CURSO BROADWAY  EXPERIENCE

O curso BROADWAY EXPERIENCE da 4 Fun Espaço Artístico em parceria com o TEATRO DAS ARTES oferece para nossos alunos uma vivência neste mundo mágico dos musicais. 
 
Dentro da montagem do musical selecionado para cada turma, você irá aprender todas as técnicas do Teatro Musical e aplicá -las na prática.
 
Através das aulas/ensaios, focados na montagem, você será preparado a estar no palco para o nosso grande espetáculo de conclusão.
 
Em parceria com um dos mais renomados Teatros de Sao Paulo, a 4 Fun oferece ao aluno uma vivencia completa no mundo do Teatro musical. Aulas de canto, dança e interpretação que irão ocorrer em nossa sala de ensaio e algumas dessas aulas no próprio palco do Teatro.
 
Os três espetáculos escolhidos para o curso são “O Rei Leão” (Turma Kids – 06 a 10 anos), “Hairspray” (Turma Teen – 11 a 15 anos) e “Rent” (Turma Adulto – a partir 16 anos)
 
O link do site com todos os descritivos e para efetuar matricula segue abaixo:

DANIELLE WINITS DEIXA MUSICAL

A atriz Danielle Winits saiu do elenco do espetáculo “MPB Musical Popular Brasileiro“. Para substitui-la, foi escolhida a atriz Adriana Lessa. Ela interpretará a vedete Suzete Campos no musical, que tem estreia dia 2 de março no Teatro das Artes, direção de Jarbas Homem de Mello.

O motivo dado pela produção para a substituição foi que a atriz teria de passar 20 dias em fevereiro gravando um filme de Miguel Falabella, estrelado pela atriz espanhola Carmen Maura (“Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos”).

Mas as portas do musical não ficaram fechadas para a atriz. Há possibilidade que Winits faça parte da montagem no Rio de Janeiro.

P.S. Comentamos sobre Danielle Winits há cerca de duas semanas. Isto porque não entendemos como a atriz conseguiria participar de “MPB Musical Popular Brasileiro” e a nova produção de “Os Produtores“, onde ela estará ao lado de Miguel Falabella e Marco Luque, com estreia prevista para 19 de abril no Teatro Procópio Ferreira. Agora, está explicado.

ADMIRÁVEL NINO NOVO

Ator e diretor de teatro, Cassio Scapin coleciona mais de 60 diferentes personagens em seu currículo, entre teatro, TV e cinema, dos mais variados tipos, como Ary Barroso, Jânio Quadros, Santos Dummont, Miriam Muniz na peça Eu não dava praquilo, Olavo Bilac, Brás Cubas na peça Memórias Póstumas, Urbano Madureira no Sítio do Pica Pau Amarelo, até um traficante chinês além dos vários personagens da peça O Mistérios de Irma Vap, entre tantos outros. Já recebeu 4 indicações ao Prêmio Shell, ganhando 1, e 4 indicações ao Prêmio APCA, ganhando 2. Além de ganhar também os prêmios Mambembe de teatro infantil, Arte Qualidade Brasil, Governador do Estado e 4 APETESP.

Para comemorar seus 36 anos de carreira, Cassio trás de volta aos palcos uma de suas mais importantes criações, depois de 20 anos sem interpretá-lo. O mais conhecido e querido personagem, do já legendário Castelo Rá Tim Bum, está de volta numa sensacional aventura inédita, com texto e direção de Mauricio Guilherme e produção de Rodrigo Velloni.

Numa arrojada iniciativa e acompanhado apenas do invisível Espírito da Aventura (na voz de Ney Matogrosso), o aprendiz de feiticeiro deixa o Castelo para cair na estrada e assim descobrir o sentido e a sensação do que é uma verdadeira aventura.

Como escolher para onde ir? Como se guiar? Que roupas levar? Com que meio de transporte? São tantas as perguntas para responder. E as possibilidades também. Sendo então nosso protagonista um jovem mágico, estas possibilidades se multiplicam em inúmeras outras.

Seja numa noite estrelada, num deserto escaldante, no alto do Monte Everest, no espaço sideral e até no fundo do mar, entre muitos outros lugares, explorar o desconhecido é o lema dessa viagem. Através de um novo olhar, Nino vai descobrindo o que é diferente no mundo e o que também pode vir a ser. Uma lição básica para todos que embarcam numa nova jornada, como a dele.

A montagem mostra um jeito completamente novo de reencontrar um velho amigo através de projeções arrojadas, truques cênicos, trilha especialmente composta e a presença do talento único de Cássio Scapin, o Nino original da série da TV Cultura que foi ao ar a partir de 1994, com inúmeras reprises até o dia de hoje, sendo considerado um dos melhores produtos audiovisuais da história da televisão brasileira.

Nino, o eterno menino de 300 anos, convida a todos para este reencontro nos palcos do Teatro das Artes. Crianças, jovens e (claro!) adultos também.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Admirável Nino Novo
Com Cassio Scapin
Teatro das Artes – Shopping Eldorado (Av. Rebouças, 3970 – Pinheiros, São Paulo)
Duração 60 minutos
13/01 até 25/03
Sábado e Domingo – 16h
$60
Classificação Livre

MUSICAL POPULAR BRASILEIRO

Nem mal “Cantando na Chuva, o Musical” terminou sua temporada no Teatro Santander (vai até o dia 17 de dezembro, com todos ingressos esgotados), Jarbas Homem de Mello já está com seu próximo trabalho engatilhado.

Musical Popular Brasileiro” tem estreia prevista para 2 de março de 2018 no Teatro das Artes (Shopping Eldorado). No elenco, nomes como Giulia Nadruz, Reiner Tenente, Érico Brás. A novidade é a presença de Danielle Winits (“Xanadu”, “Hairspray” e “Chicago”).

musical-popular-brasileiro-foto-joao-caldas

 

O enredo é sobre a visita de um grupo de executivos da matriz agita a rotina da filial de uma multinacional americana no Brasil. Em sinal de boas vindas aos gringos, os funcionários decidem ensaiar uma série de canções para que eles conheçam o melhor do país através de sua rica música. Um produtor veterano convida um amigo para comandar os ensaios, e uma jovem advogada assume como assistente de direção. Entre os personagens ainda aparece uma vedete.

22450119_139244103372841_106077108554269228_n

Jarbas já tem experiência de sucesso em direções de musicais – “Constellation“, “Forever Young“, “Divas, o Musical” e “Fala Sério, Gente!“.

(fonte Dirceu Alves Jr. – Veja São Paulo)

FALA SÉRIO, GENTE!

Qual a hora certa de começar a namorar? Por que a minha mãe insiste em me tratar como criança? Como agir em um encontro com o crush? Esses e outros dilemas existenciais – comuns a todos que passam pela transformadora e complicada adolescência – são retratados em “Fala Sério, Gente!”.

Na peça, Thalita Rebouças, a escritora que mais vende livros para o público juvenil brasileiro, reúne os melhores trechos da sua série de livros “Fala Sério”, um fenômeno do mercado editorial jovem.

As dores e delícias de ser adolescente estão presentes em “Fala Sério, Gente!” de forma leve, musical e com muito humor em formato de crônicas que se encadeiam de uma maneira envolvente e fluida.

A montagem é uma parceria entre Raia Produções (de Claudia Raia) e Oito Graus Produções (da produtora Kananda Raia) e tem direção de Jarbas Homem de Mello.

O espetáculo conta com um elenco de jovens talentos que interpretam, cantam e dançam para contar histórias que prometem emocionar e divertir.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fala Sério, Gente!
Com Artur Volpi, Caio Menk, Camila Brandão, Gabriela Camisotti, Giovanna Rangel, Isabela Quadros, Juliana Moulin, Júlia Ritondaro, Rhener Freitas, Robson Lima, Thiago Franzé
Teatro das Artes – Shopping Eldorado (Av. Rebouças, 3970 – 409 – Pinheiros, São Paulo)
Duração 70 minutos
Estreia 12/10
Quinta, Sexta e Sábado – 19h
$70
Classificação livre

A BELA E A FERA

Uma adaptação de Tina Mendes sobre o apaixonante conto de fadas francês escrito por Jeanne-Marie LePrince de Beaumont.

Em uma pequena aldeia da França, Bela, uma jovem inteligente e sonhadora é considerada estranha por todos, e seu pai Maurice, um inventor que é visto como um louco. Ela é cortejada por Gaston, o bonitão da aldeia que quer casar com ela. Mas apesar de todas as jovens da aldeia o achar um homem bonito, Bela não o aceita, pois vê nele uma pessoa exibida e arrogante.

Quando o pai de Bela vai para o concurso de Lyon demonstrar sua nova invenção, ele acaba se perdendo na floresta e é atacado por lobos. Desesperado, Maurice procura abrigo em um castelo, mas acaba se tornando prisioneiro da Fera, o senhor do castelo, que na verdade é um príncipe que foi amaldiçoado por uma feiticeira quando negou abrigo a ela.

Quando Bela sente que algo aconteceu ao seu pai vai à sua procura. Ela chega ao castelo e lá faz um acordo com a Fera: se seu pai fosse libertado ela ficaria no castelo para sempre. A Fera concorda e todos os “moradores” do castelo, que também foram transformados em objetos falantes, sentem que esta pode ser a chance do feitiço ser quebrado. Mas isto só acontecerá se a Fera aprender a amar e ser amado.

O que parecia impossível, enfim acontece. Bela consegue enxergar além das aparências e o ensina o verdadeiro significado do amor.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Bela e a Fera
Com Andresa Gavioli, Mauro Pucca, Aguiberto Santos, Erika Farias, Fernanda Gavioli, Guilherme Costenaro, Thalita Drodowsky, Zé Alberto Martins e Wellington Firmino
Teatro das Artes – Shopping Eldorado (Av. Rebouças, 3970 – 404 – Pinheiros, São Paulo)
Duração 60 minutos
07/01 até 26/03
Sábado e Domingo – 16h
$60
Classificação Livre
 
Adaptação: Tina Mendes
Direção: Andresa Gavioli e Mauro Pucca
Assistente de Direção: Guilherme Costenaro
Diretor de Produção: Mauro Pucca
Assistente de Produção: Fernanda Gavioli
Figurinos: Arlete Castro
Cenografia: Rafael Junqueira e Daniel Amaral
Iluminação: Rodrigo Souza
Sonoplastia: Sérgio Luís
Arte Visual: Vicente Queiróz
Realização: OSCARDEPAU Produções Artísticas

A BELA E A FERA

Uma adaptação de Tina Mendes sobre o apaixonante conto de fadas francês escrito por Jeanne-Marie LePrince de Beaumont.

Em uma pequena aldeia da França, Bela, uma jovem inteligente e sonhadora é considerada estranha por todos, e seu pai Maurice, um inventor que é visto como um louco. Ela é cortejada por Gaston, o bonitão da aldeia que quer casar com ela. Mas apesar de todas as jovens da aldeia o achar um homem bonito, Bela não o aceita, pois vê nele uma pessoa exibida e arrogante.

Quando o pai de Bela vai para o concurso de Lyon demonstrar sua nova invenção, ele acaba se perdendo na floresta e é atacado por lobos. Desesperado, Maurice procura abrigo em um castelo, mas acaba se tornando prisioneiro da Fera, o senhor do castelo, que na verdade é um príncipe que foi amaldiçoado por uma feiticeira quando negou abrigo a ela.

Quando Bela sente que algo aconteceu ao seu pai vai à sua procura. Ela chega ao castelo e lá faz um acordo com a Fera: se seu pai fosse libertado ela ficaria no castelo para sempre. A Fera concorda e todos os “moradores” do castelo, que também foram transformados em objetos falantes, sentem que esta pode ser a chance do feitiço ser quebrado. Mas isto só acontecerá se a Fera aprender a amar e ser amado.

O que parecia impossível, enfim acontece. Bela consegue enxergar além das aparências e o ensina o verdadeiro significado do amor.

a-bela-e-a-fera-foto-jeronimo-gomes-1

A Bela e a Fera
Com Andresa Gavioli, Mauro Pucca, Aguiberto Santos, Erika Farias, Fernanda Gavioli, Guilherme Costenaro, Thalita Drodowsky, Zé Alberto Martins e Wellington Firmino.
Teatro das Artes – Shopping Eldorado (Avenida Rebouças, 3970– Pinheiros, São Paulo).
Duração 60 minutos
07/01 até 26/02
Sábado e Domingo – 16h
$60
Classificação livre
 
Adaptação: Tina Mendes
Direção: Andresa Gavioli e Mauro Pucca
Assistente de Direção: Guilherme Costenaro
Diretor de Produção: Mauro Pucca
Assistente de Produção: Fernanda Gavioli
Figurinos: Arlete Castro
Cenografia: Rafael Junqueira e Daniel Amaral
Iluminação: Rodrigo Souza
Sonoplastia: Sérgio Luís
Arte Visual: Vicente Queiróz
Realização: OSCARDEPAU Produções Artísticas