O FILHO PRÓDIGO

A Cia Artística Gênesis trará aos palcos do Teatro Municipal Glória Giglio – Osasco um incrível espetáculo, cheio de cenários que prometem impressionar o público, inspirado em grandes musicais, com muita dança e encenação para contar essa história fantástica do filho prodigo.

A história é uma adaptação da Parábola do Filho Pródigo, narrando a vida de um pai que possuía dois filhos, em um belo dia o mais novo pede ao pai a sua herança e parte para terras distantes gastando tudo o que tem com os prazeres da vida, quando a herança acaba o filho mais novo se vê sem nada e começa a padecer necessidades, fazendo-o refletir sobre sua vida e em suas escolhas.

FACE (1).png

O Filho Pródigo

Com Cia Artística Gênesis

Teatro Municipal Glória Giglio (Av. dos Autonomistas, 1533 – Vila Campesina, Osasco)

Duração 90 minutos

16/03

Sábado – 17h e 20h

$40 (lote promocional $20)

Classificação: Livre

CAFÉ

O grupo Solilóquios Espessos estreia sua primeira montagem no palco e convida o público para um momento de aproximação com o universo juvenil.

Criada a partir de um poema escrito pelo dramaturgo Herácliton Caleb“Café” é uma peça jovem que aborda as expectativas e rituais de passagem dos romances juvenis para a fase adulta, com verdade e empatia.

A temporada de estreia deste espetáculo inédito marca também a estreia da companhia, que busca valorizar o jovem como protagonista de sua própria história, já que uma fatia expressiva deste público, por muito tempo, se viu pouco representada em espetáculos teatrais.

A obra adentra a vida de dois garotos que vivenciam uma trajetória romântica permeada somente por assuntos sobre café. Conflitos, inseguranças, paixões, fantasias, um misto de sensações que permeiam o período da juventude, retratadas com sensibilidade, cuidado e empatia.

Um espetáculo que busca dialogar com o público jovem de forma sincera, através de uma conexão verdadeira com suas verdades e inverdades, fugindo de estereótipos e formas caricatas de se retratar a juventude.

Como é se perceber e perceber o outro, em meio a este grande período de transição que a juventude representa a cada um de nós?” é uma das reflexões proposta pela montagem que tem co-direção de Bruna Vilaça, atuação de Gabriel Galante e Weslley Nascimento, que assina também a direção da peça.

A encenação transpassa o convencional teatro realista, e mistura linguagens como artes plásticas, dança-teatro e musicalidades, facilitando a aproximação e a conexão entre a obra e o público jovem.

O figurino, que segue uma paleta de cores indo do verde fosco à terra queimada, é formado por calças cintura alta, que dão uma aparência jovial dos anos 80 e se contrapõem às botas e meias contemporâneas, tornando a identidade visual do espetáculo atemporal.

Idealizada em 2018 pelo ator Weslley Nascimento, a companhia dos Solilóquios Espessos tem como proposta as montagens de obras inéditas, afim de contribuir com a propagação de dramaturgias exclusivamente brasileiras e de novos formatos cênicos que possuam um grande poder de comunicação com o público, partindo sempre das temáticas sociais referentes ao nosso tempo.

CARMEN (2).png

Café

Com Gabriel Galante e Weslley Nascimento

Teatro Nivaldo Santana – Escola de Artes de Osasco (R. Ten. Avelar Píres de Azevedo, 360 – Centro, Osasco)

Duração 60 minutos

01 a 09/09

Sexta e Sábado – 20h, Domingo – 18h

$10

Classificação 14 anos

TIROS EM OSASCO

Depois de duas temporadas de grande sucesso no Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso e no Sesc Santo Amaro, na capital, o espetáculo Tiros em Osasco faz suas primeiras apresentações em Osasco nos dias 14/10 às 20h e 15/10 às 19h, no Teatro do SESI Osasco. Os ingressos são gratuitos e podem ser reservados pelo www.sesisp.org.br/meu-sesi ou retirados na bilheteria uma hora antes do início do espetáculo. A peça circula por sete cidades da região metropolitana e do interior de São Paulo.

A apresentação em Osasco tem um significado especial para a trajetória da peça, que estreou em 2016, e deu origem à Faminta Cia. de Teatro. A cidade aparece no título do texto, escrito por Cássio Pires, pois tem como pano de fundo a chacina ocorrida em Osasco e Barueri em agosto de 2015 que deixou 19 mortos e cinco feridos.

A dramaturgia busca trazer reflexões sobre as relações permeadas pela violência e pela indiferença, típicas das grandes cidades. A partir da tragédia ocorrida há dois anos, a peça mergulha nos cômodos dos apartamentos de jovens de classe média e expõe, de modo contundente, seus pensamentos individualistas, preconceituosos e intolerantes.

Para cada fala intolerante e desprovida de fundamento, de conhecimento ou reflexão dita por essas personagens, há um estampido que ressoa em algum lugar que a vista cansada e míope já não mais consegue alcançar”, afirma a premiada diretora Yara de Novaes. Cada frase ácida dita em cena funciona como um tiro, disparado em direção ao público pelos 11 atores da Faminta Cia. de Teatro, grupo formado por atores provenientes do Núcleo Experimental de Artes Cênicas do SESI-SP.

Os elementos estéticos de Tiros em Osasco procuram refletir o universo e os valores das personagens: a luz, a trilha sonora e o cenário sugerem ideias de repetição, similaridade e espelhamento. Para obter esse resultado, a produção contou com a cenografia de André Cortez, ganhador do prêmio Shell; Wagner Antônio, responsável pela iluminação, e Cassio Brasil, que assina os figurinos. A trilha sonora de Dr Morris, por sua vez, mescla composições originais com canções pop como Modern Love (David Bowie), I Started A Joke (Bee Gees), Forever Young (Alphaville), entre outras.

Além de Osasco, a peça já passou por São Bernardo do Campo, Campinas, São José dos Campos, Campinas, São José do Rio Preto, Mogi das Cruzes e ainda será apresentada em Marília (20 e 21/10). Tiros em Osasco é um dos 60 espetáculos contemplados pelo edital de circulação Viagem Teatral 2017 do SESI-SP.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tiros em Osasco
Com Anna Gobbi, Ana Luiza Anjos, André Saboya, Guilherme Yazbek, Carlos Jordão, Marcella Vicentini, Marcelo Rodrigues, Magiu Mansur, Renata Becker, Renata Martins e Rodrigo Sampaio
Duração 90 min
Classificação 16 anos
Ingressos grátis (Reservas pelo site http://www.sesisp.org.br/meu-sesi)
 
14 e 15/10
Sábado – 20h, Domingo – 19h
Sesi Osasco (Av. Getúlio Vargas, 401 – Piratininga, Osasco – São Paulo)
Ingressos grátis
 
20 e 21/10
Sexta e Sábado – 20h
Sesi Marília (Av. João Ramalho, 1306 – Parque Sao Jorge, Marília – São Paulo)
Ingressos grátis