GURI DE URUGUAIANA

O espetáculo Guri de Uruguaiana que já divertiu mais de 2 milhões de espectadores chega em São Paulo para uma curtíssima temporada, com muitas novidades. A peça fica em cartaz nos dias 08, 09, 15 e 16 de julho no Teatro Brigadeiro.

Nessa nova temporada o multifacetado Jair Kobe traz um cenário totalmente remodelado, novas paródias do Canto Alegretense, novos causos e clipes ao vivo.

O Guri de Uruguaiana é reconhecido como principal humorista gaúcho da atualidade, fato comprovado pela conquista do Prêmio Top of Mind da Revista Amanhã por dois anos consecutivos. Possui a maior Fanpage no Facebook em atividade no Rio Grande do Sul, com mais de 2,3 milhões de curtidores e 20 milhões de visualizações em vídeos no YouTube.

A peça, que já passou por mais de 250 cidades, conta a trajetória do humorista e empresário Jair Kobe, desde o anonimato até o sucesso. Além de mostrar a história do Guri de Uruguaiana, Jair Kobe apresenta suas origens musicais com o Grupo Canto Livre e o show Seriamente Cômico, que contava com outros três personagens: o Publicitário Brega, o Baiano e o Mágico.

Utilizando o conceito de palestra-show, a apresentação conta com musicais em voz e violão e esquetes de humor, arrancando gargalhadas da plateia.

GURI 01.jpg

Guri de Uruguaiana
Com Jair Kobe
Teatro Brigadeiro (Av. Brigadeiro Luís Antônio, 884 – Bela Vista, São Paulo)
Duração 90 minutos
08 a 16/07
Sábado – 21h; Domingo – 19h
$80
Classificação Livre

 

NÃO SOU GORDO, SÃO SEUS OLHOS

O Teatro Bibi Ferreira, em São Paulo, apresenta a comédia “Não sou gordo, são seus olhos” às quartas-feiras, 21h. Espetáculo para todas as idades, que eleva a autoestima de todas as pessoas, fica em cartaz até o dia 29 de março e, em cena, discute com muito humor, questões variadas de bullying. O espetáculo traz vários personagens, encenados pelo próprio ator, contando suas aventuras e desventuras de estar um pouco fora dos padrões “aceitáveis” pela sociedade.

Historicamente, o preconceito com pessoas gordas é recente. Antes a obesidade era vista como fraqueza, hoje como incompetência. É uma lógica econômica, onde o corpo magro é sinônimo de agilidade e o corpo gordo de improdutividade, característica condenada pelo capitalismo.

Neste hilário monólogo escrito por Jorge Tássio especialmente para Hermes, ator carioca que integrou o elenco das novelas “Meu pedacinho de chão”, da Rede Globo, “Além do tempo” e “Cúmplices de um resgate.”

Entre os trabalhos que mostram a versatilidade de Hermes destacam – se as gravações dos clipes de MC Sapão e Anitta, participação nos programas de Sérgio Malandro, no Multishow, Vai que Cola e Chapa quente.

Essa peça prova que todos nós podemos fazer o que quisermos na nossa vida, mesmo sendo gordinhos demais, magros demais, altos, baixos, novos ou velhos. Queremos, através do teatro, e de forma bem humorada, provar ao público que toda forma de bullying é uma besteira, que o que importa mesmo é estar de bem consigo mesmo, com o seu corpo e com a forma com que a pessoa se identifica.” afirma Hermes Carpes

Não Sou Gordo, São Seus Olhos
Com Hermes Carpes
Teatro Brigadeiro (Av. Brigadeiro Luís Antônio, 931 – Bairro Bela Vista, São Paulo)
Duração 60 minutos
08 a 29/03
Quarta – 21h
$60
Classificação 14 anos
 
Texto: Jorge Tássio
Direção: Hermes Carpes
Cenário: Hermes Carpes e Adriana Bortoloto
Coreografias e Preparação Corporal: Adriana Bortoloto
Figurinos e Adereços: Hermes Carpes e Adriana Bortoloto
Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias

A.M.A.D.A.S

Após 10 anos sem fazer peça na cidade de São Paulo, a atriz Elizabeth Savala retorna aos palcos da capital paulista para uma curta temporada do espetáculo A.M.A.D.A.S – Associação de Mulheres que Acordam Despencadas, de Regiana Antonini. A comédia está em cartaz no Teatro Brigadeiro.

Através de um humor histriônico e contagiante, o espetáculo coloca em discussão algumas das questões mais importantes sobre a condição da mulher moderna: o texto enfoca a via crucis de uma mulher que chega à meia-idade pressionada pelas demandas de uma sociedade cada vez mais fútil e superficial.

A protagonista expõe em uma reunião da A.M.A.D.A.S, suas inseguranças e angústias geradas pela impossibilidade de conservar o visual e o comportamento típicos da juventude a essa altura da vida.

Com efeito, a camada social onde a protagonista se movimenta vive de aparências e está sempre pronta a condenar quem não cultiva essa imagem à custa de academias, salões de estética, cirurgias, botox, silicone, etc.

Embora refratária a essa ideologia, Regina Antonia introjeta completamente os valores da sociedade em que vive, e se pune e se recrimina por não atender essas exigências, chegando a se rebelar contra o marido que a aceita como ela é.

Assim o espetáculo coloca o dedo na ferida de mulheres a caminho da maturidade, usando uma linguagem atual e inteligente e, principalmente, bem humorada através da sátira hilariante aos mitos e obsessões de nossa época.

A.M.A.D.A.S

A.M.A.D.A.S

A.M.A.D.A.S
Com Elizabeth Savala
Teatro Brigadeiro (Av. Brigadeiro Luís Antônio, 884 – Bela Vista, São Paulo)
Duração 80 minutos
10/09 até 13/11
Sábado – 21h; Domingo – 19h
18 e 19/11
Sexta e Sábado – 21h
$90
Classificação 12 anos
 
Texto: Regiana Antonini
Direção: Luiz Arthur Nunes
Produção: Camilo Áttila
Assessoria de imprensa: Fabio Camara
Realização: ESCA Produções Artísticas

AS MONA LISAS

Há mais de 10 anos em cartaz, a peça “As Mona Lisas” volta para uma única apresentação neste sábado, 21 de maio, às 21 horas no Teatro Brigadeiro.
Uma comédia que fala sobre preconceito, aceitação da família pela orientação sexual, relacionamento, além de abordar o assunto da dengue. É uma peça que não tem apelação, sendo adequada para toda a família
O enredo conta a vida de três gays, super divertidos, que dividem um apartamento. Kaká é um cabeleireiro, Mark, um bancário e Haroldo, um figurinista de tv. São vaidosos e consumistas e adoram curtir a vida numa boa, mas estão sempre sem grana.
Luíza, vendedora de produtos de beleza, visita regularmente o apartamento dos rapazes, e se apaixona por Klaus, um rapaz que foi criado pelos três gays como se fosse um filho.
A mãe de Kaká, que desconhece a opção sexual do filho, vai visitá-lo, e a confusão está armada.
Entre brigas, tapas, beijos, declarações de amor e muito humor, os quadros vão surpreendentemente se desenrolando, trazendo um final bem ao gosto do público.

As Mona Lisas
Com Eduardo Moreno, Alexandre Luz, Roberto Taty, Adriani Richter e Márcio Marinelo.
Teatro Brigadeiro (Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, 884 – Bela Vista, São Paulo)
Duração 90 minutos
21/05
Sábado – 21h
$60

AVENTURA NO REINO DAS FADAS E PIRATAS

O pozinho azul sumiu do reino das Fadas. A fadinha verde e suas amigas seguem o rastro do pozinho e chegam ao navio dos piratas. O navio é comandado pelo terrível Capitão Gancho e seus atrapalhados piratas. As fadas caem em uma armadilha e Gancho se apodera do pozinho azul.
Presas, as fadas tem que unir seus poderes para conseguir escapar, recuperar o pozinho azul e colocar um fim nas maldades de Gancho. Uma aventura teatral cheia de magia, espadas, fadas e piratas.
Dos mesmos realizadores dos sucessos de publico e critica em SP e Cidades do Interior, MG, MS e RJ : “Branca de Neve – O Musical Encantado” , “Pinocchio – Uma aventura teatral mágica”, “ A Bela e a Fera – 20 anos” “Adoráveis Monstros- O Musical” a equipe envolvida nestas superproduções, optou por trazer aos palcos em 2016, uma aventura para emocionar , encantar e se divertir.
Edu Rodrigues é responsável por musicais como O Pequeno príncipe, O Príncipe do Egito, e em parceria com a produtora Cristiane Marques, Branca de Neve – O musical encantado, os Adoráveis Monstros – O Musical, Pinocchio – Uma aventura teatral mágica, A Bela e a Fera – 20 anos e traz em seu 11ª musical mais uma audaciosa produção.
final - dança
Aventura no Reino das Fadas e Piratas 
Com Tawany Rein, Geórgia Querido, Reynaldo Sapucaia, Paulo Perez, Hebert Freitas, Felipe Estevão, Carol Garcia, Camila Mendonça, Beatriz Bezotto e Carol Marques
Teatro Brigadeiro (Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 884 – Bela Vista, São Paulo)
Duração 65 minutos
07/05 até 31/07 (exceto 11, 12, 18 e 19/06)
Sábado e Domingo – 17h
Recomendação livre
$50
Direção geral e encenação: Edu Rodrigues
Direção de Produção: Cristiane Marques
Assistente de direção: Reynaldo Sapucaia
Coreografia: Gal Sptizer
Figurinos: Débora Muniz
Musicas: Alexandre Araujo
Cenário: Edu Rodrigues
Preparadora Vocal: Carol Weingrill
Consultoria: Paulo Del Castro
Criação de Luz: Edu Rodrigues
Operador de som: Gilberto Rosa
Operador de Luz: Flavio Ramos
Maquiagem: Christian Querido
Realização: ER Arte Produções
Galeria

“A Rainha da Neve, o Musical” estreia para convidados

Na noite desta segunda feira, 7 de setembro, aconteceu às 20 horas, a estreia para convidados da peça infanto juvenil, “A Rainha da Neve, o Musical”.
O elenco é encabeçado por Andrea Marquee (papel título), Amanda Bamonte (“Gerda”), Moroni Cruz (“Kay”) e Rodrigo Burgese (“Duende”).
Conta a história, baseada no conto homônimo de Hans Christian Andersen, de um duende maligno que enfeitiça um espelho, para com isso, espalhar a maldade pelo mundo. Kay, um jovem rapaz é atingido pelo feitiço, fazendo com que deixe de ser uma pessoa boa para se tornar uma pessoa má. Nesse ínterim, ele é sequestrado pela misteriosa Rainha da Neve.
Sua melhor amiga, Gerda, vai tentar resgatá-lo. Para tanto, precisa passar por três reinos – da Rainha da Primavera, do Verão e do Outuno, antes de conseguir chegar onde Kay está aprisionado.
A história mostra a importância da amizade e do amor, bem como também do poder feminino, afinal os principais personagens são mulheres.
O musical é uma produção do Grupo Artemis de Teatro. Tem 23 canções originais, 6 cenários, 154 figurinos, além de 35 profissionais envolvidos entre atores, cantores e técnicos.
‪#‎ARainhadaNeve‬ ‪#‎Teatro‬ ‪#‎TeatroMusical‬ ‪#‎TeatroInfantoJuvenil‬‪#‎VáAoTeatro‬ ‪#‎Musical‬ ‪#‎HansChristianAndersen‬ ‪#‎TeatroBrigadeiro‬

“A Rainha da Neve, o Musical”
Com Moroni Cruz, Andrea Marquee, Amanda Bamonte, Rodrigo Burgese, Vivi Mori, João Said, Stefani Dourado, Ivan Radecki, Anderson Marques, Lia Canineu, Gabriela Gonzalez, Kaíque Azarias, Lázaro Costa, Isabela Pivetta, Thais Morais e Renato Albano.
Teatro Brigadeiro (Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 884 – Bela Vista, São Paulo)
Duração: 120 min
05/09 até 15/11
Sábado e Domingo – 17h
$20

“A Rainha da Neve, o Musical”

Baseado no conto homônimo escrito por Hans Christian Andersen, o musical “A Rainha da Neve” chega em São Paulo a partir de 5 de setembro, no Teatro Brigadeiro.
Na história, um duende maligno enfeitiça um espelho para espalhar a maldade pelo mundo. Kay, um jovem rapaz de uma pobre aldeia é atingido pelo feitiço e sequestrado pela misteriosa Rainha da Neve.
Agora Gerda, sua melhor amiga tem a missão de resgatá-lo do palácio gelado no Pólo Norte. Para isso ela terá que viajar por terras desconhecidas e escapar de cada uma das rainhas que comandam as estações do ano ou seu amigo será para sempre uma marionete dos enigmas da terrível Rainha da Neve.
O musical é uma produção do Grupo Artemis de Teatro. Tem 23 canções originais, 6 cenários, 154 figurinos, além de 35 profissionais envolvidos entre atores, cantores e técnicos.
‪#‎ARainhadaNeve‬ ‪#‎Teatro‬ ‪#‎TeatroMusical‬ ‪#‎TeatroInfantoJuvenil‬‪#‎VáAoTeatro‬ ‪#‎Musical‬ ‪#‎HansChristianAndersen‬

IMG-20150813-WA0007

“A Rainha da Neve, o Musical”
Com Moroni Cruz, Andrea Marquee, Amanda Bamonte, Rodrigo Burgese, Vivi Mori, João Said, Stefani Dourado, Ivan Radecki, Anderson Marques, Lia Canineu, Gabriela Gonzalez, Kaíque Azarias, Lázaro Costa, Isabela Pivetta, Thais Morais e Renato Albano.
Teatro Brigadeiro (Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 884 – Bela Vista, São Paulo)
Duração: 120 min
05/09 até 15/11
Sábado e Domingo – 17h
$20