UM SONHO DE NATAL

Temos na nossa mente o Natal com os cenários brancos, cobertos pela neve; pessoas apaixonadas ao pé da lareira; famílias se reunindo para troca de presentes e a ceia;  decorações espalhadas pela casa inteira; grupos de corais interpretando canções que se perpetuam pelos anos,…

Este espírito natalino chega ao Teatro Porto Seguro, com o espetáculo “Um Sonho de Natal“. O mais novo musical da O Alto Mar Produções (“O Palhaço e a Bailarina“) promete trazer esta imagem para o palco do teatro – com direito a trenó, neve artificial e luzes natalinas. Esta época do ano, inspiradora de boas ações, é a oportunidade perfeita para alegrar os corações tanto de quem propõe a generosidade quanto de quem a recebe.

O musical é estrelado por Kiara Sasso e Lázaro Menezes ao lado de Jonathas Joba, Valentina Oliveira, Gabriel Cordeiro e um coro de 15 crianças. Conta com as participações mais que especiais de Saulo Vasconcelos, Miguel Falabella e Alessandra Maestrini, que alternam o papel antagonista em cada uma das três apresentações, dias 8, 9 e 10 de dezembro.

No espetáculo, com o Natal se aproximando, uma trupe se prepara para contar uma história cheia de mensagem e emoção; Ela ganha rumo com um casal, que tem por hábito compartilhar com seus filhos o verdadeiro significado desta época mágica. Conforme os filhos vão crescendo, eles ensinam que, mais do que esperar presentes do Papai Noel, é possível ser um também, fazendo o bem sem olhar a quem, e mostrando como todos merecem ser tocados pelo generoso espírito natalino, repleto de compaixão e amor, até mesmo aqueles que têm tudo para estar na lista negra do bom velhinho.

Para a caçula, Tina, que chega enfim a idade de entender a importância e se tornar um, ninguém parece ser menos digno do espírito natalino do que um rabugento vizinho, um senhor recluso que é motivo de temor entre as crianças do bairro. Exatamente por isso, com a ajuda de seus pais, e seu irmão Biel – que por ser mais velho já passou por essa experiência, Tina se empenha em ajuda-lo neste ano, tornando ele o alvo principal da família para viver a transformação que só o Natal pode fazer.

O texto e cenografia são de Lázaro Ramos, que divide com Kiara Sasso a direção geral. Kiara também é responsável pelo figurino e pela versão de alguns clássicos natalinos do inglês para o português. A direção musical é de Guilherme Terra, que comanda mais nove músicos da orquestra.  Manu Littiéry e Pedro Arrais são os back vocals do espetáculo. Tato Menezes é o diretor de palco, iluminação de Alexandre Zullu, o som de Alexandre Martins (Japa) e o visagismo de Anderson Bueno.

Natal1

 

Um Sonho de Natal
Com Kiara Sasso, Lázaro Menezes, Valentina Oliveira, Gabriel Cordeiro, Jonathas Joba.
Participações Especiais: Miguel Falabella, Alessandra Maestrini, Saulo Vasconcelos
Coro infantil: Ana Julia Santaniello, Gabi Leão, Mariana Dias, Gabriela Borer, Clara Peralta, Haggi Andrade de Souza, Carol Pelegrini, Isabella Faile, Nina Medeiros, Duda Araújo, Duda Pedroso, Isabella Daneluz e Ana Clara Martins.
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 – ­ Campos Elíseos ­- São Paulo)
Duração 80 minutos
08 a 10/12
Sexta e Sábado – 21h, Domingo – 19h
$90/$120
Classificação Livre

 

CHOPIN OU O TORMENTO DO IDEAL

Com Nathalia Timberg e a pianista Clara Sverner a montagem consagrada a Chopin, associa música e poesia sob a direção de José Possi Neto. A atriz Nathalia Timberg  pela primeira vez em sua carreira, interpreta um personagem masculino.

Partindo de recortes textuais da vida de Chopin, cartas de George Sand entrelaçadas com declarações e poemas de Musset, Liszt, Baudelaire, Gérard de Nerval e Saint-Pol-Roux, o espetáculo ilumina vinte anos da vida e da obra do compositor, criando uma possível subjetividade acerca de sua biografia com a objetividade e a poética do seu contexto histórico.

A montagem original teve sua estreia nos primeiros meses do ano de 1987, no Théâtre de la Gaîté-Montparnasse, em Paris. O pianista Erik Berchot, vencedor do prêmio Frédéric Chopin de Varsóvia (1980), uniu seus talentos aos do ator e autor Philippe Etesse para compor o espetáculo.

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou pelo site da Ingresso Rápido.

 

CHOPIN 3b EDSON KUMASAKA

Chopin ou O Tormento do Ideal
Com Nathalia Timberg e Clara Sverner
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo)
Duração 70 minutos
01 a 03/12
Sexta e Sábado – 21h, Domingo – 19h
$60/$80
Classificação 14 anos

UM

 

Teatro Porto Seguro está com as vendas de ingressos abertas para o show de Ayrton Montarroyos que acontece no dia 5 de dezembro, terça-feira, às 21h.

O show intitulado Um, é baseado em seu álbum de estreia, Ayrton Montarroyos, lançado em abril de 2017. O CD traz músicas inéditas de Zeca Baleiro (À Porta do Edifício) e Zé Manoel (Tu Não Sabias), além de regravações de Cartola (Que Sejas Bem Feliz) e de Tiné, integrante da banda Academia da Berlinda (E Então).

A carreira do jovem intérprete pernambucano de 22 anos começou cedo, quando, aos 16 anos, foi convidado para gravar a música Riacho do Navio (Luiz Gonzaga/Zé Dantas) no álbum triplo 100 Anos de Gonzagão, da gravadora Lua Music. O produtor musical Thiago Marques Luiz percebeu em Ayrton um grande potencial e o convidou para outro projeto, o CD 100 Anos de Herivelto Martins (Lua Music, 2013). Ayrton foi indicado ao Grammy Latino por essa gravação.

Ayrton Montarroyos participou do reallity musical da Rede Globo, The Voice Brasil, na edição 2015. Apadrinhado por Lulu Santos passou por todas as fases do programa e sagrou-se vice-campeão cantando clássicos da música popular brasileira.

 

Um
Com Ayrton Montarroyos
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo)
Duração 70 minutos
05/12
Terça – 21h
$30/$50
Classificação Livre

O SOM E A SÍLABA

O espetáculo musical O Som e a Sílaba estreia no Teatro Porto Seguro no dia 6 de outubro e fica em cartaz até 26 de novembro, com sessões de sexta-feira a domingo. Com texto e direção de Miguel Falabella, o musical foi concebido especialmente para Alessandra Maestrini e Mirna Rubim, duas cantoras atrizes com registro lírico. O espetáculo conta a história de Sarah Leighton (Alessandra Maestrini), uma jovem com diagnóstico de autismo altamente funcional, uma savant, com habilidades específicas em algumas áreas, entre elas a música, e sua relação com Leonor Delise (Mirna Rubim), sua professora de canto.

A música vai unir essas duas mulheres e esse encontro mudará a vida de ambas. Recheado com árias, duetos e trechos de óperas, O Som e a Sílaba celebra o mistério da mente humana, com um texto terno, engraçado e comovente. “O espetáculo é todo muito gostoso e aproxima o público. É cheio de humor, como tudo que Miguel e eu gostamos de fazer. Ao mesmo tempo, é extremamente delicado, poético e transformador, dada a trajetória tão rica e profunda da personagem central, Sarah, e de como isto também transforma – para muito melhor – a vida de Leonor (a professora de canto interpretada por Mirna)“, conta Alessandra Maestrini.

Sarah busca alguém que lhe ajude a dar algum sentido a sua vida. Com a morte dos pais, ela mora com o irmão casado, mas sente que não se encaixa na organização da casa, tem consciência de suas limitações nas relações pessoais e sabe que precisa romper as barreiras da síndrome para se ajustar ao mundo lá fora. Em sua busca por uma autonomia, ela lista suas habilidades, entre elas cantar. Ela sabe cantar. “O elemento mais importante da relação entre Sarah e Leonor é o estabelecimento da empatia. Desse laço, se cria a relação de amizade, cumplicidade, respeito e profundo amor entre as personagens“, revela Mirna Rubim.

Gente como eu precisa de duas coisas na vida: de um trabalho e de alguém que lhe estenda a mão“, Sarah diz a Leonor ao se apresentar. Leonor, por sua vez, atravessa uma crise pessoal e profissional. “Este choque de anseios fará com que uma transforme a vida da outra, até que o público se pergunte quem, de fato, está ensinando quem“, comenta Alessandra Maestrini.

O Som e a Sílaba tem cenário de Zezinho Santos e Turíbio Santos; a luz dramática de Wagner Freire complementa os figurinos de Ligia Rocha e Marco Pacheco que, juntamente com o visagismo de Wilson Eliodoro, constroem os cativantes personagens do musical. O design de som é de Mario Jorge Andrade.

O musical chega a São Paulo em outubro, depois de uma temporada por algumas das principais cidades do Estado. A turnê começou em agosto por Osasco (17), Ubatuba (19), Ribeirão Preto (26) e São José do Rio Preto (27), e em setembro passou por São José dos Campos (1, 2 e 3), Campinas (8, 9 e 10), Botucatu (22), Bauru (23) e Lorena (28).

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Som e a Sílaba
Com Alessandra Maestrini e Mirna Rubim
Teatro Porto Seguro (Al. Barão de Piracicaba, 740 ­- Campos Elíseos,­ São Paulo)
Duração 90 minutos
06/10 até 26/11
Sexta e Sábado – 21h, Domingo – 19h
$90/$120
Classificação 14 anos

 

GAYA

A cantora e compositora Tiê apresenta Gaya, seu quarto álbum de estúdio, com lançamento em outubro.

No repertório estão os singles Mexeu Comigo e Amuleto, além de canções dos seus três álbuns anteriores como A NoiteDois e Piscar o Olho. Ao mesmo tempo que mantém sua identidade de voz suave e letras sinceras, Tiê traz uma nova dinâmica à apresentação, com batidas mais eletrônicas e canções inéditas mais dançantes.

Gaya
Com Tiê
Teatro Porto Seguro (Alameda Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo)
Duração 80 minutos
28/11
Terça – 21h
$70/$120
Classificação Livre

AMOR GERAL

Fernanda Abreu celebra o amor através da música no show Amor Geral. A apresentação, cheia de suingue e balanço e uma mensagem de tolerância e respeito às liberdades individuais, mescla seis músicas do disco de mesmo nome, lançado no ano passado, com grandes sucessos da carreira da artista. Com dez canções, das quais nove são autorais, o disco Amor Geral foi lançado após um hiato de uma década sem soltar um álbum novo.

No set-list, além de trabalhos do mais novo álbum apresenta clássicos como Rio 40 Graus (Fernanda Abreu/Carlos Laufer/Fausto Fawcett), Veneno da Lata (Fernanda Abreu/ Will Mowatt), Jorge de Capadócia (Jorge Ben Jor), Garota Sangue Bom (Fernanda Abreu/Fausto Fawcett), Kátia Flavia (Fausto Fawcett/ Carlos Laufer), sempre acompanhados de performances que esbanjavam sensualidade em cima do palco.

Amor Geral
Com Fernanda Abreu
Teatro Porto Seguro (Alameda Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo)
Duração 80 minutos
21/11
Terça – 21h
$60/$80
Classificação Livre

GUITARRADAS DO PARÁ

O show inédito mescla clássicos de carreira à canções do CD Do Tamanho Certo Para O Meu Sorriso (2015) – vencedor do Prêmio da Música Brasileira nas categorias Melhor Álbum e Melhor Cantora de Canção Popular.

Fafá de Belém “viaja” no tempo e em sua própria história, percorre atitudes, gestos, memórias, referências, relembra Belém do Pará e as muitas fases de vida e trajetória  em canções como Bilhete (Ivan Lins/Vitor Martins), Abandonada (Michael Sullivan/Paulo Sergio Valle), Ao Pôr do Sol(Firmo Cardoso/Dino Souza), Asfalto Amarelo (Manoel Cordeiro/Felipe Cordeiro/Zeca Baleiro), Pedra Sem Valor (Dona Onete), Meu Coração É Brega (Veloso Dias), entre outras.

Guitarradas do Pará
Com Fafá de Belém
Teatro Porto Seguro (Alameda Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo)
Duração 70 minutos
14/11
Terça – 21h
$100/$140
Classificação Livre