de My Fair Lady
Mariana Elisabetsky e Victor Muhlethaler pelas versões de Wicked
Rafa Miranda e Fernanda Maia pelas composições de Lembro Todo Dia de Você’
Tony Luchesi pelos arranjos de 60 Doc Musical

Melhor Espetáculo

Auê’ – Sarau Agência de Cultura Brasileira
Cinderella’ – Fábula Entretenimento
Forever Young’ – Benjamin Produções e Chaim XYZ Produções
Gabriela, Um Musical’ – Tempo Entertainment, Caradiboi Arte e Esporte, em associação com Opus Promoções e quinaMáquina ProduçõesArtísticas 
Gota D’água [a seco]’ – Sarau Agência de Cultura Brasileira
Les Miserables’ – T4F Entretenimento
My Fair Lady’ – Takla Produções Artísticas, EGG Entretenimento e IMM
‘Rocky Horror Show’ – M&B
Suassuna – O Auto do Reino do Sol’ – Sarau Agência de Cultura Brasileira
‘Wicked ‘– T4F Entretenimento