ROMEU E JULIETA

Sucesso de público e crítica durante temporada de estreia, com público de mais de 50 mil espectadores no Rio de Janeiro, Romeu e Julieta, em formato inédito no país para o clássico de William Shakespeare, chega ao Teatro Frei Caneca no dia 10 de agosto. Com direção de Guilherme Leme Garcia (Um Pai – Puzzle), o roteiro musical do espetáculo é composto por 25 canções do repertório de Marisa Monte, tanto de sua carreira solo quanto do projeto Tribalistas, como “Amor I Love You”, “Beija eu” e “Não Vá Embora”. Apresentado pelo Ministério da Cultura e Circuito Cultural Bradesco Seguros, o espetáculo é assinado pela Leme Produções Artísticas, em parceria com a Aventura Entretenimento. O musical conta com o patrocínio da Altas Schindler e Riachuelo e o apoio do BMA Advogados e do CNA. Os ingressos estão à venda no site do Ingresso Rápido.
 
Contamos com uma equipe de criadores incríveis para encantar o público, contando a história trágica do amor de dois jovens, obra imortal da literatura. Tivemos uma linda temporada no Teatro Riachuelo Rio e esperamos ser igualmente bem recebidos em São Paulo”, comenta Aniela Jordan, sócia-diretora da Aventura, ao lado de Fernando Campos, Luiz Calainho e Patrícia Telles.
 
A tragédia escrita entre 1591 e 1595, nos primórdios da carreira literária do inglês, conta a história de dois adolescentes apaixonados cuja morte acaba unindo suas famílias, outrora em pé de guerra. A obra é uma das mais levadas aos palcos do mundo inteiro e hoje o relacionamento dos protagonistas é considerado como o arquétipo do amor juvenil.
 
Histórias de amor sempre têm um lado melancólico, triste, mas, como todos sabem, Romeu e Julieta é a mais bela história de amor que já existiu”, comenta o diretor. “Eu assisti uma montagem do Antunes Filho há 30 anos, em São Paulo, e desde então fiquei totalmente emocionado. Sempre quis falar de Shakespeare para os jovens e trazer essa galera nova para o teatro. O espetáculo é atemporal, mistura o texto de 1500 com a música dos anos 2000, além de um figurino e um cenário que circulam entre esses tempos”.
 
A equipe criativa do espetáculo conta ainda com craques como a cenógrafa Daniela Thomas, uma das responsáveis pela Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, e o estilista João Pimenta, que desfila suas criações na São Paulo Fashion Week. A atriz Vera Holtz assina como “colaboradora artística”, tendo participado da preparação do elenco, e a adaptação da obra e o roteiro musical são da dupla Gustavo Gasparani, vencedor do Prêmio Shell, e do dramaturgo Eduardo Rieche. O visagismo é de Fernando Torquatto, um dos maquiadores e fotógrafos mais requisitados do país, referência no assunto beleza.
 
A direção musical é do produtor Apollo Nove e a direção vocal de Jules Vandystadt. Renato Rocha, diretor de Ayrton Senna, O Musical, é o responsável em preparar os atores para as lutas de espadas que acontecem durante o espetáculo. Ele trabalhou durante um longo tempo com a “Royal Shakespeare Company”, uma das companhias de teatro mais importantes do Reino Unido.
 
O jovem e apaixonado casal é interpretado por Bárbara Sut (Rio Mais Brasil – O Nosso Musical) e Thiago Machado (Cazuza, Rent, Rocky Horror show, Cantando na Chuva). O elenco traz ainda nomes como Ícaro Silva (Rock in Rio – O Musical, Simonal, Elis, a Musical), no papel de Mercuccio, Pedro Caetano (Rei Leão, Les Misérables), como Teobaldo, Bruno Narchi (Rock in Rio – O Musical, Cazuza, Cinderella, Rent), interpretando Benvoglio, Stella Maria Rodrigues (Cristal Bacharat, Cazuza, Emilinha), como a carismática Ama, Claudio Galvan (Família Addams, Garota de Ipanema – O Amor É Bossa), o Frei, Kacau Gomes (Rock in Rio – O Musical, Beatles num céu de diamantes, O médico e o monstro, Les Misérables) e Marcello Escorel (A Grande Viagem do Doutor Tchecov, Cheiro de Chuva, Vaidades e Tolices).
 
É uma personagem que já não imaginava fazer. Teve uma peça na escola que me colocaram para fazer a Ama. Todas as meninas fizeram a Julieta, mas eu era muito alta. Teoricamente eu também não tenho o perfil do que se espera de Julieta, né? Itália medieval, uma Julieta negra? Por isso também me sinto muito honrada de ter essa oportunidade, é um papel que eu pensava ser meio inacessível para mim”, confessa Bárbara.
 
Já conhecido de musicais como Cantando na chuva, Thiago comenta sua primeira vez ao interpretar um texto de Shakespeare: “Eu acho que todo ator não só almeja, mas tem que viver pelo menos uma vez o teatro Shakespeariano. E contar a história do Romeu com a Julieta, que é a maior história de amor que tem, ainda mais na linguagem do teatro musical, está sendo uma aventura muito grande!”.
 
Para Guilherme Leme Garcia a escolha do repertório veio com naturalidade. “Quando comecei a pensar no espetáculo ele não era nem musical, na verdade. Mas, toda vez que eu ouvia Marisa, eu pensava ‘Nossa, essa canção ficaria tão linda nessa cena’. Quando o Gustavo Gasparani, que entrou para fazer o processo de criação, propôs que o espetáculo fosse inteiro com músicas da Marisa, topei na hora!
 
Sou muito próximo da Marisa e o meu universo se aproxima muito do dela”, comenta Gasparani. A ideia teve o aval de Aniela Jordan: “As canções casam como se tivessem sido escritas para a peça”, completa.
 
Romeu e Julieta é a vigésima quinta produção da Aventura Entretenimento e marca os 10 anos de estrada da empresa.
 
CARMEN (2).png
Romeu e Julieta
Com Bárbara Sut, Thiago Machado, Ícaro Silva, Stella Maria Rodrigues, Claudio Galvan, Marcello Escorel, Kacau Gomes, Bruno Narchi, Pedro Caetano, Diego Luri, Kadu Veiga, Max Grácio, Neusa Romano, Gabriel Vicente, Laura Carolinah, Luci Salutes, Saulo Segreto, Thiago Lemmos, Gabi Porto, Santiago Villalba, Daniel Haidar, Jorge Neto, Lara Suleiman, Marcelo Ferrari e Juliana Gama
Teatro Shopping Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569 – Consolação, São Paulo)
Duração 150 minutos
10/08 até 21/10
Sexta – 20h30, Sábado – 16h e 20h, Domingo – 19h
$75/$200
Classificação Livre

ROMEU E JULIETA

A mais famosa história de amor de todos os tempos vai virar musical. A adaptação “Romeu e Julieta”, em formato inédito no país para o clássico de William Shakespeare, chega ao palco do Teatro Riachuelo Rio no dia 9 de março. Com direção de Guilherme Leme Garcia (Um Pai – Puzzle), o roteiro musical do espetáculo é composto por 25 canções do repertório de Marisa Monte, como “Amor I Love You” e “Um Só”, que ficou conhecida através do projeto Tribalistas. Apresentado pelo Ministério da Cultura e Circuito Cultural Bradesco Seguros, o espetáculo é assinado pela Leme Produções Artísticas, em parceria com a Aventura Entretenimento e patrocínio da Riachuelo.

Contamos com uma equipe de criadores incríveis para encantar o público, contando a história trágica do amor de dois jovens, obra imortal da literatura”, comenta Aniela Jordan, sócia-diretora da Aventura, ao lado de Fernando Campos, Luiz Calainho e Patrícia Telles.

A tragédia escrita entre 1591 e 1595, nos primórdios da carreira literária do inglês, conta a história de dois adolescentes apaixonados cuja morte acaba unindo suas famílias, outrora em pé de guerra. A obra é uma das mais levadas aos palcos do mundo inteiro e hoje o relacionamento dos protagonistas é considerado como o arquétipo do amor juvenil.

Histórias de amor sempre têm um lado melancólico, triste, mas, como todos sabem, Romeu e Julieta é a mais bela história de amor que já existiu“, comenta o diretor. “Eu assisti uma montagem do Antunes Filho há 30 anos, em São Paulo, e desde então fiquei totalmente emocionado. Sempre quis falar de Shakespeare para os jovens e trazer essa galera nova para o teatro, então pretendemos fazer um espetáculo atemporal, que mistura o texto de 1500 com a música dos anos 2000, além de um figurino e um cenário que circulam entre esses tempos”.

Para viver o jovem e apaixonado casal, estarão em cena Bárbara Sut (Rio Mais Brasil – O Nosso Musical) e Thiago Machado (Cazuza, Rent, Rocky Horror show, Cantando na Chuva). O elenco traz ainda nomes como Ícaro Silva (Rock in Rio – O Musical, Simonal, Elis, a Musical), no papel de Mercuccio, Pedro Caetano (Rei Leão, Les Misérables), Bruno Narchi (Rock in Rio – O Musical, Cazuza, Cinderella, Rent), Stella Maria Rodrigues (Cristal Bacharat, Cazuza, Emilinha), Claudio Galvan (Família Addams, Garota de Ipanema – O Amor É Bossa), Kacau Gomes (Rock in Rio – O Musical, Beatles num céu de diamantes, O médico e o monstro, Les Misérables) e Marcello Escorel (A Grande Viagem do Doutor Tchecov, Cheiro de Chuva, Vaidades e Tolices).

É uma personagem que já não imaginava fazer. Teve uma peça na escola que me colocaram para fazer a Ama. Todas as meninas fizeram a Julieta, mas eu era muito alta. Teoricamente eu também não tenho o perfil do que se espera de Julieta, né? Itália medieval, uma Julieta negra? Por isso também me sinto muito honrada de ter essa oportunidade, é um papel que eu pensava ser meio inacessível para mim“, confessa Bárbara. 

Já conhecido de musicais como “Cantando na chuva”, Thiago comenta sua primeira vez ao interpretar um texto de Shakespeare: “Eu acho que todo ator não só almeja, mas tem que viver pelo menos uma vez o teatro Shakespeariano. E contar a história do Romeu com a Julieta, que é a maior história de amor que tem, ainda mais na linguagem do teatro musical, vai ser uma aventura muito grande!“.

A escolha do repertório veio com naturalidade. “Quando comecei a pensar no espetáculo ele não era nem musical, na verdade. Mas, toda vez que eu ouvia Marisa, eu pensava ‘Nossa, essa canção ficaria tão linda nessa cena’. Quando o Gustavo Gasparani, que entrou para fazer o processo de criação, propôs que o espetáculo fosse inteiro com músicas da Marisa, topei na hora!”, conta Guilherme.

Sou muito próximo da Marisa e o meu universo se aproxima muito do dela”, comenta Gasparani. A ideia teve o aval de Aniela Jordan: “As canções casam como se tivessem sido escritas para a peça”, completa.

Romeu & Julieta” é a vigésima quinta produção da Aventura Entretenimento em 10 anos de estrada.

 Romeu e Julieta - Foto Fernando Torquatto

Romeu e Julieta
Com Bárbara Sut, Thiago Machado, Ícaro Silva, Stella Maria Rodrigues, Claudio Galvan, Marcello Escorel, Kacau Gomes, Bruno Narchi, Pedro Caetano, Diego Luri, Kadu Veiga, Max Grácio, Neusa Romano, Franco Kuster, Gabriel Vicente, Laura Carolinah, Luci Salutes, Saulo Segreto, Thiago Lemmos, Vitor Moresco, Gabi Porto, Santiago Villalba, Daniel Haidar e Natália Glanz.
Teatro Riachuelo Rio (Rua do Passeio, 40 – Cinelândia – Rio de Janeiro)
Duração 120 minutos
09/03 até 27/05
Sexta e Sábado – 20h, Domingo – 18h
$50/$160
Classificação Livre

ROMEU E JULIETA – DE ALMAS SINCERAS A UNIÃO SINCERA NADA HÁ QUE IMPEÇA

Escrita entre 1591 e 1595, Romeu e Julieta se tornou uma das maiores referências da obra teatral de William Shakespeare. Baseado no mito romano de Píramo e Tisbe, tornou-se um dos maiores signos de romantismo da História, sendo quase impossível listar todas as obras que se inspiraram neste clássico. De Amor de Perdição, de Camilo Castelo Branco, até a saga Crepúsculo, best seller da escritora americana Stephanie Meyer, passando pela ópera de Gounod, pelo musical da Broadway West Side Story e pelas versões cinematográficas, as leituras se sucedem sempre revelando novos aspectos e refletindo sobre o amor puro (e proibido), capaz de atos de entrega extrema, como a própria morte.

Tão forte quanto o obstáculo que alimenta e potencializa a paixão entre os dois jovens, está a ideia de amor interrompido, que não tem tempo para passar pelas adversidades dos relacionamentos humanos, sejam estes de que época forem. Quais seriam os obstáculos ao amor no século XXI?

Na versão do original montada pelo Núcleo Experimental em 2006 com o título de R&J, quatro atores se revezavam entre todos os papéis da peça, permitindo um olhar sobre a afetividade em todas as suas manifestações.

Nesta remontagem, um elenco jovem de quatro atores e três atrizes aprofunda essa investigação sobre como as questões de gênero influenciam na leitura de uma mesma obra: até que ponto estamos atrelados a papéis e a modelos de comportamento impostos pelo gênero? Como as questões de gênero se relacionam com a construção da afetividade? Como as questões de gênero se relacionam com a descoberta da sexualidade? Como a sociedade encara a homo afetividade e a homofobia?

Sinopse

Num espaço abandonado de uma grande cidade qualquer (pode ser a São Paulo de Marco Feliciano ou a Moscou de Vladimir Putin), sete jovens estudantes de teatro resolvem passar a noite ensaiando Shakespeare e se revezam nos papeis de Romeu e Julieta. Na medida em que a peça avança em direção ao seu desfecho trágico, a ficção e a realidade se misturam; o espaço e o tempo se relativizam, abrindo caminho para a violência, a paixão, o poder e a morte. Ao final, a peça é ainda mais real do que todos poderiam imaginar.

 

Romeu e Julieta – De almas sinceras a união sincera nada há que impeça
Com Cícero de Andrade, Danilo Rosa, Débora Peccin, Lucas Sanchez, Luiza Porto, Natália Foschini, Thiago Sak
Teatro do Núcleo Experimental (Rua Barra Funda 637 – Barra Funda, São Paulo)
Duração 100 minutos
29/10 até 19/12
Sábado – 21h; Domingo – 19h; Segunda – 21h
$40
Classificação 14 anos
 
Direção – Zé Henrique de Paula
Direção Musical e Preparação Vocal – Fernanda Maia
Preparação de Elenco – Inês Aranha
Assistente e Direção – Herbert Bianchi
Cenário – Zé Henrique de Paula
Assistente de Cenografia – João Paulo Oliveira
Figurinos – Zé Henrique de Paula e Cy Teixeira
Iluminação – Fran Barros
Projeto Gráfico – Herbert Bianchi
Coordenação de Produção – Claudia Miranda
Produção Executiva – Mariana Mello
Assistente de Produção – Laura Sciulli
Assessoria de Imprensa – Pombo Correio

ENSAIO ABERTO NO NÚCLEO EXPERIMENTAL

O pessoal do Núcleo Experimental convida para os ensaios abertos de ‘Sonhos não envelhecem’, de Fernanda Maia e ‘Romeu e Julieta’, de William Shakespeare, as novas montagens do Teatro do Bardo e do Núcleo Experimental, com direção de Fernanda Maia e Zé Henrique de Paula, respectivamente.

No próximo dia 15, sexta-feira, é a vez de conferir o que Shakespeare tem a ver com o Clube da Esquina, na adaptação de ‘Sonho de uma noite de verão’ realizada pelo Teatro do Bardo. E no próximo dia 26, terça-feira, o Núcleo Experimental promove um ensaio aberto de ‘Romeu e Julieta’ em sua versão feminina (há duas versões da mesma peça: uma só com atrizes e outra só com atores), para amigos e convidados. A entrada é franca e os ingressos podem ser retirados uma hora antes na bilheteria do teatro.

Sinopse “Sonhos Não Envelhecem”

Em Atenas, nos dias que antecedem as bodas do Duque Teseu e da Rainha HIpólita, um dilema é levado à corte para ser resolvido: Hérmia e Lisandro, dois apaixonados, são impedidos de se casar porque o pai da moça havia prometido sua mão a Demétrio. Pelas leis de Atenas, Hérmia será obrigada a obedecer seu pai, caso contrário, deverá passar o resto da vida num convento. Os jovens combinam uma fuga, deverão atravessar o bosque aquela noite para se casar na cidade vizinha, mas são perseguidos por Demétrio, que por sua vez, é seguido por Helena, que morre de amor por ele.

Enquanto isso, uma troupe de artesãos prepara uma peça de teatro para apresentar na festa de casamento do duque, marcando um ensaio também no bosque, naquela noite. O bosque onde todos vão estar tem espíritos que também encontram-se em polvorosa, Oberon, rei dos elfos, está estremecido com Titânia, rainha das fadas e arma um plano para vencê-la: pede a seu criado, Puck, que encontre uma flor encantada. Quando o suco da flor é espremido nos olhos de uma pessoa adormecida, ela se apaixonará pela primeira coisa viva que vir ao acordar. Puck faz uma confusão enorme com o suco da flor, os casais se misturam e a noite se torna agitada no bosque.

Sinopse “Romeu e Julieta

Escrita entre 1591 e 1595, Romeu e Julieta se tornou uma das maiores referências da importância da obra teatral de William Shakespeare. Baseado no mito romano de Píramo e Tisbe, tornou-se um dos maiores signos de romantismo da história, sendo quase impossível listar todas as obras que se inspiraram neste clássico. De Amor de Perdição de Camilo Castelo Branco, até a saga Crepúsculo, best seller da escritora americana Stephanie Meyer, passando pela ópera de Gounod, pelo musical da Broadway West Side Story e pelas versões cinematográficas, as leituras se sucedem sempre revelando novos aspectos e refletindo sobre o amor puro e capaz de atos de entrega extrema, como a própria morte. Tão forte quanto o obstáculo que alimenta e potencializa a paixão entre os dois jovens, está a ideia de amor interrompido, que não tem tempo para passar pelas adversidades dos relacionamentos humanos, sejam estes de que época forem. Quais seriam os obstáculos ao amor no século XXI?

Conheça também o novo site do grupo – Núcleo Experimental.

Teatro do Núcleo Experimental (Rua Barra Funda, 637 – Barra Funda, São Paulo)
Duração 90 minutos
Entrada gratuita (retirar ingresso com uma hora de antecedência)
Sonhos Não Envelhecem
Com Andressa Andreatto, Beatriz Amado, Júlia Maia, Leandro Oliveira, Luiz Rodrigues, Marcos Teixeira, Miriam Madi e Tito Soffredini
15/07
Sexta – 20h
Adaptação de texto, direção, direção musical e preparação vocal: Fernanda Maia
Assistente de direção musical: Bibi Cavalcanti
Preparação de elenco: Inês Aranha
Assistente de direção: Cy Teixeira
Oficina de ritmo: Betinho Sodré
Cenário e figurinos: Zé Henrique de Paula
Assistente de cenografia e figurinos: Cy Teixeira
Estagiária de figurinos: Mariane Brito
Iluminação: Fran Barros
Arte gráfica e making of: Herbert Bianchi
Coordenador de produção: Tony Germano
Produção executiva: Louise Bonassi
Assistente de produção: Laura Sciulli
Coordenador de projetos para escola e mediador de debates: Alexandre Meirelles
Operador de luz: Rodrigo Caetano
Técnica de som: Hayeska Somerlatte
Violão: Luiz Aranha
Violoncelo: Felipe Parisi
 
Romeu e Julieta
Com Cícero de Andrade, Danilo Rosa, Débora Peccin, Letícia Rocha, Lucas Sanchez, Luiza Porto, Natália Foschini Thiago Sak
26/07
Terça – 20h
Direção: Zé Henrique de Paula
Direção musical: Fernanda Maia
Preparação de atores: Inês Aranha
Cenário: Zé Henrique de Paula
Figurinos: Cy Teixeira
Iluminação: Fran Barros
Assistente de direção: Herbert Bianchi
Assistente de cenografia: João Paulo Oliveira
Produção: Claudia Miranda
Assistência de produção: Laura Sciulli e Mariana Mello
Arte Gráfica: Herbert Bianchi
Mediação de debates e Projeto Escola: Alexandre Meirelles
Realização: Núcleo Experimental