COMUM DE DOIS (MATÉRIA)

A peça ” Comum De Dois” explora épocas e intertextualidade e tem como ponto chave a relação homoafetiva dos protagonistas, localizando o debate na formação da sociedade moderna brasileira do século XX, a homofobia em sua matriz histórica.

Conversamos com o ator, dramaturgo e diretor, Rhommel Bezerra, e com a atriz e diretora musical, Ananda Ismail, sobre a peça.

Se você doar calçado, agasalho ou edredom, você além de ajudar quem precisa, ainda ganha 50% de desconto no preço do ingresso. (válido para as sessões de julho e mediante a compra na bilheteria do Top Teatro no dia de cada sessão)

Comum de Dois
Com Guilherme Dal Castel, Rhommel Bezerra, Eloise Yamashita, Ananda Ismail, Thiago Miyamoto, Rafael Anastasi
Top Teatro (R. Rui Barbosa, 201 – Bela Vista, São Paulo)
Duração 80 minutos
01 a 31/07
Sexta e Sábado – 21h; Domingo – 19h
$40
Classificação 16 anos

Sessões aos domingos gratuitas para estudantes de toda a rede pública, mediante comprovação e disponibilidade na bilheteria do teatro.

Dramaturgia, Direção e Produção de Rhommel Bezerra
Foto: Studio Faya e Aline Pereira
Cenário e Design: Rhommel Bezerra
Figurinos: Jhon Santana
Produção Executiva: Fora da Chuva Produções
Iluminação: Carolina Jorge e Fernando Dantas
Trilha Sonora
Vozes: Rhommel Bezerra e Ananda Ismail
Violão: Thiago Miyamoto e Fernando Dantas

COMUM DE DOIS

O Grupo Itinerante volta a São Paulo, com a peça “Comum De Dois“, que ficou em cartaz na cidade durante o mês de maio

Com texto e direção de Rhommel Bezerra, a peça é ambientada em 1918, no Recife Antigo. A ação se passa numa casa, que é deixada de herança para a nova geração de um família, que tem ascendência inglesa.

Uma caixa, trancada por muito tempo nesse lugar, guarda a verdade sobre os antepassados dos herdeiros. Narra a história de um triângulo amoroso entre dois homens e uma mulher, uma paixão que foi sufocada pelas convenções sociais. Uma vez descobertas, as revelações nunca mais poderão ser esquecidas.

12112493_1090610794345516_2081957797153553249_n

A montagem explora épocas e intertextualidade e tem como ponto chave a relação homoafetiva dos protagonistas, localizando o debate na formação da sociedade moderna brasileira do século XX, a homofobia em sua matriz histórica.

O Grupo Itinerante é um coletivo formado por artistas de diferentes partes do Brasil que busca promover montagens teatrais que fujam do eixo convencional.

O amor não se contenta com estes olhares à furto e estes apertos de mão às escondidas.

Comum de Dois
Com Guilherme Dal Castel, Rhommel Bezerra, Eloise Yamashita, Ananda Ismail, Thiago Miyamoto, Rafael Anastasi
Top Teatro (R. Rui Barbosa, 201 – Bela Vista, São Paulo)
Duração 80 minutos
01 a 31/07
Sexta e Sábado – 21h; Domingo – 19h
$40
Classificação 16 anos
 
Sessões aos domingos gratuitas para estudantes de toda a rede pública, mediante comprovação e disponibilidade na bilheteria do teatro.
 
Dramaturgia, Direção e Produção de Rhommel Bezerra
Foto: Studio Faya e Aline Pereira
Cenário e Design: Rhommel Bezerra
Figurinos: Jhon Santana
Produção Executiva: Fora da Chuva Produções
Iluminação: Carolina Jorge e Fernando Dantas
Trilha Sonora
Vozes: Rhommel Bezerra e Ananda Ismail
Violão: Thiago Miyamoto e Fernando Dantas