AS AVENTURAS DO SUPER ESPANTALHO CONTRA O DR. CORVO

Depois dos clássicos de Maria Clara Machado (Pluft, o fantasminha e A bruxinha que era boa) que fizeram tanto sucesso em São Paulo, agora é a vez do autor Ivo Bender, com “As aventuras do Super Espantalho contra o Dr. Corvo” que tem como objetivo (além de divertir) levar o espectador a uma reflexão leve e agradável sobre certas dificuldades de relacionamento e aceitação do que surge como diferente e inusitado e como podemos superar tudo com o amor e amizade.

A peça conta a história de Julinha que mora com sua tia Clara, uma costureira que usa uma velha máquina de costura que só aceita ser lubrificada com óleo de girassol. Ao lado da casa, elas cultivam uma plantação de girassóis guardada por um espantalho. Ao chegar o tempo da colheita com as sementes já fortes, tia Clara decide se desfazer do espantalho. Julinha, compadecida da sorte do espantalho, se propõe a cuidar dele até que fosse necessário novamente. Como a tia se recusasse a manter o espantalho, certa noite, Julinha resolve resgatá-lo mas ao se aproximar percebe o som de um coração que bate no espantalho.
A partir daí, Julinha, seu novo amigo, tia Clara, a Estrela da Manhã e o Doutor Corvo vão viver experiências surpreendentes. 

O espetáculo estreia dia 2 de dezembro, ficando em cartaz aos domingos, 16h, no Teatro Jardim Sul. A diversão é para todas as idades e como sempre, a Ferbeck vai encantar a todos com o incrível trabalho das mágicas mãos de Angela Schoendorfer, além do talento dos atores.

As aventuras do Super Espantalho contra o Dr. Corvo

Com Gabriela Camargo, Marcello Palermo, Michelle Alexandre, Rita Mirone e Victor Garbossa. Gabriela Colin e Igor Ludac (stand ins)

Teatro Jardim Sul – Shopping Jardim Sul (Avenida Giovanni Gronchi, 5.819 – Vila Andrade, São Paulo)

Duração 60 minutos

02 a 16/12, 13 a 27/01

Domingo – 16h

$50

Classificação Livre

O PORTEIRO

Considerada como uma das melhores comédias do ano pela crítica e público no Rio de Janeiro, “O Porteiro”, novo monólogo de Alexandre Lino, chega ao Teatro Jardim Sul depois de percorrer várias cidades no Brasil para curta temporada 06 a 28 de janeiro. As sessões acontecem aos sábados às 21h e domingos às 19h.

Com direção de Paulo Fontenelle, que também assina o texto, montagem presta uma grande homenagem a todos os porteiros brasileiros ao contar histórias reais desses profissionais. Com muito humor nordestino, texto foi montado a partir de histórias coletadas em entrevistas a vários porteiros nordestinos que deixaram sua cidade natal em busca da realização de seus sonhos no Rio de Janeiro ou São Paulo.

Pode-se dizer que “O Porteiro” não é uma peça comum, é uma experiência interativa em que os espectadores são convidados a participar de um grande e divertido encontro de condôminos. A plateia são os moradores desse edifício.

Personagem “Porteiro” não é novidade para Lino, pois como migrante nordestino considera que esta é uma das possibilidades reais para aqueles que buscam uma chance na “cidade dos sonhos”. Mas se na vida real ele nunca exerceu esse ofício nas artes está se tornando um especialista. Além da peça O Porteiro, Lino integra o elenco da série A Cara do pai, da rede Globo, dando vida ao porteiro Gilmar.

Segundo Lino, é uma relação de afeto com essas pessoas, tão necessárias nas nossas vidas, que o faz nunca percebê-los da mesma forma quando vai interpretá-los. No entanto, se o ciclo de monólogos será concluído no próximo ano com um texto estrangeiro, que ator prefere não revelar, a saga de os porteiros nos palcos se despede com essa comédia.

Montagem dá sequência à linha investigativa da Documental Cia, que nasceu em 2012 com a peça “Domésticas” e passa por grandes sucessos como “O Pastor” (2013), “Acabou o Pó” (2014), “Nordestinos” (2015), “Volúpia da Cegueira”  e “Lady Christiny” (2016), que têm como um de seus pilares, um compromisso com o real e a perspectiva do pertencimento para suas obras.

No meio de nossa sociedade existe um Brasil notado por poucos. Um grupo formado por pessoas que apesar de conviver conosco, até frequentar nossa casa e fazer parte de seu dia a dia, é como se não estivesse lá. O espetáculo O Porteiro inverte tudo isso, e são eles, os porteiros, os protagonistas. Com sua irreverência e muito humor, deixam a invisibilidade para apresentar a realidade como um grande parque de diversão. Afinal, invisível não são as pessoas, invisíveis são suas histórias. ” conclui Lino.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Porteiro
Com Alexandre Lino
Teatro Jardim Sul – Shopping Jardim Sul (Av. Giovanni Gronchi, 5819 – Vila Andrade, São Paulo)
Duração 60 minutos
06 a 28/01
Sábado – 21h, Domingo – 19h
$60
Classificação 16 anos

CIA LONDON EM AGOSTO

A Cia London está em cartaz neste mês de agosto com três espetáculos – um infantil “As Princesas e o Poeta“, todos os sábados no Teatro Jardim Sul; e dois adultos “A Casa de Bernarda Alba” e “O Manjar dos Deuses“, ambos no Espaço Parlapatões, no final de semana.

19059202_1236353316475637_8933544916045645260_n

As Princesas e o Poeta

A pequena sereia, o soldadinho de chumbo, o patinho feio. Personagens que fazem parte do imaginário de crianças do mundo inteiro. Ícones da literatura infantil criados pelo escritor norueguês Hans Christian Andersen. Em agosto, todos esses clássicos estarão reunidos no espetáculo AS PRINCESAS E O POETA, da Cia London, em cartaz aos sábados em São Paulo.

O roteiro se passa em meados de 1800 e mostra Hans, um jovem garoto que tem uma vida difícil na cidade onde mora por ser mal entendido com sua criatividade e prazer pelos contos de fada. Certo dia, ao dormir em seu quarto, tudo muda quando ele acorda num lugar inesperado, o reino de “Era uma vez”, onde habitam todos os contos de fada.

O reino está em guerra, pois está sob a ditadura da Rainha má, que está acabando com a memória de todos os personagens que vivem no lugar e dominando todos os cantos junto às forças das trevas. Juntamente à amiga Rovena, Hans desbrava essa fantástica terra até se deparar cara a cara com a temida rainha, em um grande combate.

As Princesas e o Poeta
Com Rafael Mallagutti, Carla Leandro, Hellen Kazan, Victória Rocha, Maíra Natássia, Mônica Bonna, Natália Graziel, Luna Di Milano, Beatriz Sauer, Alex Lopes, Bárbara Trabasso, Bruna Izar, Thais Coelho e Luiza Arruda.
Teatro Jardim Sul – Shopping Jardim Sul (Av. Giovani Gronchi, 5819 – Piso 2 – Vila Andrade, São Paulo)
Duração 60 minutos
até 26/08
Sábado – 16h e 18h
$50
Classificação Livre
FotoJet.png
A Casa de Bernarda Alba

A história se passa no pequeno povoado de Andaluzia, na Espanha pré-guerra civil, onde em uma sociedade machista as mulheres eram obrigadas a suprimir suas vontades e prazeres em nome da honra e reputação. Na peça, a austera Bernarda Alba fica viúva pela segunda vez, e, segundo suas ordens, suas filhas terão de viver um luto de oito anos em regime de clausura. Enquanto isso, a filha mais velha, Angustias, é prometida em casamento ao homem mais cobiçado do vilarejo, desejado por todas as outras irmãs. Numa trama de intrigas e amargura, as filhas são quase como soldados e se enfrentam numa disputa psicológica sempre longe dos olhos da mãe.

Especialmente nessa montagem, homens interpretam essas mulheres sem amantes, representando a força e brutalidade das personagens que são uma metáfora de Lorca aos soldados da guerra civil espanhola.

 

A Casa de Bernarda Alba
Com Rafael Mallagutti, Joaquim Araújo, Ivan Radecki, Vinícius Candoti, Alexandre Nunes, Rafael de Castro, Miguel Langone, Diego Chimenes, Bruno Akimoto, Thiago Marangoni.
Espaço Parlapatões (Praça Franklin Roosevelt, 158 – Consolação, São Paulo)
Duração 90 minutos
06/08 até 03/09
Domingo – 20h
$50
Classificação 12 anos
FotoJet (1)

O roteiro faz um recorte na vida dos deuses gregos nos dias de hoje. Os olimpianos, comandados por Zeus, estão reunidos no Monte Olimpo e enfrentam um grande problema: as chaves dos portões foram roubadas e agora todos estão presos ali, juntos. O problema é que o culpado está entre eles. A questão agora é investigar. Uma grande confusão está instalada. Todos têm suas opiniões e um grande julgamento é montado para descobrir quem pegou as chaves e qual foi motivo.

  Escrito por Rafael Mallagutti, o texto traz várias referências históricas e mitológicas à cena. Cada personagem mostra suas características e peculiaridades de acordo com a mitologia a que estão conectados. Tudo isso contado de forma divertida, com situações super engraçadas, na comédia onde uma família de imortais faz um jogo de perguntas e respostas expondo o íntimo de suas famosas vidas, de uma maneira que você nunca viu.

A criação do jogo cênico e da construção dos personagens é trabalhada na comédia física com um ar de desenho animado e o grupo desenvolveu a criação do Monte Olimpo de maneira conjunta, inspirado nas características de tipos humanos existentes nos dias de hoje e que se encaixariam aos deuses tão famosos, em uma proposta de comédia rasgada e cheia de caras e bocas.

Manjar dos Deuses
Com Rafael Mallagutti, Caio Baldin, Pedro Ruffo, Carla Leandro, Elisa Malta, Marcos Teixeira, Victória Rocha, Jefferson Mascarenhas, Denis Yoshio, Thiago Marangoni e Diego Chimenes.
Espaço Parlapatões (Praça Franklin Roosevelt, 158 – Consolação, São Paulo)
Duração 80 minutos
12/08 até 02/09
Sábado – 23h59
$50
Classificação 12 anos

SÓ POR DEUS – A COMÉDIA

Darwin Demarch e Rita Murai se revezam em 7 divertidíssimos personagens, que falam do cotidiano contemporâneo do brasileiro.

Os atores, viajaram por diversos estados brasileiros pesquisando e observando o comportamento da plateia. Trouxeram em sua bagagem personagens divertidos e atuais, que conversam diretamente com a plateia, figuras que muitas vezes olhamos com curiosidade, mas compreendemos que cada um tem um jeito, uma forma de enxergar a vida.

Imagina uma bêbada com sua amiga imaginaria, que se depara com uma hippie, ela poderia muito bem tomar conselhos com a Mulher do Ariovaldo, e se no meio de tudo isso acontecesse um assalto, com certeza a pessoa mais nervosa seria a Elisa uma fumante inveterada, que talvez só se acalmaria conhecendo a Sheila uma funkeira desesperada, em busca do grande amor. Esses e outros personagens, você vai encontrar em Só Por Deus – A Comédia, muito mais que um espetáculo, uma experiência.

Foto Guido Bompan - Divulgação.jpg

Só Por Deus – A Comédia
Com Darwin Demarch e Rita Murai
Teatro Jardim Sul – Shopping Jardim Sul (Av. Giovanni Gronchi, 5819 – Vila Andrade, São Paulo)
Duração 70 minutos
11/08 até 01/09
Sexta – 21h30
$50
Classificação 14 anos

BRINQUEDOS: UM NATAL EM APUROS

A aventura natalina mais divertida do ano encerra a sua temporada no Teatro Jardim Sul neste Domingo no dia 18/12, as 15h. Última chance de se encantar com o musical infantil que reúne aventura e magia em um só lugar.

Espetáculo Musicado dos mesmos produtores “Os três Porquinhos”, “O Casamento da Dona Baratinha, texto Aziz Bajur” entre outros.

 

Ah o Natal… A época mais mágica do ano, transbordando o amor, amizade e alegria no mundo, ou quase… Uma terrível Bruxa do pântano junto com o seu servo atrapalhado raptam o Papai Noel e o seu cristal muito poderoso, que na verdade é a sua bússola para guia-lo até as crianças comportadas.

Com esse sequestro, os últimos brinquedos entram em pânico, porque não irão chegar aos seus donos e assim irão se desfazer junto com a magia do Natal.

Soldado, Bailarina e Fofinho guerreiro se unem e resolvem ir atrás dessa Bruxa malvada e trazer o Natal de volta. Uma aventura contra o tempo, onde provam que a amizade vence muitas barreiras. Será que eles vão conseguir cumprir sua missão a tempo? Quem será essa bruxa maligna?

Brinquedos: Um Natal em Apuros
Com Daniel Guisard, Gustavo Zanetti, Izabel Nori, Jorge Yuri, Vagner Miranda, Bruno Rocha, Ju Carrega e Diego Chimenes, Paula Davanço.
Teatro Jardim Sul – Shopping Jardim Sul (Av. Giovanni Gronchi, 5819 – Vl. Andrade, São Paulo)
Duração 50 minutos
18/12
Domingo – 15h
$40
Classificação livre
 
Texto e Direção: Gustavo Zanetti
Direção Musical: Rose Castilho
Designer: Aline Suet
Cenários & Figurinos: Teka Barnabé e J. Newton
Realização: Baú dos sonhos e Tk Produções Artísticas

 

 

 

A ÁRVORE MÁGICA

Quatro operários são chamados para realizar um trabalho muito especial: acender a Árvore de Natal! Sem saber exatamente quem os contratou, eles se apresentam no local indicado e descobrem que há algo especial nesta árvore que, mesmo com todo o esforço dos trabalhadores, não acende. Ela não responde à eletricidade e só pode ser acesa pelo Espírito de Natal! Transformados em verdadeiros duendes, estes atrapalhados trabalhadores vão contar com a especial ajuda do público para realizarem a tarefa com muitas surpresas até a chegada do chefe: o Papai Noel.

Paz, Amor, Harmonia, Felicidade e muitos outros sentimentos invadem o coração das pessoas na época do Natal e são espalhados pelos nossos duendes da melhor maneira: cantando! “Anoiteceu”, “Noite Feliz”, “Bate O Sino”, “O Papai Noel Vai Chegar” e “Um Feliz Natal para Todos” são convites para que o público cante e se divirta com o show. Além de renovar o Espírito Natalino, os personagens falam da importância de escolher os brinquedos que não são mais usados para doá-los a crianças que não ganhariam nenhum presente de Natal. Plantando essa sementinha de generosidade, “A Árvore Mágica” é um espetáculo para ser desfrutado por toda a família!

Para esse novo espetáculo, o ator Rodrigo Miallaret foi convidado para viver o papel do bom Velhinho.

natal-219

 

A Árvore Mágica
Com Erondine Magalhães, Fabricio Molinágil, Wagner Lima, Arthur Rozas e Rodrigo Miallaret
Teatro Jardim Sul – Shopping Jardim Sul (Avenida Giovanni Gronchi, 5.819 – Morumbi, São Paulo)
26/11 até 17/12
Sábado – 15h
$40
Classificação livre
 
Direção geral: Fernando Marianno 
Supervisão artística: Max Oliveira. 
Composição Musical e Arranjos: Elton Towersey. 
Execução de Cenografia : Gabriel Gombossy. 
Produtores Jardel Romão e Tais Somaio
Realização: Voir Produções e Valentina Produções.

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS” nos faz viajar no belo mundo desta  menina sonhadora, uma jovem que tem um simples desejo: criar e viver num mundo só seu, um mundo tal como de um livro infantis, com personagens diversos, numa floresta onde tudo pode acontecer. Alice consegue embarcar no seu fascinante mundo, onde encontrará personagens como: o Coelho apressado, o Mestre Gato, a Lebre e o Chapeleiro maluco, o Rei e a Rainha de Copas, entre outros personagens engraçados e fascinantes criados e retirados da imaginação desta jovem garota. 

Alice no País das Maravilhas
Com a Cia dos Tantos
Teatro Livraria da Vila – Shopping JK Iguatemi (AAv. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 – Itaim Bibi, São Paulo )
Duração 60 minutos
05 a 27/11
Sábado e Domingo – 15h
$30
Classificação livre