CINDERELA PERVERTIDA

O autor de “Cinderela Pervertida”, nasceu em uma cidade do interior de Pernambuco, e lá viveu sua infância perto de um prostíbulo/ quengal e de lá surgiu a inspiração para adaptar essa fábula para o mundo real. “Cinderela” é um dos contos de fada mais populares da humanidade. Sua origem tem diferentes versões. A versão mais conhecida é a do escritor francês Charles Perrault, de 1697, baseada num conto italiano popular chamado La Gatta Cenerentola (“A gata borralheira”).

De forma divertida, leve e descontraída Rodolfo Alex Galvão, consegue que a plateia se identifique com a trajetória da atrapalhada “Cinderela Pervertida”, e de risada dá vida difícil dessa jovem, e de todas dificuldades que tem que se sujeitar, para alcançar o que tanto almeja. Que não é mais se casar com o personagem do Príncipe Encantado, como na história original; mas sim, se tornar a nova quenga/ prostituta do Cabaré que ele e Maria Jacutinga possuem na trama.

Assim, muitas surpresas e confusões acontecem nesse universo de valores invertidos e pervertidos. Mas, afinal, será que “Cinderela Pervertida” será a nova quenga do famoso cabaré da cidade? Vale a pena conferir essa comédia, e descobrir que fim essa história vai dar!

 

Cinderela Pervertida
Com Anny Hipólito, Felipe Zatara, Joice Tavares, Lauanna Andrade, Regina Hennies, Victor Damaso.
Teatro União Cultural (Rua Mário Amaral, 209 – Paraíso, São Paulo)
12/06 até 31/07
Domingo – 18h
$50
Classificação 14 anos
 
Autor: Rodolfo Alex Galvão
Direção: Edgar Benitez
Cenografia e figurino: Angela Schoendorfer
Arranjos Musicais: Lucas Brolese
Operação de Som: Lívia Cardoso
Criação e operação luz: Renato Hermeto
Fotos: Kalinka Maki
Arte Gráfica: Fábio Corrêa
Direção de produção: Edgar Benitez
Produção Executiva: Joice Tavares e Regina Hennies
Assistente de Produção: Theodoro Becker
Apoios e parcerias: Grupo Teatral Corrente, Trevo – Trade & Service
Assessoria de Imprensa: Orpheu Assessoria e Produtora Cultural

CINDERELA PERVERTIDA

Estreia da divertida comédia “Cinderela Pervertida”, onde a personagem Cinderela – sua meia irmã e sua madrasta – tem a possibilidade de disputarem a vaga de nova quenga do Príncipe.  Essa é a oportunidade de uma delas mudar de vida, e o Príncipe, uma espécie de cafetão, ao lado de Maria Jacutinga, vai decidir quem será a escolhida do cabaré que só toca funk e forro.

No entanto, a irmã e a madrasta impedem que Cinderela vá ao baile, eis que surge um fado padrinho atrapalhado para tentar ajudar. Mas, isso não impede que a personagem se envolva em inúmeras enrascadas enquanto corre em busca de seus sonhos.

Assim, muitas surpresas e confusões irão acontecer nesse universo de valores invertidos. Afinal, quem será a nova quenga do famoso cabaré?  Somente embarcando nessa divertida história para descobrir!

A direção precisa e refinada do espetáculo “Cinderela Pervertida” é de Edgar Benitez, que já trabalhou dirigindo em teatro atores e atrizes, como: Norma Brum, Mayara Magri, Babi Xavier, Clara Carvalho,  João Baldasserini, entre outros.

Cinderela Pervertida
Com Anny Hipólito, Felipe Zatara, Joice Tavares, Lauanna Andrade, Regina Hennies, Victor Damaso.
Teatro União Cultural (Rua Mário Amaral, 209 – Paraíso, São Paulo)
04/05 até 08/06
Quarta – 20h30
Recomendação 14 anos
$30
 Autor: Rodolfo Alex Galvão
Direção: Edgar Benitez
Cenografia e figurino: Angela Schoendorfer
Arranjos Musicais: Lucas Brolese
Operação de Som: Lívia Cardoso
Criação e operação luz: Renato Hermeto
Fotos: Kalinka Maki
Arte Gráfica:  Fábio Corrêa
Direção de produção: Edgar Benitez
Produção Executiva: Joice Tavares e Regina Hennies
Assistente de Produção: Theodoro Becker
Apoios e parcerias: Grupo Teatral Corrente, Trevo – Trade & Service
Assessoria de Imprensa: Orpheu Assessoria e Produtora Cultural