#BORA BALZAQUIAR

A chegada dos 30 anos é considerada um período de mudanças, questionamentos e dúvidas. Esses conflitos cotidianos da chamada “crise dos 30” são discutidos, de forma bem-humorada, no espetáculo “#Bora Balzaquiar”.

A comédia apresenta as histórias de Júlia, Joana e Janaína, personagens que enfrentam os dilemas e as dificuldades inerentes a esta fase da vida. Após a primeira temporada de sucesso no Teatro Santo Agostinho, a montagem dirigida por Paulo Goulart Filho, com texto leve e de fácil identificação (escrito por Nina Ximenes) reestreia em 30 de junho, no Teatro Raposo – Sala Irene Ravache, em meio aos eventos de comemoração do primeiro ano da sala de espetáculos, que se firmou como importante polo cultural da região oeste da capital, e os 21 anos do Shopping Raposo.

A inspiração para o nome do espetáculo surgiu do adjetivo balzaquiana, derivado da obra do escritor francês Honorè de Balzac, que valorizava a beleza, a experiência, os pensamentos, os desejos e as angústias dessa mulher que reivindica o direito de ser feliz.

A mulher de trinta anos, tema da obra de Balzac no século XIX, continua a viver com muitos questionamentos, mesmo hoje em dia, a popular expressão “crise dos 30”. No romance de Balzac a protagonista Júlia vive vários dramas e, entre eles, a relação com um homem mais jovem. Já na peça de Nina Ximenes, a Júlia vive solitária sem acreditar no amor. Este e outros conflitos atuais são parte deste espetáculo, que em vez de uma protagonista, traz ao palco 3 mulheres diferentes, ávidas pela felicidade e com um fator comum: a fase da vida!

Para a autora, as três protagonistas personificam os problemas dessa faixa etária. “A Júlia a Joana e a Janaína têm temperamentos, histórias de vida e reações distintas sobre essa fase da vida”, relata Ximenes. Com um texto escrito por uma mulher, sobre mulheres e com mulheres em cena, a direção coube a Paulo Goulart Filho, que apresenta o seu olhar masculino sensível e repleto de referências femininas. “Sempre vivi rodeado por mulheres e agora minha filha mais velha tem 32, tenho uma com 30 e outra com 29 anos. Então estou vivendo exatamente esse período como pai das balzaquianas”, revela Paulinho Goulart.

Com um texto ágil que dialoga com os roteiros televisivos, a montagem é alinhavada por vídeos que revelam momentos complementares aos episódios apresentados no palco. A estética do espetáculo funde os vídeos, que conduzem os espectadores, às cenas apresentadas ao vivo, como um guia que estabelece as passagens de tempo das personagens. “Estou gostando de experimentar a fusão da arte ao vivo com a gravada. Esse é um dos elementos que mais me instiga no espetáculo”, conclui Paulo Goulart Filho.

Para esta linguagem se estabeler, o cenógrafo Antonio Rodrigues desenvolveu uma caixa “mágica” com 3 módulos. Quando fechada é uma tela em branco que recebe as projeções de vídeo. E quando aberta pelo módulo central, surpreende o público ao virar um supermercado com perspectiva 3D. O apartamento das protagonistas, decorado com cores e elementos que representam as personagens, surge quando as pontas dos módulos são abertas e encantam o público devido a rápida transformação da estrutura cenográfica, como um grande jogo cênico.

#Bora Balzaquiar
Com Bruna Ximenes, Mariana Moraes, Vanessa Goulartt e Patrícia Junqueira (Stand In)
Teatro Raposo Shopping – Sala Irene Ravache (Rodovia Raposo Tavares, km 14.5 – Jardim Olympia, São Paulo)
30/06 até 25/08
Sexta – 21h45
$50

 

 

 

ERA UMA VEZ… ILUSÃO E MÁGICA!

Em sua temporada de 2017 no Teatro Irene Ravache, do Raposo Shopping, o ilusionista Ismael de Araujo estreia espetáculo interativo para toda a família com enredo infantil e um elenco jovem, divertido e eletrizante

Após fazer sucesso em 2016 com o espetáculo “Truques da Ilusão”, em que mesclou mágica e hipnose, o ilusionista Ismael de Araujo volta ao palco do Teatro Irene Ravache, no Raposo Shopping, com um novo projeto: “Era uma vez… Ilusão e Mágica!”. Entretenimento para toda a família, o espetáculo, dirigido e protagonizado pelo próprio Ismael, conta a história de um cientista que se sentia muito sozinho e resolveu desenvolver uma fórmula secreta para criar um filho para chamar de seu.

Nesta espécie de Pinóquio pós-moderno, o menino, papel de Ismael de Araujo, nasce com poderes mágicos. O público acompanha a saga do pequeno mágico, que foge de casa em busca de uma mãe e se mete em uma sequência de enrascadas, sempre ao lado de sua fiel consciência em forma de fadinha. São também de roer as unhas as façanhas do pai cientista para conseguir proteger sua fórmula secreta de uma terrível bruxa, que quer roubá-la para criar um exército de crianças – não para amá-las, claro, mas sim para escravizá-las!

Com trilha sonora contemporânea, referências a séries de TV atuais e formato muito interativo, “Era uma vez… Ilusão e Mágica!” lembra uma contação de história, em que as crianças participam das mágicas e da construção do enredo, dando palpites, opiniões e conversando com os personagens. Ao lado de Ismael estrela um talentoso elenco de jovens atores – Catarina Torres, Flávia Oliveira, Léo Drummond e Lucas Alves –, que fazem a plateia se divertir e se emocionar do início ao fim.

BANNER_MAGICA.jpg

Era uma vez… Ilusão e Mágica!
Com Catarina Torres, Flávia Oliveira, Ismael de Araujo, Léo Drummond e Lucas Alves
Teatro Raposo Shopping – Sala Irene Ravache (Rodovia Raposo Tavares, 14,5 – Jardim Claudia, São Paulo)
14/01 até 29/04
Sábado – 16h
$30
Classificação livre

TRUQUES DA ILUSÃO

Totalmente interativo e construído com a participação do público do começo ao fim, “Truques da Ilusão” é dirigido pelo ilusionista e hipnólogo Ismael de Araujo, que faz sucesso há mais de dez anos com seus quadros de mágica e hipnose na TV. No espetáculo, o diretor parte da premissa de que uma pessoa não deve construir provas contra si mesma – mas que o trabalho do ilusionista, pelo contrário, é justamente o de produzir provas de que o irreal pode, sim, se tornar real.

Em “Truques da Ilusão”, a tese do diretor é comprovada por uma construção dinâmica entre mágicas, demonstrações de hipnose, narrativa e interatividade, em um cenário reduzido, composto pelos próprios objetos a serem utilizados nos efeitos de ilusionismo. Nesta atmosfera – uma espécie de sátira de suspense policial –, Ismael e o ilusionista convidado Doug Style brincam com a ideia de que, durante a mágica, provas são apresentadas para que a plateia se convença de que o que está acontecendo no palco é uma ilusão real, e não simplesmente um truque.  “Truques da Ilusões” terá apresentação única e imperdível neste domingo, 26 de julho, às 20h30, no Teatro Raposo Shopping – Sala Irene Ravache.

Sobre Ismael de Araujo – Ilusionista, hipnólogo e jornalista,  Ismael de Araujo já teve quadros próprios de mágica e hipnose em programas como Domingo Legal e Programa do Ratinho, no SBT, Band Verão, na Band, e Mulheres, na TV Gazeta. É também apresentador do Telecurso TEC (TVs Globo, Cultura e Canal Futura) e autor de oito livros, com destaque para o “Manual da Mágica”, publicado pela Editora Matrix.

Sobre Doug Style – Mágico, dançarino, ator e coreógrafo de street dance e dança de salão, Doug Style é o primeiro brasileiro a misturar dança de rua com mágica. Vencedor do prêmio de melhor dançarino de rua no festival do SESI – SP, Doug já estrelou dez espetáculos de teatro e mágica e se apresentou em inúmeros festivais pelo Brasil e exterior, além de ter brilhado na TV em emissões como Programa do Ratinho e Astros, do SBT, e Legendários, na Record.

truques da ilusão em 31.07 - COM ALTERAÇÃO DA DATA.jpg

Truques da Ilusão
Com Ismael de Araújo e Doug Style
Teatro Raposo Shopping (Rodovia Raposo Tavares, km 14,5 – Jardim Boa Vista, São Paulo)
31/07
Domingo – 20h30
$50
Classificação livre