DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA

Perto dos três mil espectadores, a temporada de Doze Homens e Uma Sentença será prorrogada no Teatro Aliança Francesa. O espetáculo mostra a história de um clássico do cinema com os doze jurados reunidos para decidir se condenam ou não à morte um jovem acusado de assassinar o pai. A narrativa articulada pelos personagens é um exercício de argumentação e conflito de paixões acirradas. Apenas um resultado unânime garante a execução, caso contrário, o jovem não poderá ser condenado.

A partir do dia 7 de abril, a peça terá mais dez sessões extras, sempre às quintas e sextas, às 20h30. Doze Homens e Uma Sentença traz um elenco renovado com nomes como Bruno Barchesi (Esplêndidos e A Mandrágora), além do célebre Zé Carlos Machado e direção de Eduardo Tolentino de Araújo.

“O Tapa é uma companhia de repertório, como as companhias europeias, e nossas peças não são montadas para uma única temporada. Elas retornam para estabelecer um contato maior com o público, que vem nos rever e trazer os amigos que ainda não assistiram, além de um novo público que não teve oportunidade de assistir aos espetáculos. Vivemos em uma cidade de 20 milhões de habitantes e, com muito sucesso, uma peça alcança dez mil pessoas em uma temporada. Então é importante que as pessoas vejam, é um treinamento para os atores, além de retomarmos as apresentações de uma maneira mais amadurecida”, diz o diretor Eduardo Tolentino de Araújo.

12 homens e uma sentenca

Doze Homens e Uma Sentença
Com Adriano Bedin, Augusto Cesar, Brian Penido, Bruno Barchesi, Fernando Medeiros, Gustavo Trestini, Ivo Muller, Manolo Rodrigues, Norival Rizzo, Rafael Golombek, Ricardo Dantas, Rodolfo Freitas e Zé Carlos Machado
Teatro Aliança Francesa (Rua General Jardim 182 – Vila Buarque, São Paulo)
Duração 100 minutos
até 27/03
Quinta, Sexta e Sábado – 20h30; Domingo – 19h
07/04 até 06/05
Quinta e Sexta – 20h30
Recomendação 12 anos
$50
 
Texto: Reginald Rose
Direção: Eduardo Tolentino de Araújo
Figurinos e Cenário: Lola Tolentino
Iluminação: Nelson Ferreira
Produção Geral: Ana Paz
Produção executiva: Cesar Baccan
Realização: Grupo TAPA

 

 

“Esplêndidos”

A peça ‪#‎Esplêndidos‬ estreia a segunda fase do projeto “Genet em Dois Tempos”, iniciada com a peça “As Criadas”, em janeiro deste ano.
O projeto é realizado pelo ‪#‎grupoTapa‬, e serve para comemorar a parceria feita com o ‪#‎TeatroAliançaFrancesa‬, além de comemorar os 50 anos do teatro.
O espetáculo “Esplêndidos”, dirigido por Eduardo Tolentino, traz sete gangsters que estão cercados no sétimo andar de um hotel de luxo em Paris. A polícia está sem ação, um jovem policial e a filha de um milionário americano são mantidos como reféns. A cidade parou para admirar a tragédia. Luxúria, traição, morte, os célebres bandidos agem em meio ao caos em que tudo é possível para se salvar, até mesmo travestir-se.
Outro importante destaque do texto é a influência da mídia, sobre as pessoas, representado pelo rádio, que vai transmitindo a reação das pessoas sobre o caso e dá voz as forças repressoras do sequestro, muito parecido com as coberturas de sequestros feitos pelas emissoras de TV.
#Esplêndidos #GrupoTapa #TeatroAliançaFrancesa ‪#‎Teatro‬‪#‎VáAoTeatro‬ ‪#‎OpiniãoDePeso‬

site

“Esplêndidos”
Com: Grupo Tapa – Adriano Bedin, André Luiz Rossi, Bruno Barchesi, Cesar Baccan, Fernando Rocha, Julio Mancini, Michel Waisman e Sergio Mastropasqua
Teatro Aliança Francesa (Rua General Jardim, 182 – Vila Buarque – São Paulo)
Duração 90 minutos
22/05 à 12/07
Quinta, Sexta e Sábado – 20h30; Domingo – 19h
$20

#FabioCamaraAssessoria